Sunteți pe pagina 1din 44
Apresentação Wireless Garantir a coexistência entre sistemas de automação sem fio Sob a égide da

Apresentação Wireless

Garantir a coexistência entre sistemas de automação sem fio

Sob a égide da ZVEI, o corpo de comércio alemão elétricos e eletrônico, um número de empresas associadas em conjunto investigados problemas de convivência sem fio em torno de aplicações industriais. As medições de centenas de situações de testes práticos e simulados foram realizados no Institut f ¨ ¹ r Automation und Kommunikation (IFAK), Magdeburg, utilizando componentes de automação disponíveis no momento. Os dados destes testes foram então usados como base para avaliar as implicações práticas para os sistemas de rádio que operam no serviço fisicamente adjacentes e sobrepostos situações.

Sistemas sem fio, tais como WLAN ou Bluetooth foram usados em casa e em escritórios por muitos anos. Eles também estão sendo cada vez mais instalados em instalações e sistemas de automação de máquinas. No entanto, os requisitos associados a essas aplicações são muitas vezes mais exigente. Por exemplo, as aplicações podem exigir definidos tempos de resposta com disponibilidade muito alta.

A tendência de usar a faixa de freqüência de 2,4 GHz pode ser observada, uma vez que é ao mesmo

tempo de licença grátis e está disponível em todo o mundo. Além disso, oferece uma alta largura de banda

o alcance suficiente, e não é influenciada pelas fontes de interferência típicas industrial. Tais usos extensa faixa de freqüência significa que não é possível descartar totalmente uma influência mútua dos sistemas sem fio operando em paralelo e proximidade pode conduzir a uma restrição na disponibilidade necessária de sistemas individuais. Wireless recursos deve, portanto, ser cuidadosamente considerados antes da utilização.

e

ser cuidadosamente considerados antes da utilização. e Este artigo oferece orientação para a diferenciação dos

Este artigo oferece orientação para a diferenciação dos sistemas sem fio, o seu comportamento durante a operação em paralelo, e as medidas de gestão da coexistência. Acima de tudo, esperamos demonstrar

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

como é simples para evitar a interferência sem fio comum e organizar sem interferências funcionamento

como é simples para evitar a interferência sem fio comum e organizar sem interferências funcionamento em paralelo

Além disso, a poupança de cabos e conectores, sistemas de rádio baseada em oferecer uma maior mobilidade e flexibilidade, bem como a transmissão sem desgaste em relação aos sistemas de cabo. Estas vantagens do wireless são particularmente evidentes para HMI e onde os sensores e atuadores são usados em componentes móveis de plantas. Por exemplo, algumas tarefas podem ser tratadas com muito mais eficiência usando a rede sem fio para os terminais de aquisição de dados ou AGVs (veículos teleguiados). É claro que cada um desses aplicativos tem diferentes necessidades operacionais. Uma vez que nenhum sistema de rádio sem fio pode satisfazer todos os requisitos simultaneamente, pode ser necessário para operar vários sistemas em paralelo para diferentes tarefas.

A mesma média é usada por todos os sistemas sem fio para transmissão de rádio: o éter eletromagnético que rodeia. Este meio é um recurso limitado, pois apenas determinadas frequências estão disponíveis para transmissão. Coordenado uso deste recurso é, portanto, necessária. O pessoal responsável pela TI e infra-estrutura, logística e sistemas de produção automatizados, portanto, colaborar estreitamente no planejamento de aplicações sem fio. Faz sentido, obter uma visão geral de utilização de frequências, sistemas sem fio e suas características.

As autoridades reguladoras internacionais e nacionais determinarem como o recurso de frequências limitada pode ser usado para transmissão de rádio através de ondas eletromagnéticas (Fig. 1). Eles oferecem um plano de atribuição de frequências na qual as freqüências de licença gratuita e aqueles que requerem uma licença estão definidos. Apenas algumas bandas de frequência são usadas no setor de tecnologia de automação, são apresentados brevemente aqui. (Ver Tabela 1).

são apresentados brevemente aqui. (Ver Tabela 1). ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 |

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

Fig. 1 (acima): faixas de frequências sem licença no espectro eletromagnético ISA Seção Campinas Rua

Fig. 1 (acima): faixas de frequências sem licença no espectro eletromagnético

de frequências sem licença no espectro eletromagnético ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 |

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

Tabela 1: Freqüências utilizadas para a tecnologia de automação sem fio ISM bandas Licença Livre
Tabela 1: Freqüências utilizadas para a tecnologia de automação sem fio ISM bandas Licença Livre

Tabela 1: Freqüências utilizadas para a tecnologia de automação sem fio

ISM bandas Licença Livre

As chamadas bandas ISM (Industrial, Scientific and Medical) tenham sido aprovados pelas autoridades reguladoras para aplicações de rádio. A principal vantagem das bandas ISM em comparação com outras bandas de frequências é que os dispositivos podem ser utilizados sem qualquer restrição ainda mais se forem conformes com as respectivas diretivas legais. A desvantagem é bastante clara: essas bandas de frequência são usadas porque são livres de licenças, e a influência mútua pode resultar de sistemas de

e a influência mútua pode resultar de sistemas de ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

rádio (conhecidos e desconhecidos) que operam nas proximidades. Normalmente as bandas ISM aprovados são de

rádio (conhecidos e desconhecidos) que operam nas proximidades. Normalmente as bandas ISM aprovados são de 433 MHz, 2,4 GHz e 5GHz. Estes são utilizados em redes geograficamente limitadas, tais como WLAN, Bluetooth e ZigBee, por exemplo. Mas, fornos de microondas, os termômetros sem fio, controles remotos e de veículos também utilizam freqüências da banda ISM.

Além disso, a banda de frequências entre 868 e 870MHZ pode ser usado sem licença, potências de saída, largura de banda e ciclo, por vezes, se aplicam a diferentes aplicações, o setor de segurança (sistemas de alarme e sistemas de detecção de incêndios) e automação predial. Sistemas RFID também utilizam frequentemente estas bandas.

Por exemplo, no E.U.A. a faixa de freqüência de 902 a 928MHz está disponível como uma banda ISM para aplicações semelhantes. Uma faixa de freqüência exclusiva entre 1880 e 1900 MHz é reservada para o padrão DECT (Digital Enhanced Cordless Telecommunications), enquanto que no E.U.A., por exemplo, DECT é operado na banda ISM de 2.4GHz (referido como banda alta up banded DECT). A faixa de freqüência de 5.1 a 5.7GHz pode ser usado por licença livre por sistemas WLAN, mas requer técnicas adicionais, tais como seleção de freqüência dinâmica e regulação da potência.

No setor de tecnologia de automação, as freqüências adicionais podem ser usadas após autorização por parte das autoridades reguladoras. Exemplos disso são 448 MHz e 459 MHz, onde as limitações são aplicadas no ciclo. Intervalos de até 10 km podem ser abordados, como resultado da maior potência do transmissor, que é autorizada.

da maior potência do transmissor, que é autorizada. ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 |

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

Técnicas de Media de acesso Uma série de técnicas que apresentam propriedades diferentes é usada

Técnicas de Media de acesso

Uma série de técnicas que apresentam propriedades diferentes é usada para incorporar dados sobre o sinal de rádio. O método utilizado vai depender da interferência do ambiente e da presença de outros sistemas que se sobrepõem.

No caso mais simples, os dados são modulados em uma freqüência fixa. Esta banda de acesso chamada estreito requer apenas uma banda pequena, mas por causa de um transmissor de freqüência fixa é utilizada, o sistema torna-se mais sensíveis às condições de propagação de mutação ou de interferência.

