Sunteți pe pagina 1din 10

COMO ESTUDAR

LÍNGUA

PORTUGUESA

O guia definitivo para que você comece agora a dominar a


matéria que mais reprova em concursos públicos.

ELIAS SANTANA
COMO ESTUDAR
PORTUGUÊS
Aqui, você encontrará um guia definitivo
e objetivo que irá orientar os seus
estudos de língua portuguesa. Vou
passar a você quais passos devem ser
seguidos, quanto tempo estudar, o que
estudar e em qual ordem. Chegou a
hora de transformar um dos motivos do
seu fracasso em alavanca para a sua
aprovação!
COMO ESTUDAR LÍNGUA PORTUGUESA?

Como você provavelmente já sabe, língua portuguesa é,

paradoxalmente, a matéria que as pessoas mais estudam (durante a vida)

e mais temem (em provas). Isso acontece porque costumamos dar o

tratamento incorreto à disciplina. Os erros mais comuns são:

• Não identificar a finalidade do estudo de língua portuguesa.

• Comparar português com outras disciplinas (principalmente de exatas);

• Deixar de estudar português (com a justificativa de que já se conhece a

matéria desde a educação básica);

• Não fazer exercícios.

Coloque na sua cabeça: quem estuda português para concursos

públicos tem como primeira finalidade o domínio da língua escrita culta

do português do Brasil, e que tem validade no contexto culto escrito!

Tanto eu quanto você conhecemos várias formas de usar o português; em

3
profeliasantana.com.br
provas, acionamos quase sempre uma única forma.

O estudo de qualquer língua é uma ciência humana. Fazer

quaisquer generalizações e tentar inveteradamente encontrar macetes é o

início do fracasso, uma vez que isso é muito mais plausível em exatas,

cujos resultados são lineares e, em certo ponto, previsíveis. É claro que o

haverá exceções (como há para o direito, para a história, para a sociologia),

mas saiba que elas são minoria (mesmo!) e que tentar criar regras para

elas é perda de tempo.

A vida de um concurseiro é previsível: entre tantas disciplinas,

deixar português em segundo plano é recorrente, uma vez que outras

matérias (como direito, AFO, informática, RLM) são novidades, ao passo

que aquela já é uma velha companheira desde a educação básica. Depois

de algumas reprovações, o indivíduo decide procurar os pontos fracos em

provas anteriores e costuma encontrar a língua portuguesa entre eles.

Portanto, respeite esta matéria. Além disso, não se esqueça de que, se o

seu domínio do vernáculo é insatisfatório, o entendimento de qualquer

outra matéria fica comprometido. A língua portuguesa está em todas as

provas – até mesmo naquelas em que não há questões dela. O português é

a sua língua materna e seu instrumento de compreensão do mundo.

4
profeliasantana.com.br
Se você é daqueles que fica preso à teoria gramatical e pouco

convive com a prática de questões, saiba: o seu caminho será

incrivelmente mais árduo (para não dizer impossível). É comum começar na

teoria, mas você DEVE migrar dela para os exercícios gradativamente.

Pensando nisso, desenvolvi o MÉTODO MANTRA, que descreverei a seguir:

Fases Divisão da matéria Mudar de fase


no tempo quando alcançar, no
(teoria/exercícios) mínimo

Fase 1 75%/25% 90% de acerto das


questões
Fase 2 50%/50% 90% de acerto das
questões
Fase 3 25%/75% 90% de acerto das
questões
Fase 4 (mantra) 0%/100% Não avançar. Fazer e
refazer a maior
quantidade de questões
possível. Só se deve
voltar à teoria para
justificar erros e
acertos de questões.

Vamos, antes de explicar a tabela acima, fixar algumas regras

gerais:

1. Você deve dedicar, no mínimo, duas horas líquidas à língua portuguesa

(a cada semana ou ciclo de estudos).

5
profeliasantana.com.br
2. Todo tempo dedicado à língua portuguesa deve conter:

- A resolução das questões análise de textos de uma prova à sua escolha

(defina pela banca que realizará ou que provavelmente realizará o seu

concurso);

- A leitura da tabela de conectivos;

- A conjugação de 1 verbo regular e 1 verbo irregular (se sua banca gosta

de cobrar esse assunto, como é o caso da FCC).

