Sunteți pe pagina 1din 4

AS CARACTERÍSTICAS DA OVELHA (João 10:1-18)

AS CARACTERÍSTICAS DA OVELHA

(João 10:1-18) Em toda Bíblia, encontramos Deus nos comparando a cordeiros e o próprio
Jesus sendo definido assim, como vemos em Isaías 53:7.

“Ele foi oprimido e afligido, mas não abriu a sua boca; como um cordeiro foi levado ao
matadouro, e como a ovelha muda perante os seus tosquiadores, assim ele não abriu a sua
boca”.

1) As ovelhas são animais:

 Muito dócil (não possui garras, dentes fortes, veneno ou qualquer outro tipo de defesa)
obedientes, porém muito ingênuas, pode ver um precipício a frente, mais continua andando
rumo ao precipício até rolar morro abaixo.

*um jornal de Istambul publicou um fato curioso, uma ovelha foi andando e caiu no
despenhadeiro, o espetáculo que se seguiu foi estarrecedor, pois o restante do rebanho seguiu
o passo da primeira e 1500 ovelhas morreram, enquanto os pastores estavam tomando café da
manhã.

 Ela não tem um bom faro, e são susceptíveis a comer tudo o que encontram pela frente, não
distinguindo a erva daninha da relva boa e saudável.

 Por isso o pastor deve estar sempre prestando atenção a todas elas, pois são muito comum
elas também se perderem do grupo por uma distração qualquer.

2) São animais medrosos, se não sentirem o cheiro, não verem nem ouvir seu pastor, ficam tão
assustadas que correm sem rumo e aí pode acontecer de se perderem ao sair do aprisco.

(ELAS CONHECEM ,O CHEIRO, A VOZ ENTRE 1000 PASTORES ELA SABE QUEM É O
SEU PASTOR)
3) É praticamente um dos únicos animais no mundo que não sabe se defender de predadores,
nem lutar por suas vidas sequer elas conseguem fazer. (O CAJADO E O BORDÃO(bastão) e
FUNDA DO PASTOR) que ia no alforje junto com algumas pedras

4) Quando a ovelha estava doente ou ferida, ela era carregada nos ombros do pastor.

5) As ovelhas ficavam no aprisco, redil sobre a segurança do pastor que ficava atravessado de
uma extremidade a outra. (EU SOU A PORTA ele enfrentava na noite, frio, fome, sono).

6) O pastor ficava na porta do aprisco contando cada uma, se faltasse alguma, ele deixava em
segurança as demais eia em busca da perdida.

7) As ovelhas viviam em um clima seco que eram infestadas de moscas:

7.1) Que não deixam elas se alimentarem direito.

7.2) Deixavam elas inquietas e assustadas, e acabavam a sustando as demais, faziam muitas
correrem sem direção, saindo do aprisco e ficando expostas ao perigo (mortas pelos lobos,
ursos e chacais).

7.3) Se tivessem algum tipo de ferimento na cabeça, as moscas depositavam ovos que se
transformariam em lavras e que se não fosse cuidado levariam elas a loucura.

7.4) Para evitar isso, o pastor joga óleo sobre suas cabeças para evitar esse problema(ungi a
minha cabeça com óleo e o meu cálice se transborda.

8) Ovelhas são animais de grandes estômagos e comem durante o dia todo. À noite elas
costumam brincar de dar cabeçadas uma nas outras e normalmente alguma cai e não
consegue se levantar, se não conseguir se levantar, em poucas horas estará morta, pois seu
estômago irá comprimir seus pulmões, (por isso durante a noite o pastor passa algumas vezes
no aprisco e levanta as ovelhas caídas).

9) O pastor usa duas ferramentas para disciplinar as ovelhas: O cajado e a vara. A Vara é
comprida e com um ponto de interrogação na ponta, e com ela o pastor livra as ovelhas de
ficarem presas a arbustos ou espinheiros. O cajado serve para que a ovelha não vá aonde não
lhe é permitido. Em uma briga ou quando está a ponto de se desgarrar, o pastor lança o cajado
sobre ela e a assusta.

