Sunteți pe pagina 1din 5

Disciplina: Química Geral II e III

FILTRAÇÃO E DESTILAÇÃO

1. Objetivos

• Compreender as técnicas de filtração e destilação.


• Conhecer os equipamentos básicos usados nestas técnicas
• Efetuar a filtração e a destilação para separar um sólido de um líquido.

2. Introdução

Filtração

Método que pode ser usado para separar partículas sólidas de um líquido.
A filtração é efetuada passando-se a mistura através de um material poroso que
retém as partículas do sólido.
Usa-se a filtração em vez da decantação quando o sólido permanece
parcialmente ou completamente em suspensão. O material poroso pode ser papel
de filtro, algodão, tecido, vidro sinterizado, porcelana porosa, fibras de vidro ou
amianto, etc. O mais usado no laboratório é o papel de filtro.

Figura 1: Aparelhagem para filtração Figura 2: Aparelhagem para filtração a


simples. vácuo (com trompa d’água).

Na filtração, o líquido, filtrado, passa através do material poroso e o


sólido, precipitado, fica retido. Assim, a escolha do papel de filtro depende do
tamanho e da natureza das partículas do sólido.
A passagem do líquido através do material poroso pode ser efetuada de
dois modos:
1) Por ação da gravidade: filtração simples
2) Por redução da pressão: filtração por sucção ou à vácuo.

Pode-se separar um sólido de um líquido fazendo-se uma filtração simples


ou à vácuo. Os equipamentos usados em cada processo são diferentes, mas
ambos apresentam um ponto comum: o material poroso e o funil.
Para se decidir entre um e outro tipo de filtração deve-se levar em conta
alguns aspectos, tais como: tipo de sólido, volatilidade do solvente quantidade de
sólido e de líquido do processo, etc.

Figura 3: Como dobrar o papel de filtro

Para fazer uma filtração simples utiliza-se um funil com o papel de filtro,
dobrado adequadamente (Figura 3). Inicialmente, umedece-se papel com uma
pequena quantidade do solvente com que se está trabalhando. Efetua-se a
filtração conforme indicado na Figura 4, tomando-se o cuidado de não encher o
filtro até a borda. Os últimos traços do sólido são transferidos para o papel de filtro
com auxílio de jatos de solvente, utilizando uma pisseta. Depois, lava-se o sólido
com pequenas porções do solvente.

Figura 4: Apresentação da técnica de filtração


2.1. Destilação simples

Para separar os componentes de uma mistura homogênea líquida faz-se


uma destilação. Esse método é usado para separar um componente volátil. A
separação por destilação baseia-se na diferença entre os pontos de ebulição dos
componentes da mistura.
A destilação não é um processo em equilíbrio, já que continuamente se
retira massa do sistema. Entretanto, se fundamenta nos estados de equilíbrio
líquido-vapor, na temperatura de ebulição, pois somente a fase vapor é retirada do
sistema quando se alcança o “equilíbrio” de ebulição.
A destilação pode ser utilizada para:
•Determinação do ponto de ebulição de líquidos;
• Purificação de misturas homogêneas ou heterogêneas (parcialmente
miscíveis)

A Figura 5 apresenta o esquema da aparelhagem para fazer a destilação.

Figura 5: Aparelhagem para realizar uma destilação simples

Detalhes importantes que devem ser observados na montagem do aparelho


para destilação simples são: a posição do bulbo do termômetro e o modo de
circulação da água no condensador.
Para se efetuar a destilação, faz-se o aquecimento da mistura líquida. È
importante observar que, para se evitar uma ebulição turbulenta, deve-se colocar
pequenos pedaços de porcelana porosa no balão que contém o líquido. Assim que
o ponto de ebulição do componente mais volátil é atingido, vapores desse líquido
saem pelo tubo lateral do balão. Os vapores são condensados nos condensador e
o líquido puro é coletado num recipiente.
3. Procedimento Experimental

3.1. Filtração Simples

Adicione uma espátula de enxofre (S8) sólido a um béquer contendo 20 mL


de água, até obter um sistema heterogêneo. Usando o equipamento, apresentado
na Figura 1, separe o sistema heterogêneo obtido. Para isso, observe a técnica da
filtração apresentada na Figura 4.

3.2. Filtração a vácuo

Prepare uma nova mistura de água e enxofre e em seguida realize uma


filtração a vácuo como está apresentado na Figura 2. Obs.: Pode-se utilizar a
trompa d’água ou a bomba de vácuo.

3.3. Destilação simples

Monte a aparelhagem para realizar uma destilação simples e separe


usando está técnica os componentes da mistura homogênea que lhe será
entregue. Utilize a aparelhagem apresentada na Figura 5.
Observe atentamente os seguintes ítens:
1-Todas as peças da aparelhagem de destilação simples devem ser fixadas
firmemente.
2-O balão, o condensador e o recipiente devem ser montados independentemente
com tantas garras quantas forem necessárias.
3-O balão deve conter, no máximo, um volume de líquido correspondente a
metade da sua capacidade.
4-A saída para a água na parte superior do condensador deve estar acima da
camisa para assegurar que o condensador fique cheio de água.
5-Para transferir a mistura homogênea para o balão de destilação utilize um funil
cuja haste se prolongue até abaixo do tubo lateral.
6-Coloque pequenos pedaços de porcelana porosa para evitar uma ebulição
turbulenta.
7-Coloque o bulbo do termômetro na entrada da saída lateral do balão de
destilação ou um pouco abaixo desta saída lateral.
8-Recolha em um recipiente limpo a substância de menor ponto de ebulição
quando for observado que a temperatura de destilação está constante. O destilado
obtido até este momento deve ser desprezado.

4. Exercícios

1) Pode-se usar o processo de filtração para separar os componentes de uma


mistura homogênea? Explique.
2) Explique a diferença entre separar as fases de uma mistura heterogênea por
filtração simples e por filtração a vácuo?
3) Em um dia de teste prático, o professor da disciplina entrega uma substância
pura (X) para um aluno e pede para ele determinar o ponto de ebulição dessa
substância. O que você sugere para este aluno? Por quê?
4) Para que serve e quando se aplica a destilação?
5) Cite processos industriais que envolvem a técnica de destilação.
6) O termômetro adaptado no aparelho de destilação informa a temperatura de
qual fase? Justifique sua resposta.

5. BIBLIOGRAFIA

1. D’AURIA, J. M., Gilchrist, A. B. e Johnstone, J. J. “Chemistry and the


Enviroment: A Laboratory Experience” . USA: W. B. Saunders Company, 1973. p.
33-39.
2. TELLEFSEN, R.L. et all. “Laboratory Manual Chemistry: experimental
foundation”. New Jersey: Prentice-Hall, Inc., Engleewood Clifs, 1970.p.127-128.
3. FELICISSIMO, A M. P. et. all. ” Experiência de Química: técnica e conceitos
básicos: PEQ-Projetos de Ensino de Química. São Paulo: Ed. Moderna Ed. Da
Universidade de São Paulo, 1979.p.23-25.
4. VIVEIROS, A.V.; MARTINS.; ALVES F.M.; CEDRAZ, J.P.L.; LOBO, S.F. “
Filtração e Destilação”, “ in ” Roteiros de aulas práticas, Qui 134, Instituto de
Química, Departamento de Química Geral e Inorgânica.
5. Elen Romão Sartori, Érica Ferreira Batista, Vagner Bezerra dos Santos e
Orlando Fatibello-Filho, Construção e Aplicação de um Destilador, QUÍMICA
NOVA NA ESCOLA, Vol. 31 N° 1, FEVEREIRO 2009