Sunteți pe pagina 1din 18

CABEÇALHO:

Fonte: Arial ou Times New Roman


Tamanho: 14 – Negrito
Espaço entre Linhas: Simples
Alinhamento: Centralizado

CEEP PROFESSOR JOSÉ FIGUEIREDO BARRETO


CURSO TÉCNICO EM REDES DE COMPUTADORES

TÍTULO DO TRABALHO:
Fonte: Arial ou Times New Roman
Tamanho: 14 – Negrito
Espaço entre Linhas: Simples
Alinhamento: Centralizado

MODELO DE TRABALHO – NORMAS ABNT:


subtítulo

NOME DOS AUTORES:


Fonte: Arial ou Times New Roman
Tamanho: 12 – Negrito
Espaço entre Linhas: Simples
Alinhamento: centralizado

ALUNO 1
ALUNO 2
ALUNO 3
...

LOCAL E DATA:
Fonte: Arial ou Times New Roman
Tamanho: 14 – Negrito
Espaço entre Linhas: Simples
Alinhamento: Centralizado

ARACAJU,
ANO
CEEP PROFESSOR JOSÉ FIGUEIREDO BARRETO

CABEÇALHO:
Fonte: Arial ou Times New Roman
Tamanho: 12
Espaço entre Linhas: Simples TÍTULO DO TRABALHO:
Fonte: Arial ou Times New Roman
Tamanho: 12 – Negrito
Espaço entre Linhas: Simples

TÍTULO DO TRABALHO:
Subtítulo

Projeto apresentado à disciplina projeto


integrador ministrado pela Professor Gláucia
APRESENTAÇÃO: Lima Fonseca Mello, como requisito parcial
Fonte: Arial ou Times New Roman
Tamanho: 12 para a obtenção do título de Técnico em Redes
Espaço entre Linhas: Simples
Recuo: 7 cm da margem esquerda de Computadores.

LOCAL E DATA:
Fonte: Arial ou Times New Roman
Tamanho: 12
Espaço entre Linhas: Simples

ARACAJU,
ANO
RESUMO

Espaço de 1 linha
Máximo de 10 linhas ou de 500 palavras. Condensação do estudo mencionando as
principais contribuições do trabalho para a sociedade científica e leitores em geral.
Deve ser redigido de forma impessoal, com verbo na voz ativa. Deve conter as
palavras chaves do projeto. Espaço de 1 linha. Não contém recuo na primeira linha,
parágrafo único. Justitificado.
Espaço de 1 linha
Palavras chaves: aqui o autor deverá eleger três palavras-chave que digam
respeito ao tema abordado
Ex:
1. Marketing – Plano. 2. Endomarketing. 3. Restaurante – Plano de Marketing.
LISTA DE FIGURA
Espaço de 1 linha
Espaço de 1 linha
Figura 01 – (Título/tema da figura).................................................................12
Figura 02 – (Título/tema da figura).................................................................33
Figura 03 – (Título/tema da figura).................................................................41
Figura 04 – (Título/tema da figura).................................................................54
Figura 05 – (Título/tema da figura).................................................................63

Elemento condicionado à necessidade do trabalho, a lista de ilustrações deve conter a relação de figuras,
ou tabelas, ou quadros, ou mapas, ou organogramas, na mesma ordem em que apareçam no texto,
devendo figurar em página distinta, com apresentação semelhante à do sumário, desde que o número de
elementos das diversas listas seja inferior a cinco.
Os diversos elementos - a saber, tabelas, figuras, quadros, etc. Devem constar em páginas separadas,
desde que a lista apresente, no mínimo, cinco itens. Neste caso, as listas devem ser apresentadas na
mesma ordem em que aparecem no texto, devendo figurar em página distinta, com apresentação
semelhante à do sumário, e ser intituladas como: Lista de tabelas, Lista de quadros, Lista de gráficos,
etc. A ordem das listas obedece à seguinte seqüência: lista de figuras, lista de tabelas, lista de quadros e
lista de gráficos.
A palavra lista (e sua seqüência – de figuras, tabelas, quadros...) deve figurar na primeira linha dessa
página, com letras maiúsculas, alinhamento centralizado, recurso tipográfico negrito, espaçamento
interlinear 1,5, e após dois espaços deve-se iniciar a primeira chamada.
SUMÁRIO:
SUMÁRIO Fonte: Arial ou Times New Roman
Tamanho: 12
Espaço de 1 linha Espaço entre Linhas: 1,5