Com a freqüência “Hopping Spread Spectrum” (FHSS), a freqüência do transmissor do lúpulo, de acordo com um padrão conhecido para a interferência do receptor afetam apenas uma parte dos dados transmitidos, de modo que apenas uma pequena parcela tem que ser retransmitidos.

Com o espectro de propagação de seqüência direta (DSSS), a largura de banda necessária para a transmissão de rádio é transmitido através de uma seqüência tão lascar chamado pelo qual o sinal de dados é, simultaneamente, espalhados por uma ampla faixa de freqüências. Esta seqüência de chipping torna a transmissão mais sensível a interferência de banda estreita.

Com o spread spectrum chirp (CSS), a energia de um bit transmitido é distribuída por uma ampla faixa de freqüência varrendo as freqüências de transmissão rápida durante o processo de transmissão para cada bit a ser enviado.

Com a divisão de freqüência ortogonal (OFDM), as propriedades da modulação de banda estreita são usadas para operar vários canais vinculados próximos uns dos outros. Isto permite uma alta taxa de transferência de dados, com a interferência de banda estreita, a taxa de dados total só é reduzida pelo canal transportador afetados pela interferência.

pelo canal transportador afetados pela interferência. ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 |

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

A banda ISM de 2,4 GHz Baseado no desenvolvimento de componentes de rádio barato, mas

A banda ISM de 2,4 GHz

Baseado no desenvolvimento de componentes de rádio barato, mas sofisticado, e dirigido pela casa e nos setores de escritórios, tecnologias de rádio na banda de 2,4 GHz estão fazendo a sua maneira em tecnologia de automação. Estas plantas apresentam muitos padrões diferentes e proprietários. Uma das razões para a atividade interessada nessa freqüência é a sua atribuição em todo o mundo e foram acordadas como uma banda ISM apenas com pequenas variações. Ele também pode entregar uma alta largura de banda. Isto pode traduzir a oferecer tanto uma alta taxa de dados, ou melhora da imunidade às influências de outros sistemas de rádio. Além disso, o espectro de interferência em um ambiente industrial, provenientes, por exemplo: máquinas de solda a arco ou a eletrônica de potência, não se estende até as freqüências de 2.4GHz. Por conseguinte, nenhuma interferência proveniente de tais dispositivos (ver também Fig. 2.).

proveniente de tais dispositivos (ver também Fig. 2.). Fig. 2. Interferência espectros de outros dispositivos
Fig. 2. Interferência espectros de outros dispositivos normalmente encontrados em plantas e instalações industriais
Fig. 2. Interferência espectros de outros dispositivos normalmente encontrados em plantas e instalações
industriais

No entanto, as dificuldades podem ocorrer quando vários sistemas de rádio diferentes sobreposição de

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

frequências. Os sistemas de rádio: as diferenças Tecnologias de rádio encontrou na tecnologia de automação

frequências.

Os sistemas de rádio: as diferenças

Tecnologias de rádio encontrou na tecnologia de automação pode ser diferente no que diz respeito à faixa de freqüência utilizada, a exigência de largura de banda, eo número de canais, entre outras funcionalidades. Tanto quanto os usuários estão em causa, a taxa de dados em tempo de ciclo, o número máximo de nós da rede, eo desempenho convivência também são importantes para a escolha de uma tecnologia. Ao escolher um sistema de rádio na faixa de 2,4 GHz, o pedido deve ser inicialmente classificado, a fim de garantir o funcionamento em paralelo com sistemas que já existem.

A transmissão de dados de segurança (por exemplo, paragem de emergência) impõe requisitos máximos em relação à falha de segurança e fiabilidade;

Controles em malha fechada e também o controle de máquinas, principalmente impor novas exigências de tempo de resposta;

Se os dados apenas para visualização ou gravação é transmitida, este é menos tempo crítico, mas pode exigir uma alta taxa de dados.

A qualidade do canal de comunicação de rádio em um ambiente industrial está sujeita a variações

intensas. As linhas de visada, frequentemente, não existem por causa dos obstáculos (às vezes em movimento) entre as unidades de rádio. Múltiplos caminhos, reflexão das superfícies resulta em

superposição de ondas de rádio e, portanto, muito variável a intensidade do sinal recebido. Os sistemas de rádio concebido para utilização em tais condições, portanto, exigem tecnologias adequadas para o acesso

à mídia.

exigem tecnologias adequadas para o acesso à mídia. Comparativamente zonas de grande comunicação podem ser

Comparativamente zonas de grande comunicação podem ser exigidas em grandes instalações. Assim, as redes sem fio com vários nós de rádio, cada um operando em uma transmissão de potência relativamente

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

baixa, são usadas em vez de a execução de um único nó na potência alta.

baixa, são usadas em vez de a execução de um único nó na potência alta. Em automação de processos, por exemplo, menos os dados do sensor de tempo crítico podem ser transmitidos via rádio nós várias vezes para o receptor do controle. A gestão da rede, em seguida, não só apóia a simples transmissão de dados, mas também a busca de caminhos alternativos de transmissão dentro da rede (denominado de roteamento).

Além disso, a potência do transmissor de saída, sensibilidade do receptor e as condições do ambiente, a

gama de comunicação de um sistema de rádio é também dependente das antenas usadas com o sistema.

De acordo com seu projeto específico, a eficiência em certas direções, pode ser aumentada ou reduzida. Cada tipo de antena tem seu diagrama de diretividade característica. O ganho máximo é normalmente especificado para a direção de sensibilidade máxima. Este ganho da antena é válido tanto para o transmissor e receptor de sentidos. Portanto a orientação das antenas um do outro deve ser observada quando a instalação de um sistema de rádio.

Sistemas sem fio se sobrepõem

Assim como diversos sistemas de rádio do mesmo tipo ou diferentes são utilizados, é possível que eles vão influenciar (talvez negativamente) o outro. Mas exatamente quando e como isso influencia ocorrer em funcionamento em paralelo? Influência da operação de rádio só pode ocorrer se vários sistemas estão transmitindo (Fig. 3):

no mesmo local;

ao mesmo tempo, e;

na mesma freqüência.

local; • ao mesmo tempo, e; • na mesma freqüência. A causa é, portanto, sempre a

A causa é, portanto, sempre a utilização simultânea de uma frequência, mas os efeitos práticos dependem

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

da imunidade a interferências de rádio dos sistemas wireless envolvidos. Os efeitos de sobreposição espacial

da imunidade a interferências de rádio dos sistemas wireless envolvidos.

Os efeitos de sobreposição espacial e de freqüência depende da seleção da tecnologia utilizada e do planejamento de rádio associadas. Sobreposição em relação ao tempo, depende da aplicação em si. Por exemplo:

•Sobre a freqüência de uso do rádio: Como e com que frequência são enviados telegramas, ciclo ou apenas no evento?

