Sunteți pe pagina 1din 30

Curso Técnico

Docente: Martina
de Segurança
do Trabalho
Discentes:
◙ Andréia Ferreira;
◙ Lailana Santiago
◙ Margarete Rios; Psicologia
◙ Mariana Silva; Organizacional
◙ Wesley Ayrosa do Trabalho
Setor Hospitalar
 Do latim hospitālis (“casa de hóspedes”), um
hospital é o estabelecimento destinado ao
diagnóstico e ao tratamento de doentes, onde
se pratica também a investigação e o ensino.
A estrutura dos hospitais foi idealizada de
modo a cumprir as funções de prevenção,
diagnóstico e tratamento de doenças.
O papel do Técnico de
Segurança nos Hospitais

O Técnico de Segurança do
Trabalho, tem papel
fundamental no cotidiano dos
Hospitais, e sua presença é
recomendada por lei (regida
pela legislação federal NR-32).
Nossos diversos papéis:
 Informação ;
 Orientação;
 Recomendação;
 Execução procedimentos de segurança e higiene no
trabalho;
 Levantamento ;
 Realização de treinamento e palestras ;
 Elaboração e implantação de várias medidas de
segurança e saúde do trabalho, exigidas pela
legislação.
Hospital Ayrosa
A empresa

 Fundado na década de 50 o Hospital Ayrosa


conta com Profissionais com larga
experiência na área médica que estão à
frente das coordenações e serviços do
Hospital.
Missão
Valores
Proporcionar aos profissionais de
 Compromisso social; saúde que nela trabalham boas
 Ética; condições de trabalho, com
modernos equipamentos ,
 Valorização da vida;
ambientes climatizados e boa
 Trabalho em equipe; remuneração e proporcionar aos
pacientes uma rápida
recuperação de sua patologia.

Visão

Ser reconhecido pela qualidade, geração de conhecimento


científico, valorização do seu corpo clínico e oferta de serviços
competitivos, inovadores e sustentáveis. Promovendo sempre a
satisfação dos nossos clientes.
Cultura organizacional
O Hospital Ayrosa é uma instituição que está
há mais de 60 anos no mercado, portanto é
um Hospital de prestígio e renome. Porém,
ainda tinha uma cultura que se preocupava
somente com os pacientes ( clientes
externos), a Segurança e Saúde no Trabalho
não se encontrava integrada à sua estrutura
de gestão.
Situação Problema

 Alta taxa de absenteísmo dos profissionais de


fisioterapia ( motivos diversos);
 Queixas de pacientes do atendimento no setor de
fisioterapia;
 Reclamações crescentes dos funcionários do setor
de fisioterapia;
Setor de Fisioterapia
 Inaugurado no dia 09 de fevereiro de 2013 no
terceiro andar do Edifício, o setor de Fisioterapia
dispõe de profissionais especializados para o
atendimento humanizado. Dispondo de
modernos equipamentos, a clínica também
oferece Pilates, RPG, pré e pós-cirúrgico.
Distribuição de mão-de-obra
O setor tem uma equipe de 8
fisioterapeutas, sendo 03 do sexo
masculino e 05 do sexo feminino,
divididos em 4 pela manhã e 4 à tarde.
 02 são atendentes (uma para cada
turno).
Jornada de trabalho
A jornada de trabalho é de 06 horas corridas,
havendo dessa forma dois turnos: o primeiro,
de 06:00 às 12:00h e o segundo, de 12:00 às
18:00h.
Analises Preliminares...
Riscos encontrados
no Setor de
Fisioterapia
GRUPO DE RISCO FONTES DOENÇAS DE
TRAB./ACIDENTES
Risco Físico Ondas Curtas Doenças cancerígena
Radiação não ioniz. Setor de radiol.
Radiação ionizante
Risco Químico Depósito de esteriliz. de Dermatites,
Produtos Químicos mat. terap. resp. cegueira
Risco Biológico Banheiro dos pacientes, Infecções, rinite alérgica
Vírus equipamentos,
Bactérias pacientes,
Bacilos almoxarifado
Parasitas
Fungos
Risco Ergonômico Equipamento, pacientes, LER/DORT, deformidades da
Transporte de peso espaço físico x alta coluna,
Esforço fís. Intenso demanda de pacientes estafa
Posturas inadequadas
Stress psíquico
Risco de Acidente Equipamento com fio Contusão, trauma, laceração,
Layout inadequado desencapado, morte,
Eletricidade Ventilador fadiga visual,
Iluminação abaixo das lâmpadas, escoriação
Equipamento sem iluminação imprópria
proteção
AMBIENTE DE TRABALHO
REAL DESEJAVEL
 Equipamentos não
potencializam o
trabalho.
 Muito tempo na
mesma posição
devido a falta dos
colegas e numero
de pacientes para
serem atendidos.

 Mesmo com menos


funcionários trabalhando
o numero de pacientes a
serem atendidos no dia
continua o mesmo.
 Sobre peso: os funcionários estão faltando devido a
problemas gerados pelo esforço no cuidado com
certos pacientes .
 Poucos equipamentos de apoio e\ou
equipamentos inadequados.
 Muito contato direto com todo tipo de paciente.
Conflitos
 Osfuncionários estão brigando entre si devido a
sobrecarga de trabalho que têm nos dias em
que o colega está afastado.

 Não se veem como uma equipe.


 Algunsfuncionários estão estressados devido a
sobrecarga de trabalho e problemas pessoais.
• Atendendo mal os pacientes
Diagnostico
O quadro de funcionários não acompanhou o
crescimento do setor do hospital;
 Alguns equipamentos já não servem como
antes não por estarem obsoletos mas devido a
demanda;
 Falta de uso de EPI básicos (mascaras, luvas,
etc.);
 Nível de stress muito elevado no setor;
 O hospital se preocupa mais com o bem estar
dos clientes externos e não se atenta para os
clientes internos.
Mudanças

 Cultural : enxergar os funcionários


(médicos, enfermeiros, faxineiros, etc.)
como um cliente.
 Implantação de ações preventivas de
conscientização, sensibilização e
capacitação com toda equipe hospitalar.
Intervenção
 Seleção para admissão de novos fisioterapeutas e
diminuição da jornada de trabalho;
 Melhora do arranjo físico do setor;
 Ginastica laboral no setor;
 Confraternização e reuniões do setor;
 Troca de equipamentos;
 Estimulo para o uso do EPI com palestras;
 Acompanhamento psicológico dos profissionais;
 Treinamento para prevenção de acidentes.
Vantagens x Desvantagens
Vantagens: Desvantagens:

 Maior qualidade de vida dos  Investimento imediato


funcionários
 Melhora na saúde dos  Processo contínuo
fisioterapeutas
 Menor risco de acidentes e
consequentemente doenças
ocupacionais
 Pacientes bem atendidos
em menor tempo
 Melhora no Clima
organizacional
Bibliografia

 http://www.hospitalimpact.org/index.php/2011/11/01/hospital_culture
_is_crucial_to_successfu < acesso em 26 de janeiro de 2014>
 http://bibliotecadigital.fgv.br/dspace/bitstream/handle/10438/2278/13
4805.pdf?sequence=2< acesso em 26 de janeiro de 2014>
 Conceito de hospital - http://conceito.de/hospital#ixzz2reZLqVrG<
acesso em 26 de janeiro de 2014>