Espaço de 1 linha
1. INTRODUÇÃO..........................................................................................................2
1.1 JUSTIFICATIVA.......................................................................................................2
1.2 OBJETIVOS............................................................................................................3
1.2.1 OBJETIVO GERAL..............................................................................................3
1.2.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS................................................................................3
2 DESENVOLVIMENTO................................................................................................5
3 CONCLUSÃO.............................................................................................................7
REFERÊNCIAS BIBLIOGRAFICAS............................................................................16
GLOSSÁRIO...............................................................................................................16
APÊNDICE..................................................................................................................17
ANEXOS......................................................................................................................17

ATENÇÃO!

NÂO  se  enumera  a  seção  de  referências,  glossário,  apêndice  e  anexos.  ­ 


Recomendamos a utilização do “índice automático”;­ A numeração das páginas 
é  contada  a  partir  da  capa,  porém,  os  números  deverão  aparecer  apenas  a 
partir da segunda página da introdução.­ A numeração também não deverá 
aparecer nas páginas iniciais dos capítulos, da conclusão e das referências. – 
A numeração é colocada no canto superior direito da página.
Siga as orientações do tutorial para elaborá­lo eletronicamente!
SEÇÃO SEÇÃO Seção Seção Seção
PRIMÁRIA SECUNDÁRIA Terciária Quaternária Quinária
Corresponde Divisão do Divisão do Divisão do Divisão do
à principal texto de texto de uma texto texto de uma
divisão uma seção seção de uma seção seção
do texto primária secundária terciária quaternária
TODO TÍTULO TODO TÍTULO As letras As letras As letras
COM LETRA COM iniciais do iniciais iniciais do
MAIÚSCULA E LETRA título em do título em título em
NEGRITO MAIÚSCULA E maiúscula e maiúscula e maiúscula e
SEM negrito sem itálico
NEGRITO negrito
1 1.1 1.1.1 1.1.1.1 1.1.1.1.1
2 2.1 2.1.1 2.1.1.1 2.1.1.1.1
3 3.1 3.1.1 3.1.1.1 3.1.1.1.1
4 4.1 4.1.1 4.1.1.1 4.1.1.1.1
5 5.1 5.1.1 5.1.1.1 5.1.1.1.1

A presente tabela é apenas uma referência para ser consultada, mas


NÃO deve constar no trabalho!
INTRODUÇÃO:
Fonte: Arial ou Times New Roman; Negrito;Tamanho: 12
Espaço entre Linhas: 1,5Alinhamento: Justificado.
ATENÇÂO! Para maiores detalhes sobre a apresentação
1. INTRODUÇÃO gráfica, (citações, espaçamento etc) consultar as normas para
o PI.
Espaço de 1 linha
Este item situa a temática no tempo e no espaço, isto é, uma contextualização
do trabalho, em termos gerais que fatores o levaram a considerar a pertinência deste
projeto. Deve-se apresentar, em linhas gerais, a organização/instituição objeto de
estudo e as ideias que serão trabalhadas nos capítulos. Elaborar texto objetivo, claro
e impessoal.
Na introdução deve-se caracterizar o problema e as estratégias para a
realização da pesquisa. Lembre-se que o problema de pesquisa aqui deve ser algo
que tenha relação com o fazer docente e o tema geral é Projeto Integrador aplicado
nos laboratórios.
Portanto sua introdução e também seu referencial teórico versarão sobre o
tema escolhido por você dentro da área de educação técnico em redes de
computadores que permita o trabalho com a informática no cotidiano.
Alguns pontos importantes:
 Função da introdução – deixar o leitor (seja ele ou não especializado da área)
preparado para entender os aspectos relevantes do artigo. O texto deve partir da
temática geral de trabalho e ir afunilando para a específica.
 A introdução deve conter também a definição da linha de pesquisa e da
temática, a formulação do problema/questão de pesquisa, a justificativa para a
realização do trabalho e a caracterização dos sujeitos de pesquisa e uma breve
pincelada na metodologia.
 PROCURE CONHECER BEM O TEMA - Leia bastante sobre o tema
escolhido. Procure ler dissertações e teses, além de artigos de revistas e eventos
bem conceituados, não se esquive de ler publicações ou de ler em outros idiomas.
 Se baseia fortemente em suas leituras, por isso suas colocações devem ser
feitas através de citações da literatura que podem ser de dois tipos:
Espaço de 1 linha
Espaço de 1 linha
Espaço de 1 linha
1.1 JUSTIFICATIVA
Espaço de 1 linha
Consiste na apresentação, de forma clara, objetiva e rica em detalhes, das
razões de ordem teórica ou prática que justificam a realização da intervenção e/ou o
tema proposto. A justificativa deve indicar:
 A relevância social do tema a ser abordado.
 As contribuições que a intervenção pode trazer, no sentido do que pode
trazer de vantagens para o ensino de química.
 A possibilidade de sugerir modificações no âmbito da realidade proposta
pelo tema.
Espaço de 1 linha
Espaço de 1 linha
1.2 OBJETIVOS
Espaço de 1 linha
1.2.1 OBJETIVO GERAL
Espaço de 1 linha
A construção de um objetivo de pesquisa deve ser de forma clara e concisa,
expressando apenas uma ideia. O objetivo geral deve dar conta da totalidade do
problema de pesquisa, devendo ser elaborado com um verbo de precisão, evitando
ao máximo uma possível distorção na interpretação do que se pretende pesquisar.
A elaboração do objetivo geral deve ser direcionada à pesquisa que se vai
realizar e jamais deve fazer explicações teóricas, discussões ou análise do que se
pretende alcançar como resultado final do estudo. Tanto o objetivo geral quanto os
específicos devem iniciar com verbos no infinitivo.