Quanto à duração da freqüência de uso individual: Quanto tempo leva a transmissão de um

telegrama tomar? (Dependerá da taxa de transferência de bits e quantidade de dados

)

Refere-se a uma coexistência de vários sistemas, se a operação é livre de falhas, relevantes para as respectivas aplicações, ainda existem, apesar da sobreposição de um único padrão de comunicação.

da sobreposição de um único padrão de comunicação. Fig. 3. O gráfico mostra os fatores de
da sobreposição de um único padrão de comunicação. Fig. 3. O gráfico mostra os fatores de

Fig. 3. O gráfico mostra os fatores de maior influência dos sistemas de rádio, e define os termos utilizados

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

Efeitos de interferência mútua Quando aplicado à automação de interferência de rádio, principalmente as

Efeitos de interferência mútua

Quando aplicado à automação de interferência de rádio, principalmente as aplicações têm um efeito sobre a transmissão do telegrama atraso: a interferência pode causar uma retenção de até um telegrama até ter sido completa e corretamente transmitida. Este atraso de transmissão é medida em interfaces acessíveis para o usuário, por exemplo, a duração do disparo de um sensor até a disponibilidade do sinal em um fieldbus ou de digitalização de um código de barras até a transferência bem sucedida de uma rede (ver Fig. 4. ).

a transferência bem sucedida de uma rede (ver Fig. 4. ). Fig. 4. O atraso de

Fig. 4. O atraso de transmissão é (e só pode ser), medido em interfaces acessíveis para o usuário

Medição de atraso de transmissão durante um longo período, e uma análise da freqüência atrasos (ver fig. 5), portanto, permite uma rápida avaliação sobre se uma influência rádio está presente, e se essa influência rádio ainda é permitida. O que ainda pode ser considerado admissível depende da aplicação (ver quadro 2, coluna 3). O atraso de transmissão e taxa de erro ou perda de frame deve ser inferior a um valor máximo tolerável (Ver barra vermelha na Fig. 5.).

um valor máximo tolerável (Ver barra vermelha na Fig. 5.). ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano,

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

Fig. 5. Exemplo de tempo de resposta do sistema sem (em cima) e com interferência

Fig. 5. Exemplo de tempo de resposta do sistema sem (em cima) e com interferência de rádio (parte inferior)

A taxa de erro de bits é significativamente mais elevada em aplicações sem fio comparado a redes com fio. Portanto, todos os sistemas sem fio usam mecanismos internos de correção de erros e repetição telegrama. Algumas tecnologias inicialmente ouvir o meio rádio e espera com a sua transmissão para um espaço livre, se necessário. As transmissões de rádio, portanto, sempre tem uma resposta certa instabilidade do tempo que por vezes pode ascender a um múltiplo no prazo de transmissão mínima. Pico resultante de influências de rádio é mais ou menos significativas, dependendo da imunidade a

é mais ou menos significativas, dependendo da imunidade a ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

interferências de rádio do sistema considerado. * Para o usuário, a violação do prazo de

interferências de rádio do sistema considerado.

interferências de rádio do sistema considerado. * Para o usuário, a violação do prazo de transmissão

* Para o usuário, a violação do prazo de transmissão máxima é equivalente a uma perda de frame a

informação tornou-se irrelevante, por exemplo. ** Controles rápidos com unidade constantes de tempo na faixa de 1 ms não podem ser seguramente abrangidos das tecnologias sem fio pela atual

Tabela 2: As aplicações típicas na fábrica e automação de processos: requisitos de tempo de resposta e as taxas de perda de telegrama

de tempo de resposta e as taxas de perda de telegrama A taxa de perda de

A taxa de perda de transmissão pode ser muito diferente em diversas aplicações (ver quadro 2, coluna 5).

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

Ao utilizar um sistema sem fio para controlar uma máquina, por exemplo, o tempo de

Ao utilizar um sistema sem fio para controlar uma máquina, por exemplo, o tempo de inatividade por violação do limite de atraso não deve ocorrer (taxa de erro muito pequena obrigatório) que, quando a transmissão dos dados medidos por um sensor de vibração ainda é possível tolerar a perda de dados ou ocasionais a violação de um limite de tempo (taxa de erro admissível relativamente alta).

O caminho para a coexistência

As radio frequências devem ser consideradas um recurso escasso e, portanto, usado com cuidado, algo que pode ser conseguido sem grande esforço, através de medidas sensatas. A experiência tem demonstrado que a coordenação de interesses e prioridades nem sempre é realizado numa fase precoce o suficiente, pois os sistemas de rádio não são introduzidos em todos os lugares ao mesmo tempo, devido à disponibilidade de várias soluções diferentes para aplicações específicas. Profissionais que tem uma participação no projeto utilizando a tecnologia de rádio deveriam participar no planejamento, numa fase suficientemente precoce para que os interesses individuais possam ser considerados para os diversos departamentos de uma empresa. Além disso, o termo "sem fio" é muitas vezes considerado pelos departamentos de TI ou outros grupos de utilizadores a ser equivalente ao padrão de escritório conexões de rede e transmissão de dados sem fios, o que às vezes resulta em problemas de compreensão. Só se esses aspectos são levados em consideração a possível gestão da coexistência real dos sistemas de rádio ser realizado.

Gestão da coexistência principalmente compreende as seguintes etapas:

1. O registro de todas as aplicações de rádio em todos os departamentos da empresa de acordo com os seguintes critérios:

• Onde está a cada sistema de rádio usado e em que faixa de freqüência
• Onde está a cada sistema de rádio usado e em que faixa de freqüência pode não funcionar?;
• Quem é responsável?;

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

• Qual é a aplicação exata?; • Como é que o rádio espectro usado no

Qual é a aplicação exata?;

Como é que o rádio espectro usado no tempo?

2. Avaliação da situação de coexistência de liderança para.

3. Minimização das influências de rádio (se tal for considerado necessário).

4. Verificação contínua de instalação a seguir para mudanças operacionais entre usuários (controle regular

para o cumprimento dos requisitos da gestão de frequências, etc.)

Estas medidas, em particular a minimização das influências de rádio, devem ser realizadas com o apoio de um especialista. O processo de minimização será considerado em mais detalhes. O objetivo é dissociar a sistemas sem fio, pelo menos, um dos setores localização, freqüência ou tempo para que a operação desejada dos sistemas envolvidos seja garantida.

O processo de minimização

Dissociação espacial. A potência de transmissão de um sistema sem fio determina a cobertura espacial da célula de rádio desde a intensidade do sinal recebido em um dado ponto é (geralmente) inversamente proporcional ao cubo da distância entre a antena do transmissor. Por isso a banda de freqüência como um recurso pode ser usado novamente por outros sistemas, a uma distância segura, mas isso depende da sensibilidade do receptor dos sistemas de rádio em questão. A potência de transmissão deve ser definida tão pequena quanto possível para permitir a reutilização das bandas de frequência.

Receptor com resultado de maior sensibilidade na expansão da gama de aplicações, mas também, simultaneamente, aumentar o potencial de ser influenciado por outros sistemas sem fio. A cobertura espacial pode ainda ser influenciada pela seleção das antenas. As antenas estão disponíveis com várias características direcionais e os ganhos de antena associado. Otimização dos sistemas sem fio também

antena associado. Otimização dos sistemas sem fio também ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 |

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

pode ser alcançada através de um posicionamento adequado das antenas. Os usuários podem normalmente prever

pode ser alcançada através de um posicionamento adequado das antenas.

Os usuários podem normalmente prever o campo de rádio utilizando ferramentas de planejamento, por exemplo, para os sistemas WLAN ou Bluetooth. Isso inclui a definição de potência de transmissão, a seleção, localização e orientação das antenas, entre outros fatores.

