Sunteți pe pagina 1din 37

Viola Spolin (1906 - 1994)

Uma das pioneiras do teatro


improvisacional.

Foi aluna de Neva Boyd, que


trabalhava com o treinamento de
educadores e assistentes sociais
com o objetivo de integrar
socialmente imigrantes que
chegavam aosEstados Unidos.
Neva Boyd (1876 – 1963) foi uma
educadora social norte americana,
fundadora da Escola de Recreação
e Treinamento (Recreational
Training School) em Chicago, que
desenvolvia um programa de
trabalho de grupo com imigrantes,
aplicando ginástica, dança, jogos e
arte dramática.
1938
Spolin assume a supervisão de teatro no Works Progress
Administration’s Recreational Project (WPA), que buscava combater a
recessão econômica e seus efeitos por meio de aulas de arte e
artesanato para trabalhadores.

Foi quando percebeu a necessidade de um sistema de treinamento


teatral de fácil entendimento, que pudesse superar as barreiras culturais
e étnicas.

Baseada no treinamento com Neva Boyd, ela desenvolveu novos jogos


teatrais.
Sistema de Jogos Teatrais de Viola Spolin

Utilizado tanto para a formação de atores (amadores e


profissionais), quanto na educação de crianças e
adolescentes, em escolas e instituições sociais,
programas voltados para saúde mental e centros de
reabilitação.
A maioria dos jogos é altamente social e propõe um
problema que deve ser solucionado – um ponto objetivo
com o qual cada indivíduo se envolve e interage na busca
de atingi-lo. Muitas habilidades aprendidas por meio do
jogo são sociais.
A estrutura dos jogos
São simples e baseada na resolução de problemas.
O problema - objetivo do jogo
Regras - criadas com foco no objetivo/problema.
(incluem a estrutura dramática: onde / quem / o
que, o foco, o acordo do grupo, as instruções e a
avaliação)
Superação de atitudes mecânicas
Pressuposto da espontaneidade.

Os Jogos Teatrais de Spolin, são artifícios contra a


artificialidade; estruturas criadas para despertar a
espontaneidade – ou talvez uma estrutura
cuidadosamente construída para isolar subjetividade.
O sistema formulado por Spolin traz estímulos
corporais e intelectuais à quem joga.

O jogo sociabiliza, uma vez que, se precisa do outro, do


coletivo para fazer-se completo.
Augusto Boal (1931 - 2009)

“Pode ser que o teatro não seja revolucionário em si


mesmo, mas não tenham dúvidas:é um ensaio da
revolução!”
Com 22 livros publicados (traduzidos em mais de vinte
línguas) suas concepções são estudadas nas principais
escolas de teatro do mundo.

O livro Jogos Para Atores e Não Atores trata de um sistema


de exercícios ("monólogos corporais"), jogos (diálogos
corporais) e técnicas teatrais além de técnicas do teatro
imagem, que podem ser utilizadas não só por atores mas
por todas as pessoas.
O dramaturgo é
conhecido não só por
sua participação no
Teatro de Arena da
cidade de São Paulo
(1956 a 1970), mas
sobretudo por suas
teses do Teatro do
Oprimido.
O Teatro do Oprimido é o teatro no sentido mais
arcaico do termo. Todos os seres humanos são atores
- porque atuam - e espectadores - porque observam.
Somos todos 'espect-atores'.
Sempre buscou lutar contra todas as formas de
opressão, desenvolvendo na sua luta a favor dos
explorados e oprimidos, um teatro de cunho político,
libertário e transformador.
O Teatro do Oprimido

Pretende transformar o espectador em sujeito atuante,


transformador da ação dramática que lhe é
apresentada, de forma que ele mesmo passe a
protagonista e transformador da ação dramática.
A poética do Teatro do Oprimido está organizada em
diferentes formas/técnicas de ações dramáticas.

Teatro é ação.

Teatro Jornal ●
Texto fora do contexto

Leitura Simples ●
Teatro Imagem

Leitura cruzada

Teatro Fórum

Leitura complementar

Leitura com ritmo

Teatro Fotonovela

Ação paralela ●
Quebra da Repressão

Improvisação ●
Teatro mito

Histórico ●
Teatro Julgamento

Reforço ...
Bertolt Brecht

Poeta, romancista, dramaturgo e teórico


renovador do teatro moderno de nacionalidade
alemã.
Teatro Épico e Peças Didáticas
Teatro Épico - utiliza uma série de instrumentais diretamente
ligados à técnica narrativa do espetáculo, onde os mais
significativos são: comunicação direta entre ator e público,
música como comentário da ação, ruptura de tempo-espaço
entre as cenas, exposição do urdimento, das coxias e do
aparato cenotécnico, posicionamento do ator como um
crítico das ações da personagem que interpreta e como um
agente da história.
O conceito de Teatro Épico diz respeito a um teatro
didático que procura um distanciamento entre
personagem e espectador para que este seja capaz
de refletir e apreender a lição social proposta.
Brecht propõe um afastamento entre o ator e a
personagem e entre o espectador e a história narrada
para que, de uma forma mais real e autêntica, possam
fazer juízos de valor sobre o que está a ser representado.
Este efeito de estranheza e de distanciação acaba por
conduzir a uma aproximação entre o ator e o
espectador, na medida em que os dois se distanciam
em relação à história narrada e podem, como pessoas
reais, discutir o que se passa em palco.
"O espectador do teatro dramático diz: - Sim, eu já senti
isso. - Eu sou assim. - O sofrimento deste homem comove-
me, pois é irremediável. É uma coisa natural. - Será
sempre assim. - Isto é que é arte! Tudo ali é evidente. -
Choro com os que choram e rio com os que riem.
O espectador do teatro épico diz: - Isso é que eu
nunca pensaria. - Não é assim que se deve fazer. -
Que coisa extraordinária, quase inacreditável. - Isto
tem de acabar. - O sofrimento deste homem comove-
me, porque seria remediável. - Isto é que é arte! Nada
ali é evidente. - Rio de quem chora e choro com os
que riem."
Algumas peças didáticas


A decisão e a regra

Aquele que diz sim, aquele que diz não

Baden-Baden sobre o acordo

O vôo sobre o oceano
Ingrid Dormien Koudela
Escritora, tradutora e
professora universitária
brasileira, uma das figuras
centrais no estudo da didática
do teatro e principal
desenvolvedora do sistema de
jogos teatrais e do pensamento
de Viola Spolin, tendo traduzido
toda sua obra ao português.
Seu livro Jogos Teatrais analisa alguns dos fundamentos
dos jogos teatrais indagando-os através dos pressupostos
de construção do conhecimento de Jean Piaget.

Ingrid é também uma das especialistas brasileiras da obra


de Bertolt Brecht, sendo seu principal foco as peças
didáticas do autor alemão.
Livros

Um vôo brechtiano

Brecht na Pós-modernidade

Texto e Jogo

Jogos Teatrais

Brecht: Um jogo de aprendizagem