Ex.: Identificar as contribuições das TIC(Tecnologia da Informação e Comunicação)


para o ensino e aprendizagem das disciplinas, por meio da análise dos artigos
publicados nas edições dos GoogleAcadêmico mapeando e sistematizando os
materiais acadêmico-científicos produzidos
Espaço de 1 linha
Espaço de 1 linha
1.2.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS
Espaço de 1 linha
Esses objetivos detalham e especificam, em termos das metas que devem ser
alcançadas para concretização do objetivo geral.
Ex.: Levantar e analisar os trabalhos de pesquisa publicados nas 5 (cinco) edições
do GoogleAcadêmico sobre o uso de microcomputadores como recurso para
aprendizagem no ensino das disciplinas, no período entre 1997 e 2005.
Analisar do total de trabalhos selecionados aqueles que apresentam as seguintes
interfaces: ensino das disciplinas X formação de professor X TIC, para
identificar as contribuições das TIC no ensino e na aprendizagem das disciplinas.

Abaixo uma lista com alguns verbos que podem ser utilizados, visando
facilitar a construção dos objetivos.
Espaço de 1 linha
Espaço de 1 linha
2 DESENVOLVIMENTO
Espaço de 1 linha
a) Corpo do trabalho: Desenvolvimento do trabalho propriamente dito, dividido
em capítulos a serem definidos de acordo com a sua necessidade. Devem seguir
uma ordem logica das ideias.
b) Desenvolvimento do tema: Deverá ser realizada uma revisão da literatura,
tendo como objetivo estabelecer uma reflexão sobre os conceitos teóricos que
fundamentam a pesquisa. Também será estabelecida uma revisão de trabalhos ou
aplicações já realizadas acerca da temática proposta no projeto. Desse modo, o
desenvolvimento do projeto se sustentará na descrição, comparação e discussão
crítica acerca da literatura e dos procedimentos de análise até então realizados
sobre o tema/problema proposto.
A FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA SÓ PODE SER CONSTRUÍDA A PARTIR DE
SUAS LEITURAS QUE DEVEM SER DIVERSIFICADAS E RELEVANTES.

