Sunteți pe pagina 1din 3

ESCOLA ESTADUAL AMÉLIO DE CARVALHO BAIS

PROFESSOR (A): Nathália do Nascimento Gonçalves Nolasco


DATA: 06/07 a 17/07
ALUNO(A) :
ANO: 2ª ano TURMA: A

Você terá que produzir uma Charge. Vamos lá?

O que é uma Charge?

A charge é um gênero jornalístico que se utiliza da imagem para


expressar à coletividade o posicionamento editorial do veículo.
É uma crítica carregada de ironia e que reflete situações do
cotidiano.
O termo charge é oriundo do francês charger e que significa
carga, exagero e ataque violento. As charges retratam situações
da atualidade.
Por meio da charge, o leitor tem a capacidade de compreender a
dinâmica de acontecimentos ocorridos em todo o mundo. O
chargista, como é chamado o profissional que desenha charges,
precisa estar inteiramente familiarizado com os assuntos
jornalísticos para conseguir retratar e transmitir a mensagem em
um único quadro de elementos gráficos.

Características da Charge

 Retrata a atualidade;
 É usada em uma notícia que retrata um fato social ou político de relevância;
 Se origina na notícia jornalística;
 Reflete na imagem o posicionamento editorial do veículo;
 A charge também pode ser chamada de texto visual em que utiliza o humor ao mesmo tempo em que
critica;
 Como se alimenta da novidade, é tida como uma narrativa efêmera;
 Caso não venha acompanhada de uma notícia, pode não ser compreendida pelo leitor.

Planejando a Charge
Confira exemplos. Antes mesmo de começar, é uma boa ideia
conferir alguns exemplos. Ao observar charges publicadas, você
pode ter uma noção melhor dos elementos, dos temas e das ideias
por trás desse tipo de tirinha.
As charges políticas buscam ilustrar um assunto e representar um
ponto de vista sobre ele e normalmente utilizam artes simples para
transmitir a ideia de modo rápido e direto.
A maioria das charges busca ilustrar problemas ou defender
posições políticas.

Pense na mensagem, afinal, é o foco da charge. As ti


rinhas políticas costumam se focar em um assunto, seja
atacando-o ou defendendo-o através dos elementos
artísticos. Pense no que deseja dizer e em como deseja
dizê-lo
 Considere a questão que deseja abordar;
 Pense no que deseja dizer sobre o assunto;
 Imagine como representar a questão na tirinha.
Considere quais simbolismos incluir. Uma técnica bastante comum nas charges
políticas é o uso do simbolismo. Os símbolos são imagens que representam ideias
mais amplas e podem ajudá-lo a incluir conceitos complexos no espaço reduzido
de uma tirinha.
 Os elefantes e os burros são símbolos muito utilizados na representação das
oposições políticas nos Estados Unidos.
 As águias são utilizadas para representar os Estados Unidos, assim como os
leões são utilizados para representar a Receita Federal.

Considere o uso de exageros. As charges políticas normalmente utilizam


os exageros ao retratar figuras políticas conhecidas, destacando
características físicas para facilitar a identificação.
 Exagerar as características de uma pessoa a torna mais reconhecível.
 Utilize o exagero para mostrar uma pessoa sob determinada ótica
dependendo da mensagem que deseja transmitir.
 As caricaturas normalmente são utilizadas para zombar de alguém
ou da ideia desta pessoa.

Identifique os elementos da charge. A maior parte das charges e tirinhas


não utiliza muito a identificação, mas as charges políticas costumam
identificar as figuras que não pareçam muito claras para aumentar o
impacto e a clareza da mensagem.
 Identificar os elemento s pode tornar a mensagem da tirinha mais clara.
 Por mais que isso seja aceitável em charges políticas, não abuse desse
artifício.
 Identifique apenas aspectos importantes da charge.

Faça analogias. Uma analogia normalmente é utilizada para relacionar um


conceito a outro na tentativa de ampliar a compreensão de um problema ou
de uma mensagem. Considere utilizar analogias para que os leitores vejam a
questão sob outra perspectiva.
 Pense em termos como "como".
 Por exemplo, as disputas territoriais internacionais podem ser
"como" crianças em um parquinho discutindo sobre quem é dono
de cada lado do parque.

Criando a charge

Crie um esboço. Após pensar na mensagem e definir os elementos que


deseja utilizar para transmiti-la, crie um leiaute básico para a tirinha. Desse
modo, você terá uma ideia melhor de como ela será visualmente e de como
ela passará a mensagem.
 Pense em como aproveitar melhor o espaço disponível.
 Descub ra quais os elementos mais importantes e destaque-os no leiaute.
 Algumas das ideias originais podem não se encaixar ou prejudicar o
entendimento da mensagem. Pense bem e tente remover os elementos
"sobrando".
Desenhe os contornos. Após definir o leiaute base da
charge, comece a esboçar os contornos da tirinha final. Não
se preocupe com linhas perfeitas, pois você as melhorará
conforme progride. Leve o tempo que for necessário e
aproveite a criação da charge.

 Comece esboçando com um lápis para poder realizar


alterações mais tarde.
 Quando estiver satisfeito, comece a limpar as linhas.
 Limpe as linhas reforçando-as ou apagando-as e
redesenhando-as com mais firmeza.
 Não há problema em fazer alterações de última hora
e adicionar toques finais.
 Finalize as linhas com tinta preta quando estiver
satisfeito com o
resultado.

Adicione os diálogos. Muitas charges políticas utilizam diálogos em


balões de fala. Os balões, brancos, englobam os textos de modo que a
leitura seja fácil. Desenhe-os e coloque os textos dentro deles para
representar os diálogos da tirinha.
 Os balões normalmente são lisos e ovais com extensões
triangulares que os direcionam ao falante.
 Você também pode incluir balões de pensamento. Desenhe-os
como pequenas nuvens para representar os pensamentos dos personagens.

Colora a charge. Caso acredite que a tirinha vá ficar melhor


colorida, adicione as cores ao terminar. Este pode ser um ótimo
modo de destacar a tirinha e ampliar a mensagem a ser
transmitida. Pense bem nas cores que deseja utilizar e vá com
calma no processo de colorização.
 As cores podem transmitir significados. Por exemplo, na
política o vermelho costuma ser utilizado para descrever a
esquerda enquanto o azul, costuma ser utilizado para descrever a
direita.
 Utilize as ferramentas que preferir, seja lápis de cor, tinta ou
até mesmo gizes de cera.
 Considere também a possibilidade de escanear a tirinha e
colori-la no computador.
2.

 Peça para que alguém em casa leia para ver se entende sua charge e se possível faça anotações se tiver
alguns erros .
 Faça as correções (caso houver), passando o texto a limpo numa folha de papel sulfite ou almaço.
 Entregue sua Charge feito a mão na escola até o dia 17/07!
 Qualquer dúvida entre em contato com a escola para vermos a melhor forma para orientá-lo.