A Figura 6 mostra um exemplo de planejamento de rádio propagação em que as células de rádio 1-3 têm sido atribuídos a cada um diferente, faixa de freqüência não se sobrepõem a C. A célula Radio 4 está localizado suficientemente longe da célula de rádio como um rádio de pilha que 4 pode usar A banda de frequências, sem influenciar novamente uma célula de rádio.

sem influenciar novamente uma célula de rádio. Fig. 6. Exemplo de planejamento de rádio propagação de

Fig. 6. Exemplo de planejamento de rádio propagação de campo com a dissociação das células espaciais diversas rádios e com a reutilização de freqüências de rádio

rádios e com a reutilização de freqüências de rádio Dissociação de freqüência A ocupação de freqüência

Dissociação de freqüência

A ocupação de freqüência de um sistema é definido pela tecnologia de rádio escolhidas e suas

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

configurações. A diferenciação básica é feita entre os sistemas de freqüência fixa, em que uma

configurações. A diferenciação básica é feita entre os sistemas de freqüência fixa, em que uma banda de frequências é atribuída pela configuração específica (por exemplo, WLAN) e sistemas de freqüência variável (por exemplo, Bluetooth), que ocupam uniformemente vários canais da banda de frequências disponível total por meio de sequências de hopping. Ambos os tipos de ocupação de freqüência para facilitar a dissociação no domínio da freqüência: sistemas de rádio freqüência fixa permanecem separados apenas por processos exclusivamente reservando uma faixa de freqüência para cada sistema (ver Fig. 7.). Sistemas de rádio freqüência variável não exigem reserva exclusiva. Eles devem definitivamente mudar a freqüência com diferentes padrões hopping para que, no caso de uma colisão, a transmissão é repetida em uma frequência diferente.

a transmissão é repetida em uma frequência diferente. Fig. 7. Freqüência dissociação com diferentes faixas de

Fig. 7. Freqüência dissociação com diferentes faixas de freqüência para os sistemas de rádio freqüência fixa

A fim de separar os sistemas de freqüência fixa e variável de rádio que operem no mesmo local, os sistemas de freqüência variável podem trabalhar com uma lista negra chamada, ou seja, evitar as freqüências que são utilizadas pelos sistemas de freqüência fixa. As medições mostraram que a geração de tal lista negra um para aplicações de automação não deve ser efetuada de forma autônoma pelo sistema de rádio em si, mas deve ser planejada. Mecanismos automáticos podem muitas vezes só

planejada. Mecanismos automáticos podem muitas vezes só ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 |

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

reconhecerem outros faixas de frequência se estas transmitem com repetição e por um período longo

reconhecerem outros faixas de frequência se estas transmitem com repetição e por um período longo o suficiente o que não ocorre necessariamente no caso de aplicações típicas de automação industrial. Por exemplo: Bluetooth só reconhece outros sistemas de rádio, se estes enviarem um sinal em um canal de rádio, ajustado para 10% da banda.

Limitações dos receptores também deve ser observado que, em alguns casos pode não ser capaz de suprimir freqüências adjacentes suficientemente forte.

de suprimir freqüências adjacentes suficientemente forte. Fig. 8. Exemplo de lista negra: um sistema Bluetooth deixa

Fig. 8. Exemplo de lista negra: um sistema Bluetooth deixa espaço para vários canais de WLAN

A Figura 8 mostra um exemplo na faixa de 2,4 GHz usada por um sistema Bluetooth. A lista negra foi

transferida para o sistema, fazendo com que as bandas de frequência de três sistemas WLAN (nos canais

1, 6 e 11) para ser ignorado, deixando 'disponível lacunas "para o uso. Como resultado do grande número

lacunas "para o uso. Como resultado do grande número de componentes sem fio e aplicações possíveis

de componentes sem fio e aplicações possíveis na banda de 2,4 GHz, este é um recurso muito valioso.

Enquanto a banda é relativamente grande, é finito. Para conseguir a dissociação adequado para um sistema, pode ser aconselhável a utilização da banda de 5GHz, como alternativa, especialmente para

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

aplicações de geração de grandes quantidades de dados ou os ciclos de alta. A banda

aplicações de geração de grandes quantidades de dados ou os ciclos de alta. A banda de 5GHz, que em

alguns países tem uma largura de banda muitas vezes do que 2,4, não é muito usada no momento.

Dissociação com base tempo. Se o sistema de rádio diferente usa as mesmas frequências no mesmo local, podem, no entanto, cumprir todas as suas tarefas, de forma confiável. Isso é possível se o tempo de utilização do espectro de ocupação por todos os sistemas é baixo e se os mecanismos de correção de erro adequado são usados. Os dados podem ser transmitidos por um sistema de pausas durante a transmissão ocorre em outros sistemas. O uso do tempo de ocupação do espectro é geralmente definida pela aplicação, por exemplo, pelo número de transmissões de dados por unidade de tempo ou o intervalo entre dois inativos pacotes de dados.

WLAN

WLAN é um padrão de rádio em conformidade com o IEEE 802.11, o padrão onipresente das rede sem fio. WLAN é caracterizada pela alta taxa de dados, suporte para um grande número de nós da rede e link

gama média. Pode oferta limitada de roaming entre pontos de acesso para nós móveis. As frequências utilizadas nas bandas ISM sem licença também são definidos no sub-padrões. IEEE 802.11b g e utilizar três canais não sobrepostos com uma largura de banda de 22 MHz cada, na banda de 2,4 GHz com taxas brutas de dados de 11 e 54 Mbps, respectivamente. IEEE 802.11h não se sobrepõem usa 19 canais com uma largura de banda de 22 MHz cada um na banda de 5GHz, também, com uma taxa bruta de dados de 54Mbps. WLAN oferece a segurança dos dados durante a transmissão de rádio, fornecendo autenticação

e criptografia (WPA2, AES, etc.)

Bluetooth

A tecnologia de rádio Bluetooth é padronizada de acordo com o IEEE 802.15.1. O Bluetooth SIG (Special

Interest Group) define os perfis de aplicação, tais como a transmissão de voz, etc O Serial Port Profile (SPP) e Personal Area Network (PAN) perfis de aplicação para a transmissão Ethernet transparentes podem ser utilizados para o controle industrial e as tarefas de parametrização. A tecnologia possui dois sistemas de autenticação e criptografia. A taxa de dados da rede de cerca de 700kbps é suficiente para estas aplicações de automação. A Bluetooth utiliza uma frequência adaptativa hopping spread spectrum (FHSS) A tecnologia de frequência com 1600 saltos por segundo para um máximo de 79 canais com uma largura de banda de 1MHz cada, o que permite que vários sistemas irão operar em paralelo. FHSS é uma tecnologia particularmente robusto para uso industrial, já que pode lidar bem com efeitos como a propagação múltiplos caminhos.

bem com efeitos como a propagação múltiplos caminhos. ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 |

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

Wisa Wisa (Wireless Interface para sensores e atuadores) foi concebido de propriedade [por gigantes de

Wisa

Wisa (Wireless Interface para sensores e atuadores) foi concebido de propriedade [por gigantes de automação ABB Ed] para uso local em malhas de controle de automação de fábrica. Ele usa o Bluetooth camada física do padrão IEEE 802.15.1 (79 freqüências de salto com uma largura de banda de 1MHz). Wisa usa FHSS com um prazo de 2ms optimizado para WLAN e ZigBee, e também um salto grande largura mínima para hop confiável fora das faixas de frequências que são já usados ou com defeito. Até 120 participantes possam se comunicar dentro do prazo de 2ms, sem sobreposição de tempo. Wisa trabalha com uma taxa fixa, transmitir pequena potência de 1MW, a fim de aplicar muitas células pequeno rádio de acesso de um número significativo de participantes de rádio em um salão da fábrica. Características da Wisa são baixo consumo de energia e uma resposta robusta e bastante determinista, independente do número de participantes.

WirelessHART

WirelessHART é a expansão do padrão HART para comunicação sem fio, e foi especialmente desenvolvido para o monitoramento, diagnóstico e controle lento na automação do processo [principalmente chumbo por Emerson Process - Ed]. Na camada física, WirelessHART é baseado no padrão IEEE 802.15.4. A fim de cobrir grandes fábricas com um pequeno número de pontos de acesso, os participantes da rede aWirelessHART tem uma funcionalidade de roteamento: os dados dos outros participantes é transmitido em rede. Isso resulta em caminhos alternativos de dados para que não ocorram perdas de dados, mesmo com interferências de rádio local. Todos os aspectos da rede mesh são controlados por um software especial, o gerente da rede. Por exemplo, a ocupação da frequência e do calendário são controladas tais informações que podem ser trocadas entre os participantes, simultaneamente por caminhos diferentes.