10) A ovelha é um animal totalmente domesticável, tanto que ela apenas segue a seu pastor,
se outro a chamar ela não atenderá e o mais interessante: ao contrário do gado que se grita
atrás dele para que ele ande no caso da ovelha o pastor deve ir à frente, chamando-a,
mostrando o caminho que deve seguir.

11) Discernimento e ingenuidade, não tem uma boa visão é míope, mais a ovelha não sabe
diferenciar uma relva boa e uma venenosa para comer, somente os olhos atentos e
experientes de seu pastor poderão discernir isso e indicar a ela o que é bom para se alimentar.

12) Amados, somos ovelhas que antes estávamos desgarradas, mas assim como Cristo disse
em sua palavra, ele nos resgatou, ele nos trouxe para seu aprisco onde ele cuida de nós.

13) Quando damos nossas cabeçadas, ele vem nos levantar para não morrermos, quando as
moscas nos rodeiam querendo nos distrair da presença do Senhor e por muitas vezes nos
distanciamos do rebanho, correndo sem rumo e levando outras conosco, ele nos pega com
amor e unge nossas cabeças com óleo, para afugentá-las e podermos viver em paz.

14) A vara (bastão) e o cajado não são ferramentas que Cristo gostaria de usar sempre
conosco, mas constantemente ele tem usado, pois somos desobedientes e inconstantes, e ele
já dizia: Eu disciplino aquele que amo!

*são símbolos de força, poder e autoridade de Deus;

*Quando há uma ovelha muito rebelde e fujona no rebanho, o pastor costuma quebrar as
pernas dela com o seu cajado. Durante o processo de cura, o pastor carrega a ovelha em seu
colo, o tempo todo e lhe dedica uma atenção especial: trazendo alimento, água e remédios.
Enquanto a ovelha vai se recuperando, aprende a confiar em seu pastor e, depois de curada,
dificilmente voltará a fugir novamente.

OS TIPOS DE OVELHAS DE EZEQUIEL 34:16 1)

Ovelhas perdidas Existem milhões de ovelhas perdidas espalhadas pelo mundo. São ovelhas
sem rumo, sem futuro, sem esperança, sem fé. A Igreja precisa buscar essas ovelhas, onde
estão.

2) Ovelhas desgarradas A ovelha desgarrada já foi do rebanho de Jesus, mas iludiram-se com
o mundo, ou decepcionaram-se com o rebanho. Cresce o número dessas ovelhas magoadas,
feridas, escandalizadas. Vemos busca-las, precisamos.

3) Ovelhas fracas, quebradas, quebrantadas Essas ovelhas são do rebanho, mas não
conseguirão seguir sem auxilio. As ovelhas fortes têm que suportar as fraquezas dessas fracas
e praticar tudo o que for bom para edificá-las (Romanos 15:1 e 2). São irmãos que caíram em
tentação e que precisam de tratamento para corrigir as fraturas (Gálatas 6:1 e 2).

4) Ovelhas doentes A Igreja é um hospital que trata dos males que afligem a alma humana. A
terapia ministrada resultará no desfrutar das bênçãos conquistadas para nós na cruz: vida em
abundância (João 10:10), paz de Cristo (João 14:27 e 16:33) e alegria de Cristo (João 15:11 e
17:13). 5) Ovelhas gordas e fortes
*no galinheiro as coisas se resolvem a base da bicada, o gado resolve as suas diferenças na
base das chifradas, normalmente uma ovelha mais velha, arrogante dominadora, se
candidatará a líder do rebanho e tentará manter a sua posição, expulsando as outras fêmeas e
cordeiros a base da cabeçada.

* a confusão gerada deixa as demais ovelhas irritadas, nervosas, tensas, insatisfeitas,


inquietas, magras e a única maneira de resolver o conflito é a presença do pastor que põe fim
as diferenças e rivalidades.

Essas ovelhas são rebeldes, egoístas, que maltratam as fracas, impedindoas de comerem e
beberem. Pastores muitas vezes, deixam de pregar a verdade, para não ferir ovelhas, pra não
incomoda-las, mas é muito melhor arrancar o tumor e cura-las do que saber, que mais tarde
queimaram no inferno. Existem muitas ovelhas gordas dentro das igrejas, que estão pesadas,
não conseguem fazer nada e ainda por cima , dificultam o trabalho dos lideres, sendo usadas
pelo diabo, para distrai-los