Sunteți pe pagina 1din 11

c

c
c

c
c
c
c

c
c

c
c
c
c

c
„ 

„ „
 


c

  
c

  


c

 
c

  c   


c


 c

6 6     
c

c
c
c
c
c

c

c
O propulsor deste trabalho é a hipótese de que o termo ³positivismo´ tornou-se um rótulo por
demais utilizado sem que, no entanto, haja uma qualificação ou especificação mais rigorosa do
mesmo. O que se buscou, a partir de então, foi o resgate de apresentações qualificadas de alguns
dos principais caracteres da vertente positivista, sempre com privilégio às idéias de Augusto
Comte.
Trata-se de trabalho substancialmente teórico, em que são utilizados, como textos-base,
consultas em artigos na internet (ver fontes ultima pagina). O objeto é, portanto, uma análise do
³positivismo´, em especial de Comte. Privilegiou-se, propositadamente, seus argumentos que
possuem uma interface com as questões envolvendo ciência, filosofia e metodologia.
O trabalho é dividido em três partes: na primeira e´abordada à definição do positivismo
metodológico, na segunda, as características e, na terceira a reação e as correntes positivistas.
Por fim uma breve conclusão do trabalho e a bibliografia/ fontes das pesquisas.

c
c
c

  c

Auguste Comte: um dos principais representantes do


pensamento positivista

Positivismo é um rótulo novo, para uma nova fase de desenvolvimento do empirismo.


Nasceu o nome em 1830 na Escola do socialista utópico Saint-Simon (1760-1825), e
ganhou fortuna com Augusto Comte, o pensador protótipo do movimento, sobretudo na
França. Derivado do latim   (= posto, o que está posto diante, situado), significa
descritivamente o que se observa, ou experimenta.

É uma corrente ou escola filosófica que afirma que o único conhecimento somente pode
surgir da afirmação positiva das teorias, através do método científico. O positivismo
deriva da epistemologia que surge na França no inicio de século XIX.

Segundo o Frances Auguste Comte e o britânico John Stuart Mill todas as atividades
filosóficas e cientificas deve efetuar unicamente analise dos fatos reais, verificados pela
experiência.

John Stuart Mill

 !"!c#c#$!%!& '(c%)*

c
c
c
c

   cc

O método geral do positivismo de Auguste Comte consiste na observação dos


fenômenos, subordinando a imaginação à observação (ou seja: mantém-se a
imaginação), mas há outras características igualmente importantes. Na obra Apelo aos
conservadores (1855), Comte definiu a palavra "positivo" com sete acepções: real, útil,
certo, preciso, relativo, orgânico e simpático. Duas características são hoje reconhecidas
por todos: a visão de conjunto, ou o holismo ("orgânico"), e o relativo (embora haja
uma curiosa e extremamente difundida versão que afirma que o Positivismo nega tanto
a visão de conjunto quanto o relativismo). Mas, além disso, o "simpático" implica
afirmar que as concepções e ações humanas são modificadas pelos afetos das pessoas
(individuais e coletivos); mais do que isso, em diversas obras Augusto Comte indicou
como a subjetividade é um traço característico e fundamental do ser humano, que deve
ser respeitado e desenvolvido.

A idéia-chave do Positivismo comtiano é a Lei dos Três Estados, de acordo com a qual
o homem passou e passa por três estágios em suas concepções, isto é, na forma de
conceber as suas idéias:

Teológico: o ser humano explica a realidade apelando para entidades supranaturais (os
"deuses"), buscando responder a questões como "de onde viemos" e "para onde vamos";
além disso, busca-se o absoluto;

Metafísico: é uma espécie de meio-termo entre a teologia e a positividade. No lugar dos


deuses há entidades abstratas para explicar a realidade: "o éter", "o povo" etc. Continua-
se a procurar responder a questões como "de onde viemos" e "para onde vamos" e
procurando o absoluto;

Estado cientifico ou positivo: é a definitiva. O conhecimento baseia-se na observação e


a experiência, e expressa-se com o recurso da matemática. Procura-se o conhecimento
das leis da natureza para seu domínio técnico.

c
c
c

 c

Como reação à epistemologia positivista, surge, principalmente na Alemanha, a


epistemologia hermenêutica. Entre as críticas que se lhe fazem ao positivismo está à
incapacidade que possui o método das ciências físico-naturais para conhecer seus
objetos de estudo (a sociedade, o homem, a cultura), os quais possuiriam propriedades
como a intencionalidade, o auto-reflexividade a criação de significado, que seriam
deixados de lado pela epistemologia positivista. A sua vez, dentro da hermenêutica,
caberia uma crítica à busca de leis gerais e universais, pois deixa de lado
necessariamente os elementos que não podem ser generalizados. Assim, alguns
hermeneutas defendem um conhecimento ideográfico (de conhecimentos mais precisos,
mas menos generalizables), que um nomotético (de leis gerais). Finalmente, desde a
hermenêutica, propôs-se a necessidade de conhecer as causas internas dos fenômenos,
questão que se afastava da explicação externa destes. Assim em vez de procurar a
explicação, os hermeneutas procuram o entendimento dos fenômenos.