ZigBee

ZigBee suporta o desenho da malha de cobertura ampla e topologias de estrela. Tem baixo de transferência de dados, mas também o consumo de energia baixa, boa segurança e disponibilidade. ZigBee é baseado no padrão IEEE 802.15.4. No que diz respeito ao consumo de energia nos sensores autónomos podem alcançar tempos de funcionamento de até vários anos sem substituição da bateria. Embora a ZigBee Alliance aborda o setor de automação completa, a norma é essencialmente dirigido para o setor de casa e automação predial. Ele foi projetado para uma taxa de dados bruta de 250KBPS na faixa de 2,4 GHz; outros canais com menores taxas de transferência de dados estão disponíveis em outras bandas. Desenvolvimento de uma camada de aplicação que implementa ZigBee endereçamento IP padrão está em desenvolvimento.

ZigBee endereçamento IP padrão está em desenvolvimento. ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 |

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

MeshScape MeshScape é baseado no padrão IEEE 802.15.4, completada por um protocolo de rede para

MeshScape

MeshScape é baseado no padrão IEEE 802.15.4, completada por um protocolo de rede para a topologia mesh, redes de auto-organização que essencialmente característica alta confiabilidade na transmissão de dados em ambas as direções, assim como tolerância a falhas [rede de malha de propriedade do E.U. Net Milennial partida envolvendo automação principal parceiro Festo] Ed. A tecnologia oferece uma alta eficiência energética e uma longa vida útil da bateria para routers, e também o que permite escalabilidade de redes com cem ou mais nós. MeshScape oferece transmissão de eventos desencadeada de pequenos pacotes de dados que vão desde vários bits de até várias dezenas de bytes com um atraso que se estende desde milissegundos até alguns segundos, dependendo do tamanho da rede. É especialmente adequado para aplicações de automação de processos, bem como para monitoramento e diagnóstico de fábrica e automatização de processos.

nanoLOC

A tecnologia nanoLOC cujo acesso à mídia é padronizada como IEEE 802.15.4a pode ser usada para

projetar conexões ponto a ponto, bem como redes [tecnologia proprietária da empresa alemã Nanotron

com parceiro industrial Danfoss Ed]. O sistema de ponto de venda exclusivo é Chirp Spread Spectrum

(CSS), a tecnologia de modulação. O sinal transmitido é executado através de uma faixa de freqüência

selecionáveis com uma largura de banda de 22 MHz (sete canais sobrepostos) ou 80MHz (um canal) para

cada bit transmitido em um tempo definido de 1µs. A duração do símbolo e da gama de frequência varrida

pelo sinal transmitido determinar a robustez de transmissão, por exemplo, com uma propagação multipath.

Isso permite alta disponibilidade e escala em ambientes difíceis, sem linha de visada direta. A taxa bruta

de transferência de dados entre 250KBPS e 2Mbps, dependendo do modo de funcionamento. As

propriedades do sinal CSS permitir a fixação de tempo de execução com base na distância entre os nós

do rádio e sua localização. O princípio da aplicação prevista diz respeito à localização de bens e

localização automática.

à localização de bens e localização automática. ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 |

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

Espectro de ocupação do tempo também depende diretamente da taxa de dados do sistema utilizado.

Espectro de ocupação do tempo também depende diretamente da taxa de dados do sistema utilizado. Se

a taxa de dados de um sistema é maior, menos tempo é necessário para transmitir um pacote de dados para um sistema com uma menor taxa de dados.

Se o ciclo de transmissão de dados típica para o controle de uma planta é analisada, pode-se observar que o meio rádio é apenas levemente carregado por um sistema individual, e que a capacidade está disponível para sistemas de rádio mais. Os sistemas sem fio em aplicações industriais freqüentemente têm uma ocupação de tempo reduzido. Por exemplo, um sistema só pode transmitir dados durante um evento específico, como provocou a transmissão do status de sensores ou para a conexão sem fio de scanners para a logística.

A maioria dos aplicativos atuais é bastante flexível em suas exigências de tempo de resposta. Os valores

aceitáveis podem ser significativamente mais do que 100ms, semelhante ao tempo de resposta para a transmissão de dados simples, associados a uma rede de TI. Com esse sistema, a linha de ação é evitar interrupções, longas interferências ou relativamente curtas.

No entanto, nem todas as aplicações industriais, tais requisitos de tempo complacente ou ciclos curtos. Por exemplo, a troca rápida de dados entre um controlador central e distribuído módulos I / O podem exigir um tempo de resposta na faixa de milissegundos único, mas ainda pode apresentar um ciclo de baixa, em média. Por outro lado, a transmissão, o vídeo de uma câmera pode ocupar o meio rádio para quase todo o tempo, e é também momento crítico.

para quase todo o tempo, e é também momento crítico. Para permitir uma melhor compreensão, a

Para permitir uma melhor compreensão, a visão tridimensional na fig. 9 esclarece a relação entre a força do sinal ou de potência de transmissão, de utilização de frequências e de comportamento dependente do tempo. Ele mostra a ocupação da faixa de 2,4 GHz, com um número típico de sistemas sem fio em

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

funcionamento em paralelo. Os volumes de telegramas são mostrados em cores diferentes e representam o

funcionamento em paralelo. Os volumes de telegramas são mostrados em cores diferentes e representam o uso real dos recursos de rádio de várias tecnologias wireless, ilustrando o conceito de «utilização do espectro de freqüência e tempo".

Tempo de dissociação de diversos sistemas de rádio com mais de um aplicativo de tempo crítico é difícil avaliar sem conhecimentos especializados, principalmente se um dos sistemas de rádio tem uma baixa imunidade a interferências. Um especialista deve ser consultado nesse caso.

Um especialista deve ser consultado nesse caso. Tradução : Fig. 9. Visão esquemática do espectro em
Um especialista deve ser consultado nesse caso. Tradução : Fig. 9. Visão esquemática do espectro em

Tradução: Fig. 9. Visão esquemática do espectro em um local que diz respeito à transmissão de potência,

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

frequência e tempo típico para sistemas sem fio em aplicações de automação. Resumindo coexistência Embora

frequência e tempo típico para sistemas sem fio em aplicações de automação.

Resumindo coexistência

Embora as declarações sobre a coexistência devem ser sempre consideradas em conjunto com as aplicações específicas, o seguinte pode ser derivada a partir da prática e da medição:

As influências de rádio dos sistemas estudados são baixas em aplicações industriais típicas, uma vez que os telegramas de dados são normalmente muito curtos, em aplicações de automação e também ocorrer escalonada no tempo.

Gestão da coexistência deve ser realizada com o auxílio de um perito em caso de funcionamento em paralelo de diferentes sistemas com mais de um tempo de aplicação crítica.

O procedimento a seguir pode ser recomendada: a planificação de transmissão de rádio geralmente devem ser realizadas na fase de planeamento e configuração. Mesmo nesta fase inicial, o posicionamento e selecção de antenas, e atribuição de frequências têm uma influência sobre a integração mais tarde em uma fábrica já existente.

No entanto, se a sobreposição espacial e de freqüência são um fato da vida, é necessário considerar a utilização do tempo e características de freqüência de sistemas individuais bem como os requisitos de confiabilidade das aplicações.

