Sunteți pe pagina 1din 2

TRABALHOS DE APRENDIZ: A IDADE DO APRENDIZ MAÇOM

Manaus,22 março de 2019


Aprendiz: Irineu Amaro Vitorino CIM 312029
Loja: 1721 – Amazônia Brasileira

O presente trabalho busca entender a explicação da ‘idade’ do Aprendiz Maçom. O


primeiro contato com esse questionamento aparece quando o Venerável Mestre da
Loja na abertura dos trabalhos, pergunta ao Primeiro Vigilante a idade. A resposta é
imediata: A idade do Aprendiz Maçom é de três anos de idade. Mas essa idade tem
um porquê, que faz parte da jornada do Aprendiz e de todos os demais irmãos. (GOB,
2009) (FACHIN, 2018)

Três é um número importantíssimo para a Maçonaria. A Loja respira o ternário. A


bateria do grau, as luzes da Loja representadas pelo Venerável Mestre, o Primeiro e
o Segundo Vigilante, as decorações do Templo simbolizadas pelos Ornamentos, os
Paramentos e Joias. Dentro de cada um destes existem três divisões para os
Ornamentos temos a Orla Dentada, o Pavimento Mosaico e a Corda de 81 Nós, para
os Paramentos existem o Livro da Lei, o Esquadro e o Compasso, para a Joias Fixas
encontram-se a Pedra Bruta, a Pedra Polida e a Prancheta e para as Joias Móveis
veem-se o Prumo, o Nível e o Esquadro. Três são as ferramentas do Aprendiz, o
Maço, o Cinzel e a Régua de 24 Polegadas. Três também é a idade do Aprendiz
Maçom. (FACHIN, 2018)

Três também são os Degraus simbólicos da passagem do profano para o sagrado, os


quais utilizam da intervenção da vontade, da inteligência e da razão. Eles resumem o
saber e facilitam o acesso ao conhecer. Representam os três anos de idade do
Aprendiz e as três primeiras artes que são a gramática, a retórica e a lógica,
representam o plano físico ou material, o psíquico ou mental e o plano astral. Bem
como correspondem à divisão ternária de corpo, alma e espirito. (FACHIN, 2018)

A idade de três anos do Aprendiz corresponde às jornadas que ele irá percorrer para
seu desenvolvimento. Essa missão compreende a apreciação, análise ou
compreensão das lições apresentadas, pois o apenas lê, escreve e soletra. Está
desenvolvendo o Poder da Palavra para poder dominar as ciências da gramática, da
lógica e da retórica. Clarificando parte do entendimento do número três, têm-se o
número ‘1’ um, representando a unidade Universal, ‘2’ dois, na figura da dualidade
Manifesta da e o ‘3’ três como a Trindade ou perfeição. (FACHIN, 2018)

A Maçonaria como sistema filosófico objetiva despertar no homem o desenvolvimento,


ofuscando a ignorância, chamando para o dever de cidadão, com estimulo de amor
ao próximo, dedicação à família e a cima de tudo respeito a Deus. Pois somos o
santuário de Deus onde o Espirito de Deus habita em nós. (FACHIN, 2018)

E que nunca nos esqueçamos de sermos eternos Aprendizes.

1
Que assim seja.

REFERÊNCIAS

FACHIN, L. Virtude e verdade: graus simbólicos. 2. ed. Porto Alegre: AGE, v. Tomo
I, 2018. 388 p. ISBN 978-85-8343-134-3; E-BOOK 978-85-8343-140-4.

GOB. Ritual do 1º grau: Aprendiz-Maçom do Rito Escocês Antigo e Aceito. São


Paulo: Grande Oriente do Brasil, 2009.