Durante o século XX, a partir dos estudos de Bertrand Russell e outros, o filósofo
Ludwig Wittgenstein elabora o texto <   
   , que serve de
inspiração para o surgimento do Círculo de Viena, grupo de intelectuais que teve como
objetivo o afastar definitivamente à ciência da metafísica, a partir do desenvolvimento
da lógica de Russell.

c
c
c
c

  c   c

Entre as correntes positivistas pode-se mencionar ao positivismo ideológico, ao


empiriocriticismo, ao positivismo metodológico ou conceptual ao positivismo analítico,
ao positivismo sociológico, ao positivismo realista e ao neopositivismo (empirismo
lógico ou neopositivismo lógico).

No campo do Direito o denominado positivismo Jurídico ou jus positivismo, não tem


uma relação direta com o positivismo filosófico, senão com o conceito de Direito
positivo (a consideração do Direito como criação do ser humano).

No campo da psicologia pode-se mencionar ao Conductismo ou Psicologia conductista,


como pioneiros na aplicação da metodologia científica ao estudo da conduta humana.
Atualmente na Psicologia convivem múltiplas escolas, muitas das quais se baseiam no
positivismo para o estudo do ser humano. Entre ditas escolas ou enfoques destacam o
Cognitivo-Conductual, o enfoque Sistêmico, ou o recentemente telefonema Psicoterapia
de Terceira Geração (enfoque que sem abandonar o positivismo, incorpora variáveis
mais ideográficas ao estudo do ser humano).

c
c
c
c



O positivismo metodológico tem ao menos uma pressuposição: a aceitação da grande


divisão entre ser e dever, em sua formulação lingüística, como distinção entre descrever,
por um lado, e avaliar/ prescrever, por outro.

O desafio mais importante ao positivismo nos parece constituído, atualmente, não pelo
Jus naturalismo e pelo cognoscitivismo moral, senão por aqueles que o atacam em sua
base epistemológica (em suas raízes empiristas e neopositivistas), pondo em debate a
grande divisão entre ser e dever ser.

Já no Brasil, foram múltiplos os setores em que o Positivismo exerceu influência, como:


na legislação brasileira, nas reformas de ensino, na administração pública, na
magistratura, na imprensa, na literatura e nas artes em geral.

As conquista do movimento como a Abolição, a República, as leis trabalhistas visando


melhorar a vida do proletariado e de sua família, a proteção aos índios, liberdade de
culto, entre outros transformaram a sociedade.

Os adeptos do Positivismo eram homens de alto valor, quer moral, quer intelectual, o
que levava a serem seguidos e admirados.

É certo que os adeptos do Comtismo estavam compostos em diversos graus: positivistas


ortodoxos ou praticantes da Religião da humanidade; positivistas intelectuais e
positivistas que só parcialmente aceitavam princípios e conclusões da filosofia e da
polícia positiva. No entanto, independente do grau a que se rotule este ou aquele, o certo
é que os adeptos realizaram grandes obras, e foram representantes de muitos dos anseios
do povo.

É mister observar a preocupação do Apostolado com o proletariado, sempre buscando


incorporá-los a sociedade com melhores condições financeiras e formação intelectual.

O movimento Positivista no Brasil foi um dos mais importantes, operou grandes


mudanças sociais e políticas, sempre visando o bem dos brasileiros e enaltecendo o
censo de patriotismo.

c
c
c
6 6  c  c

+'',-... ,(%!,'$( !/)&(/01%


,2"&(/01%


,2" c

+'',-,' #%$32( $!&# ! '4 &!5 6 ( #7'(&8 6 % c

+'',-... /#!$'# $!&2/#'!7#'$'!,$! 7# ,#$( "($12(2#7,#/!2! !$


!!)(7)#/(!,$! 7/%$,( 72!7! '4 &!72#71)1 '!7!&'# +'& c

+'',-8/ (% .#/ 3(+!! $!&91# '!%%2#:;92<=

=66 1>c

+'',-,' $/82 $!&2!$ 6


(/($'#/ '$( ?#/( ?2!?! '4 &!c

c
c
c

c
c
c c c 
  c
 c  c   c c c
 c c c  c
c c

c
c