- Um assunto do dia de gramática ou texto (que deve ser encaixado na

tabela do método Mantra).

OBS.: os três primeiros passos devem consumir, no máximo, 25% do tempo

total de estudo. O último deve ocupar os 75% restantes.

3. Não inclua, no tempo de língua portuguesa, redação discursiva. Esta

matéria deve ter um horário só para ela (eu recomendo que, a cada

semana ou ciclo, você dedique no mínimo 1h30 à produção textual).

Agora, vamos entender a tabela:

6
profeliasantana.com.br
Ela é dividida em quatro fases, e elas são aplicadas por conteúdo,

e não por disciplina. Vou explicar em outras palavras: às vezes, vocês está,

ao mesmo tempo, na fase 4 de morfologia e na fase 2 de crase. Cada uma

delas representa o seu nível de absorção de língua portuguesa, e a

evolução de fase depende do seu desempenho em questões – uma vez que

o seu objetivo é melhorar o entendimento delas. Vamos então às regras:

1. Use a tabela do método Mantra para o estudo do assunto do dia, que

deve representar 75% do seu tempo dedicado à língua portuguesa a

cada semana ou ciclo.

2. Sempre meça o seu desempenho por meio de questões para mudar de

fase.

3. Só mude de conteúdo quando você estiver, pelo menos, na fase 3.

4. Siga uma ordem de estudos para gramática e para texto. Estudar língua

portuguesa de maneira aleatória e prejudicial e desmotivante, em razão

dos pré-requisitos necessários à cada conteúdo. Pela minha experiência,

faço a seguinte sugestão:

7
profeliasantana.com.br
GRAMÁTICA Atualmente estou no nível

Conteúdo N1 N2 N3 N4

1. Morfologia

2. Sintaxe do período simples

3. Sintaxe do período composto

4. Pontuação

5. Colocação pronominal

6. Vozes verbais e funções do SE

7. Crase

8. Casos especiais de concordância verbal e nominal

9. Casos especiais de regência verbal e nominal

10. Estudo do verbo (conjugação, emprego e corre

11. Processo de formação de palavras

12. Ortografia e acentuação gráfica.

TEXTO Atualmente estou no nível

Conteúdo N1 N2 N3 N4

1. Análise de textos (compreensão e interpretação)

2. Tipologias textuais

3. Coesão textual

4. Coerência textual

8
profeliasantana.com.br
OBS.: A distribuição de conteúdos feita na tabela é genérica, com

conteúdos que servem a praticamente TODOS os concursos públicos, do

básico ao avançado, do nível médio ou superior, de bancas consagradas ou

polêmicas. Todavia, ainda é indispensável a leitura do edital (quando

houver), para que você faça os ajustes necessários.

5. O momento ideal da sua preparação ocorre quando você alcança a fase

4. Ela recebe o nome de nível Mantra porque, nessa etapa, você ira fazer e

REPETIR (como um mantra) diversas questões, de acordo com a sua

banca ou área de interesse. Muitas pessoas querem apenas fazer questões

inéditas, o que é um erro. Repeti-las também é fundamental para que você

consiga capturar com qualidade as características de elaboração de

questões da banca. Isso dará a você mais segurança e autonomia – e os

seus resultados em provas de língua portuguesa, inevitavelmente, serão

sempre incríveis.

Agora, querido(a) amigo(a), não há mais motivos para adiar a

sua preparação. Se você não sabia por onde começar, estão aqui as

informações de que você precisa. Tenho certeza de que, muito em breve,

terei excelentes notícias suas acerca do seu desempenho em língua

portuguesa! Salve!

9
profeliasantana.com.br
QUEM É ELIAS
SANTANA
Licenciado em Letras – Língua Portuguesa e
Respectiva Literatura – pela Universidade de
Brasília. Possui mestrado pela mesma
instituição, na área de concentração “Gramática
– Teoria e Análise”, com enfoque em ensino de
gramática. Foi servidor da Secretaria de
Educação do DF, além de professor em vários
colégios e cursos preparatórios. Ministra aulas
de gramática, redação discursiva e
interpretação de textos. Ademais, é escritor,
com uma obra literária já publicada. Por essa
razão, recebeu Moção de Louvor da Câmara
Legislativa do Distrito Federal.