CITAÇÃO DIRETA: é a transcrição textual de parte da obra do autor consultado. As


citações diretas, no texto, de até três linhas, devem estar entre aspas duplas.
Ex.:
a) - Segundo Carvalho (2001, p. 46) “Informação não é coletivo de dados”.
b) Grün (1996) também relata que os livros didáticos em geral trazem visão
semelhante e comenta ainda os efeitos do cartesianismo sobre as questões
ambientais, nesses livros, num panorama histórico, relativo às idéias de “domínio”
de caráter utilitarista e antropocêntrica com expressões do tipo “águas necessárias
à população” e “importância do solo para o homem” (ibidem, p. 42)
Citações diretas com mais de três linhas, devem ser destacadas com
recuo de 4cm da margem esquerda, com letra tamanho 10, sem aspas;

Todavia, Reigota (2002) considera MA como:


o lugar determinado ou percebido, onde os elementos naturais e
sociais estão em relações dinâmicas e em interações constantes. Essa
relações implicam processos de criação cultural e tecnológica e processos

históricos e sociais de transformação do meio natural e construído (p. 18 ).

CITAÇÃO INDIRETA: é a construção de um texto baseado na ideia de um autor


consultado.
Ex:
a) Carvalho (2004), por sua vez, considera que as práticas ambientais
podem ser agrupadas em mais de dez categorias incluindo: educação ambiental
popular, crítica, política, comunitária, formal, não-formal, conservacionista,
socioambiental, ao ar livre etc.
b) Assim, desde o surgimento das idéias de EA a nível mundial verificou-se
a necessidade do enfoque interdisciplinar e da abrangência a todos os
indivíduos conforme idade e de acordo com os meios socioeconômicos e em
modalidades com materiais didáticos próprios a cada nível de ensino (BRASIL,
1998).
Espaço de 1 linha
Espaço de 1 linha
3 CONCLUSÃO
Espaço de 1 linha
A conclusão deve estabelecer uma avaliação final da temática desenvolvida.
Não se deve expor novos argumentos sobre a problemática na conclusão, mas sim
retomar e reiterar de maneira coesa a argumentação exposta ao logo do
desenvolvimento do trabalho.

(Recuperação dos objetivos do trabalho de elaboração do projeto. Em que


nível os objetivos do trabalho foram atingidos? Principais constatações obtidas com
a realização do trabalho. Principais constatações obtidas com a realização do
trabalho, o que foi descoberto (os resultados). Houve alguma dificuldade ou
limitação para a elaboração do projeto como um todo ou para a elaboração de
algum de seus documentos? Análise crítica dos resultados do trabalho. O trabalho
se justificou? Considerações sobre trabalhos futuro.).

Escrever pelo menos 1 página.


A palavra referências deve figurar na primeira linha dessa
página, com letras maiúsculas, alinhamento a esquerda,
recurso tipográfico negrito, e após dois espaços de 1,5,
REFERÊNCIAS BIBLIOGRAFICAS deve-se iniciar a apresentação das referências
Espaço de 1 linha
Espaço de 1 linha
Conforme a ABNT os principais elementos para a composição de uma
referência são:
SOBRENOME, Nome (s) do(s) autor(es) (pessoa, entidade).ØTítulo.ØTradução (se
ouver)ØEdição.ØLocal de publicação:ØEditora,ØData de publicação.

Um Autor

SCHÜTZ, Edgar. Reengenharia mental: reeducação de hábitos e programação de


metas. Florianópolis: Insular, 1997. As referências devem ser apresentadas com
espaçamento interlinear simples, sem recuo na
margem esquerda, alinhamento justificado
somente na margem esquerda e um espaço para
separar uma referência da seguinte.
Dois Autores

SÓDERSTEN, Bo; GEOFREY, Reed. International economics. 3. ed. London:


MacMillan, 1994.

Três Autores

NORTON, Peter; AITKEN, Peter; WILTON, Richard. Peter Norton: a bíblia do


programador. Tradução: Geraldo Costa Filho. Rio de Janeiro: Campos, 1994.

Para mais de 03 autores, colocar o primeiro autor


Mais de três Autores (organizador) com referência, seguido do termo et al

BRITO, Edson Vianna, et al. Imposto de renda das pessoas físicas: livro prático
deconsulta diária. 6. ed. atual. São Paulo: Frase Editora, 1996.
Artigo de revista (impressa)
ESPOSITO, I. et al. Repercussões da fadiga psíquica no trabalho e na empresa.
Revista Brasileira de Saúde Ocupacional, São Paulo, v. 8, n. 32, p. 37-45,
out./dez. 1979. ATENÇÂO: em artigos de revista é o TÍTULO que fica
negrito.