Se os sistemas sem fio com baixa imunidade a interferências são utilizados em aplicações de tempo crítico, todos os sistemas associados devem ser verificados para garantir a coexistência. Se é impossível separar esses sistemas espaciais ou nas bandas de frequências, consultoria especializada será necessário.

frequências, consultoria especializada será necessário. ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 |

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

Perspectivas experiência positiva com as tecnologias sem fio conduzirá a posterior distribuição e instalação de

Perspectivas experiência positiva com as tecnologias sem fio conduzirá a posterior distribuição e instalação de sistemas de rádio. gestão da coexistência, assim, continuar a ser uma condição prévia para a operação de sistemas bem sucedidos. Enquanto isso, fabricantes de sistemas sem fio industrial continuará trabalhando em melhorias para imunidade a interferências. Novas tecnologias também serão adicionados conforme o tempo passa, e estes são susceptíveis de conduzir a demanda ainda maior do espectro em vez de conduzir a uma redução no potencial de interferência.

novas bandas de frequências libertado pelas autoridades reguladoras poderiam, no futuro, ser mais largura de banda. No entanto, também pode-se esperar que estas serão cada vez mais utilizado e que a situação atual, a convivência permanecerá independente. gestão da coexistência Portanto é sempre vai ser de primordial importância para os operadores do sistema.

Coexistência é possível através da dissociação em pelo menos um dos sectores a localização, freqüência

e tempo:

dissociação espacial

• Adaptação da potência de transmissão

• Seleção da antena

• posicionamento e orientação da antena

• Dissociação no domínio da freqüência • Selecção de canal
• Dissociação no domínio da freqüência
• Selecção de canal

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

• Lista Negra de faixas de frequências ou canais Minimização de utilização de frequências ao

Lista Negra de faixas de frequências ou canais

Minimização de utilização de frequências ao longo do tempo

Carga média de todos os sistemas individuais tão baixo quanto possível

FAQ sobre a coexistência Pode a coexistência de soluções de rádio industrial ser configurado?

"Vários parâmetros para a coexistência de soluções de rádio podem ser apoiadas, dependendo do fabricante e da solução de rádio. Parâmetros típicos incluem a transmissão de energia, o canal, o procedimento de acesso ou lista negra. Faz um indicador de convivência existe?

"A coexistência não é propriedade de um sistema de rádio, mas um estado no qual os diferentes sistemas wireless correto cumprimento das suas funções, apesar da existência de outras aplicações de rádio (de acordo com orientação VDI 2185) e influências. Um indicador específico ou um simples valor medido sob a forma de um número, não está disponível.

Será que o tipo ou a orientação da antena desempenhar um papel?

"Seleção da antena influencia a propagação local e recepção de sinais de rádio. Fabricantes Antena fornecer diagramas que descrevem a intensidade do sinal de radiação de uma antena em espaço livre. Para conseguir uma conexão melhor, todas as antenas devem ser usadas com diretividade ótima e têm a mesma orientação. Note-se que a gama de interferência pode ser muitas vezes a área operacional.

de interferência pode ser muitas vezes a área operacional. Quem avalia a convivência? "Diretriz VDI 2185

Quem avalia a convivência? "Diretriz VDI 2185 sugere que, além da introdução da gestão de convivência, que um representante

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

nomeado frequência" deve ser responsável pela avaliação do ambiente de aplicação. Do típico dos processos

nomeado frequência" deve ser responsável pela avaliação do ambiente de aplicação.

Do típico dos processos industriais e dispositivos de transmissão de rádio influência? "Amplamente utilizados dispositivos como motores e conversores de potência normalmente não têm influência. Dependendo da solução sem fio usado, algumas aplicações industriais, tais como aquecimento de microondas (2,45 GHz) ou soldagem a arco (até 1 GHz) pode causar interferência em sistemas sem fio. O rádio fabricante do sistema deve ser capaz de oferecer informações sobre as fontes potenciais interferências e sugerir as medidas adequadas para

Como a convivência pode ser garantida de forma permanente?

"Para garantir a coexistência de soluções de rádio, é aconselhável organizar e monitorar todos os sistemas operacionais de rádio em um programa contínuo.

Porque é que a coexistência um tópico para a indústria, mas não para casa?

"Coexistência é realmente um assunto onde vários sistemas de rádio são utilizados. Entretanto, o rádio industrial é normalmente sujeitos às exigências disponibilidade significativamente maior do que as aplicações no setor privado. Portanto convivência em ambientes industriais é de maior importância.

WLAN é perturbado por empresa de rádio em tecnologia de automação?

"WLAN é bom para usar ao lado de componentes de automação de rádio atual, enquanto o sistema de automação não exige tempo crítico (ms) de dependência. A WLAN empresarial devem ser tidos em conta na gestão da coexistência.

devem ser tidos em conta na gestão da coexistência. Os telefones móveis, laptops, walkie-talkies, as unidades

Os telefones móveis, laptops, walkie-talkies, as unidades de mãos-livres ou equipamentos de medição ser

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

levados para salas com soluções de automação sem fio? Se os pedidos industriais na faixa

levados para salas com soluções de automação sem fio?

Se os pedidos industriais na faixa ISM de 2,4 GHz são utilizadas, é desaconselhável a utilização de telefones celulares, laptops, PDAs, etc As influências desses potenciais fontes de RF em soluções industriais existentes nem sempre pode ser previsto.

É um celular padrão uma fonte potencial de interferência?

"Os celular têm suas freqüências próprias e não deve interferir com as aplicações de automação. Entretanto funções Bluetooth e WLAN em telefones celulares devem ser desativado. Qual deve ser o papel da empresa departamento de TI?

"O departamento de TI deve fazer parte do processo de gestão da coexistência se opera sistemas de rádio nas proximidades da fábrica sem fio.

A luta pelo espaço de espectro

A utilização efetiva do espectro de freqüência e tempo não depende apenas da quantidade de dados para

uma aplicação, mas também sobre o número de sistemas sem fio e tal como acontece com quase todos os sistemas sem fio, o número de participantes em causa. No entanto, a utilização do espectro de freqüência e tempo geralmente aumenta desproporcionalmente acima de certo nível quando o número de

sistemas de rádio e aumenta os participantes. As razões para isto se relacionam com retransmissões resultantes de um aumento do número de colisões, bem como a sobrecarga do protocolo chamado que preâmbulos carga de dados reais.

do protocolo chamado que preâmbulos carga de dados reais. ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

Finalmente. Medições globais feitas sob condições simuladas e fábrica de plantas mostram que funciona sem

Finalmente.

Medições globais feitas sob condições simuladas e fábrica de plantas mostram que funciona sem fio! As seguintes declarações podem ser feitas:

Devido às pequenas quantidades de dados comuns em aplicações de automação, a interferência de rádio é significativamente menor do que se pode esperar é geralmente o caso.

No entanto, para atingir a confiabilidade e disponibilidade necessária, componentes industriais devem ser utilizados que diferem significativamente dos consumidores e equipamentos de escritório.

A coexistência é possível, mas deve ser planejado. Isso sempre depende da aplicação e também pode mudar durante o ciclo de vida de uma planta, por exemplo, através da adição de outros sistemas sem fio.

Planejamento aumentar as necessidades com o número de sistemas sem fio operando em paralelo. Neste contexto, "paralelo" significa: No mesmo local, na mesma freqüência e, ao mesmo tempo.

Em casos difíceis, de gestão da coexistência devem ser realizadas com o auxílio de um especialista, por exemplo, se a interferência de diversos sistemas diferentes, com exigências rígidas de tempo real, mas com baixa imunidade a rádio tem que ser operado em paralelo.

É importante que os recursos finitos para comunicação sem fio sejam usados com consideração e que, para os vários campos onde a tecnologia sem fio é para serem usados, os interesses são equilibradas e priorizado com antecedência.

Referências

equilibradas e priorizado com antecedência. Referências 1. Diretriz VDI / VDE 2185: Rádio de comunicação baseada

1. Diretriz VDI / VDE 2185: Rádio de comunicação baseada na automação industrial. A Sociedade / VDI

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

VDE para medição e controle automático (VDI / VDE Mess und Gesellschaft GMA Automatisierungstechnik); Verlag

VDE para medição e controle automático (VDI / VDE Mess und Gesellschaft GMA Automatisierungstechnik); Verlag Beuth, Setembro de 2007

Editado a partir de coexistência de sistemas sem fio em Tecnologia de Automação: Explicações sobre o funcionamento paralelo de soluções confiáveis de rádio sem fio

ZVEI Divisão de Automação, Frankfurt-a Main, Alemanha www.zvei.org / automação

Projeto ISA 100 e Releases

A ISA como organização mundial na área de Instrumentação e controle vem desenvolvendo um projeto (ISA 100) para normatizar a utilização de tecnologia Wireless em automação e controle de processos

Este projeto irá definir incluindo todas as especificações de segurança e de gestão; para dispositivos sem fio servindo aplicação das classes de 1 a 5 para dispositivos fixos, portáteis e em movimento.

O projeto tem como foco a aplicação e irá abordar as necessidades de desempenho do processo de monitoração e controle com períodos onde tempos da ordem de 100 ms podem ser admitidos opcionalmente por curtos espaços de tempo.

Este projeto irá abordar os requisitos de:

Dispositivos com baixo consumo de energia com a capacidade de ampliação em escala para enfrentar grandes instalações;

ampliação em escala para enfrentar grandes instalações; Com a infra-estrutura sem fio, interfaces com os sistemas

Com a infra-estrutura sem fio, interfaces com os sistemas existentes e aplicações, aspectos de segurança, gestão de rede e requisitos de uma forma de expansão funcional,

Robustez na presença de interferência encontrada em ambientes industriais agressivos e com sistemas

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

legados Coexistência com outros dispositivos sem fio já existentes no espaço industrial e; Questões de

legados

Coexistência com outros dispositivos sem fio já existentes no espaço industrial e;

Questões de interoperabilidade de trabalho dos dispositivos ISA100

HART Fundation esta trabalhando no desenvolvimento de padrões de conexões de sistemas com e sem fio, garantindo a interoperabilidade entre os dispositivos e na integração com os novos dispositivos wireless.

O Comitê da ISA 100 criou um subcomitê para tratar de opções para convergência do padrão ISA que trata das redes de campo das comunicações wireless com padrão HART.

Outras organizações como Fieldbus Fundations com padrão Fieldbus Wireless que adota nível físico do wireless e promove a utilização das camadas de usuários e aplicações da Fiedbus Fundations já possui uma camada de enlace já proposta também pela ISA SP 100

Este questionário esta baseado no roteiro de desenvolvimento de projetos, em estudo pelos comitês da SP 100.

É previsto neste roteiro a inclusão de aspectos de implantação e segurança de redes wireless

• Qual o tipo de industria que você trabalha? o Industria Química, o Refinarias de
• Qual o tipo de industria que você trabalha?
o
Industria Química,
o
Refinarias de Petróleo e Petroquímica,

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

o Industrial de Metalúrgica, o Elétricas, Gás ou Tratamento de Águas, o Empresas de Engenharia,

o

Industrial de Metalúrgica,

o

Elétricas, Gás ou Tratamento de Águas,

o

Empresas de Engenharia, Integradores ou Consultoria,

o

Empresas de Manufatura

o

Industria de Borracha ou Plásticos,

o

Industrias de Vidro, Concreto e Cimento,

o

Industrias de Alimentos e Bebidas,

o

Industrias de Papel e Celulose,

o

Outras.

Nota: Ao responder a todas as perguntas procure focalizar em UMA aplicação particular da instrumentação de RF que você gostaria de desenvolver dentro de sua fabrica .

Esta aplicação poderá conter diferentes tipos de sensores ou de atuadores e poderá ser focalizada nas atividades: alarmes, monitorações e/ou controles.

Será mais fácil fechar o projeto se você focalizar em uma ÚNICA aplicação.

Informações sobre sua planta ou aplicação:

Qual o tamanho da sua planta?

4.000 m2

4.000 a 20.000 m2

20.000 a 100.000 m2

• Acima de 100.000 m2 • Outros
Acima de 100.000 m2
Outros

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

Estas plantas são continuas? As áreas são em terreno aberto ou em área fechada ?

Estas plantas são continuas? As áreas são em terreno aberto ou em área fechada ?

Caso contrário, quantas plantas existem em sua fábrica?

Quantos fornecedores estão classificados para fornecer equipamentos ?

01,

02 à 05,

05 à 10,

Outros,especificar

Quanto por cento da fabrica necessitará de cobertura wireless para que esta aplicação seja eficaz

5%

20%

50%

75%

Cobertura de toda a planta

Outros, especificar.

Neste caso, é uma única área da cobertura ou as áreas múltiplas da cobertura que totalizam os % indicados

Uma única área

2 áreas

– 5 áreas – 10 áreas
– 5 áreas
– 10 áreas

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

– Outros, especificar Indique a % dos sensores que serão colocados em área fechada ou

Outros, especificar

Indique a % dos sensores que serão colocados em área fechada ou no interior de uma máquina que possa ser encontrada ao ar livre.

15%

25%

50%

75%

Outros, especificar.

Qual a faixa de temperatura que o sistema wireless estará exposto?

Menor temperatura

Maior temperatura

Existem outros sistemas wireless atualmente em uso na sua planta? Caso positivo, indique quais:

WiFi

Wireless Proprietário

RFI

Zigbee

Outros, por favor especifique

– RFI – Zigbee – Outros, por favor especifique Aproximadamente quantos sistemas convencionais e/ou os

Aproximadamente quantos sistemas convencionais e/ou os dispositivos de controle são usados

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

atualmente dentro da fabrica? • < 10 • < 50 • < 100 • <

atualmente dentro da fabrica?

< 10

< 50

< 100

< 500

< 1000

> 1000

Se outros, especifique

Aproximadamente quantos transmissores ou elementos finais de controle com tecnologia WIRELESS são atualmente usados dentro em sua fabrica?

0

< 10

< 50

< 100

< 500

< 1000

> 1000

Se outros, especifique

Eventualmente as redes wireless se integrarão com redes de fios. Qual será o lugar mais
Eventualmente as redes wireless se integrarão com redes de fios. Qual será o lugar mais provável que
vocês farão a conexão da rede wireless com o sistema de controle da planta?

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

– Cabos de sinais analógicos de 4 a 20 mA – Rede de instrumentos de

Cabos de sinais analógicos de 4 a 20 mA

Rede de instrumentos de campo, qual o protocolo?

Rede IP da planta

No Sistema Supervisório ou DCS

Outros, especifique.

Quais dos seguintes fatores tiveram uma maior influência na sua decisão do uso de rede wireless industrial?

Segurança da rede Wireless

Único Padrão Industrial

Tempo de vida da Bateria

Confiabilidade dos dados

Dificuldade de implantação de rede física

Outros, especificar

Que tipo de aplicação é esta? Verifique o que é aplicável:

Alarme

Monitoração

– Malha aberta de controle – Controle de baixa velocidade (tempo maior que 2 segundos)
– Malha aberta de controle
– Controle de baixa velocidade (tempo maior que 2 segundos)
– Controle de alta velocidade (tempo menor que 2 segundos)

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

– Outros, especificar Quais são as medições mais importantes? – Manuais – Através dos dispositivos

Outros, especificar

Quais são as medições mais importantes?