Entrevistas

MELLO, Evaldo Cabral de. O passado no presente. Veja, São Paulo, n. 1528, p 9-11,
4 set. 1998. Entrevista concedida a João Gabriel de Lima.

Filmes e Vídeos

NOME da rosa. Produção de Jean-Jaques Annaud. São Paulo: Tw Vídeo


distribuidora, 1986. 1 DVD (130 min.): DVD, Ntsc, son., color. Legendado. Port.
Arquivo em Disquetes

KRAEMER, Ligia Leindorf Bartz. Apostila.doc. Curitiba, 13 maio 1995. 1 arquivo


(605 bytes). Disquete 3 1/2. Word for windows 6.0.

Base de Dados em Cd-Rom: no todo

INSTITUTO BRASILEIRO DE INFORMAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA -


IBICT. Bases de dados em Ciência e Tecnologia. Brasília, n. 1, 1996. CD-ROM.

Base de Dados em Cd-Rom: partes de documentos

PEIXOTO, Maria de Fátima Vieira. Função citação como fator de recuperação de


uma rede de assunto. In: IBICT. Base de dados em Ciência e Tecnologia. Brasília:
IBICT, n. 1, 1996. CD-ROM.
22

Artigos de Periódicos (On-line)

MALOFF, Joel. A internet e o valor da "internetização". Ciência da Informação,


Brasília, v. 26, n. 3, 1997. Disponível em: <http://www.ibict.br/cionline/>. Acesso
em: 18 julho de 2009.

ATENÇÃO:
As referências são um elemento obrigatório. Devem conter a relação das
obras citadas no trabalho e ser apresentadas no final deste, organizadas em
ordem alfabética e ordenadas de forma consecutiva, de modo que permita sua
identificação. O material referenciado assume formas extremamente variadas: livros,
revistas, documentos legislativos, materiais cartográficos, fontes audiovisuais e
eletrônicas e informação verbal. As referências são regulamentadas, na sua maioria,
pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).
22

GLOSSÁRIO
Espaço de 1 linha
Espaço de 1 linha
Disritmia: Irregularidade ou alteração do ritmo

Elemento  condicionado  à  necessidade  do  trabalho,  o 


glossário  deve  conter  a  relação  de  palavras  de  uso 
restrito,  em  ordem  alfabética,  acompanhadas  das 
respectivas definições, com o objetivo de esclarecer ao 
leigo  o  significado  dos  termos  empregados  no 
trabalho. Geralmente só aparece em trabalhos técnicos. 
A  palavra  glossário  deve  figurar  na  primeira  linha 
dessa  página,  com  letras  maiúsculas,  alinhamento 
centralizado,  recurso  tipográfico  negrito,  devendo 
fazer parte do sumário.
22

APÊNDICE

Elementos condicionados à necessidade do trabalho, os apêndices devem conter todo o material elaborado 
pelo  próprio  autor  ­  como  tabelas,  gráficos,  desenhos,  mapas  ou  outras  figuras  ilustrativas;  técnicas  de 
pesquisa utilizadas
(questionário,  formulário,  entrevista,  história  de  vida  e  semelhantes);  organogramas,  fluxogramas  ou 
cronogramas.  Deve­se  apresentar  inicialmente  uma  folha  distinta,  intitulada  como  Apêndice(s),  com  as 
seguintes  características:  a  palavra  apêndice(s)  deve  figurar  na  primeira  linha  dessa  página,  com  letras 
maiúsculas,  alinhamento  centralizado,  recurso  tipográfico  negrito,  devendo  fazer  parte  do  sumário. Na 
página seguinte aparecem, com alinhamento à esquerda e na seqüência, o apêndice ou os apêndices: Ex: 
Apêndice A: título do apêndice; Apêndice B: o nome desse apêndice, e assim sucessivamente.
ANEXOS

Serão NECESSÁRIOS, apresentar os seguintes anexos:

ANEXO A – Termo de Consentimento e Livre Esclarecimento (Aluno e Empresa)

Elementos condicionados à necessidade do trabalho, os anexos devem conter todos os


documentos auxiliares não elaborados pelo autor, tais como quadros, tabelas, legislação,
estatutos, regimentos, ilustrações etc. A apresentação gráfica dos anexos deve seguir a mesma
padronização utilizada para os apêndices.