Manuais

Através dos dispositivos convencionais

Não sendo executado

Outros, especificar.

Quantos dispositivos wireless são requeridos nesta aplicação?

Quantos sensores/atuadores por dispositivo wireless

Aproximadamente quais as distâncias entre os dispositivos wireless a serem instalados:

Distância mínima:

Distância média:

Distância máxima:

Qual a porcentagem dos trajetos ponto a ponto entre os transmissores e as antenas que sofre obstrução?

Não há obstrução

%

Mínima obstrução

%

– Obstrução significativa %
– Obstrução significativa
%

Qual o percentual dos dispositivos wireless com energia conforme indicado?

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

– Alimentação em linha – sinal 4 a 20 mA – Alimentação por bateria Qual

Alimentação em linha

sinal 4 a 20 mA

Alimentação por bateria

Qual o tempo de duração da bateria

Requerido

Meses

Desejado

Meses

Que variáveis estão sendo medidas nesta aplicação?

Qual a velocidade de mudança das variáveis?

Menos de um segundo,

Segundos,

Minutos,

Horas,

Dias,

Outros, especificar.

Quando após a variável medida se alterar, em quanto tempo a partir do inicio da variação você necessita ser notificado, quantifique:

– Menos de um segundo, – Segundos – Minutos
– Menos de um segundo,
– Segundos
– Minutos

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

– Horas – dias – Semanas – Outros, Especificar Quando uma variável é medida você

Horas

dias

Semanas

Outros, Especificar

Quando uma variável é medida você necessita saber o tempo exato em que a medida foi realizada?

Não,

Sim, < 1 segundo,

> que 1 segundo,

1 minutos,

5 minutos,

< 1 hora,

> 1 hora,

outros, especificar.

Aproximadamente quanto dados são transmitidos do sensor/atuador?

< 10 Bytes,

> 10 Bytes,

– < 1 Kbyte, – > 1 Kbyte,
– < 1 Kbyte,
– > 1 Kbyte,

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

– Não sei. Que privacidade de dados (encriptação) é necessária para suas mensagens wireless? Como

Não sei.

Que privacidade de dados (encriptação) é necessária para suas mensagens wireless? Como é importante que as suas mensagens não possam ser lidas por terceiros ou outros sistemas? Se possível forneça a razão em que o sigilo dos dados é requerido.

(em uma escala de 1 a 5: )

Qual é o grau de importância de que os dispositivos sejam autenticados antes que sejam colocados na rede? (em uma escala de 1 a 5).

Se for possível descreva qual a razão dos dispositivo serem autenticados.

Indique o tipo de sistema a que os dados são transmitidos. Informe todas as possibilidades aplicáveis.

Sistema Supervisório / SCADA / SDCD ou DCS,

CLP,

MES - Manufacturing Execution System,

MRP – Manufatoring Resouce Planing

Sistema de Manutenção,

Outros Sistemas Empresariais,

Outros, especifique.

– Outros Sistemas Empresariais, – Outros, especifique. Indique o(s) tipo(s) de protocolos que esta aplicação deve

Indique o(s) tipo(s) de protocolos que esta aplicação deve trabalhar em conjunto. Verifique o quais os protocolos aplicáveis:

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

– Hart – Profibus PA – Profibus DP, – Fieldbus Fundation – Modbus –

Hart

Profibus PA

Profibus DP,

Fieldbus Fundation

Modbus

Devicenet,

Ethernet

Outros, especifique

Referências

1. Diretriz VDI / VDE 2185: Rádio de comunicação baseada na automação industrial. A Sociedade / VDI VDE para medição e controle automático (VDI / VDE Mess und Gesellschaft GMA Automatisierungstechnik); Verlag Beuth, Setembro de 2007

Editado a partir de coexistência de sistemas sem fio em Tecnologia de Automação: Explicações sobre o funcionamento paralelo de soluções confiáveis de rádio sem fio

ZVEI Divisão de Automação, Frankfurt-a Main, Alemanha www.zvei.org / automação

Wireless Communications for Industrial Applications – Cirronet, Inc. Summer 2002

for Industrial Applications – Cirronet, Inc. Summer 2002 Fabrício Braga Soares de Carvalho, Marcelo Sampaio Alencar

Fabrício Braga Soares de Carvalho, Marcelo Sampaio Alencar – 2007

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

Análise da transmissão do canal de retorno do Sistema Brasileiro de TV Digital via Power

Análise da transmissão do canal de retorno do Sistema Brasileiro de TV Digital via

Power Line Communications

Eduardo Prado -2007 – Smart Convergence

Diego Santos Resende, Rogério Coimbra e Ronaldo Neves Ribeiro -

Aplicação Industrial com Sistema Wireless integrado com sistemas: Devicenet, CLP,

SDCD, PIMS e MÊS

ABRAMOWITZ, Jeff. Wireless LAN’s – Poised for Untethered Growth. 2001. Disponível

em: http://www.wlana.org/ Acesso em 16/03/2006.

ARAÚJO, Janaína Ribeiro. Redes de Dados Sem Fio – Características, Tecnologias e

Segurança. 41f. Trabalho de conclusão de Curso (Especialização em Redes de

Telecomunicações) – Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Belo Horizonte, 2001.

DELMEE, Jean Gerard et al. Instrumentação Industrial. Organização de Egídio Alberto

Bega. Rio de Janeiro: Interciência: IBP, 2003.

Alberto Bega. Rio de Janeiro: Interciência: IBP, 2003. Elpro Tecnologies, Características técnicas rádios

Elpro Tecnologies, Características técnicas rádios wireless. 2005. Disponível em:

http://www.elprotech.com/elpro/ Acesso em: 25/11/2005.

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

Marcos Peluso , Diretor de Desenvolvimento de Produtos PlantWeb, Emerson Process Management, Rosemount, Chanhassen, MN,

Marcos Peluso , Diretor de Desenvolvimento de Produtos PlantWeb, Emerson Process Management,

Rosemount, Chanhassen, MN, EUA. – Revista Intech – março 2007

Olha Mamãe, Sem os Fios!

Instrumentos sem Fio nas Plantas de Processo Industrial

Tendências. 41f. Trabalho de conclusão de Curso (Pós Graduação em Redes de

Telecomunicações) – Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Belo Horizonte, 2007.

YOKOGAWA, Apresentação: Sistema Integrado de Informações.2005. Elaborado em: 21/12/2007

The Rotary cement kiln – Kurt E. Peray – Chemical Publishing Co. INC 1986

Marcílio Antonio Viana Pongitori – Atualmente é Diretor da Dynamis Automação Ltda e consultor na Área de Automação e Controle, atuou como engenheiro de aplicação, gerente de projetos e diretor em empresas nacionais e multinacionais como Promon Engenharia, Yokogawa America do Sul Invencys, Chemtech e Siemens participou de projetos de implantação de automação industrial nos diversos segmentos industriais. Formação: Mestrando em Engenharia Mecatrônica - Unicamp, Engenheiro Químico - Universidade Mackenzie e Técnico Nuclear em Controle de Reatores – IPEN. Tem diversos cursos de instrumentação e automação – Atuou como diretor e presidente da ISA Seção São Paulo – Fundador da ISA Seção Campinas e Vice-presidente do Conselho Fiscal da ISA Distrito 4 - .

e Vice-presidente do Conselho Fiscal da ISA Distrito 4 - . ISA Seção Campinas Rua Alexandre

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil
ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil

ISA Seção Campinas Rua Alexandre Herculano, 123 | Taquaral CEP 13075-260 Campinas | SP| Brasil PHONE/FAX : + 55 19 3243-9528 E-MAIL :contato@isacampinas.org.br www.isacampinas.org.br