Sunteți pe pagina 1din 2
PRÁTICA SIMULADA III – PROFa M. Sc. Aline Magna Cardoso Barroso Lima CASO PRÁTICO N.

PRÁTICA SIMULADA III – PROFa M. Sc. Aline Magna Cardoso Barroso Lima

CASO PRÁTICO N. 03

Rito sumaríssimo:

Sidélia Alves, residente em Santa Cruz, prestou serviços domésticos para a Sra. Márcia Regina, de 25.08.2004 até 30.12.2010, data em foi despedida sem justa causa. Resta salientar que os serviços foram prestados na residência da ex- empregadora, localizada na cidade do Rio de Janeiro, e que a remuneração percebida por Sidélia era de R$ 581,88, em observância ao piso regional da categoria no Estado do Rio de Janeiro, além de sua jornada de trabalho ser das 8hs às 17hs com 1h de intervalo para descanso e alimentação, de segunda a sexta feira.

A ex-empregadora anotou a CTPS de Sidélia, sem, no entanto, recolher os depósitos relativos ao FGTS. Quando da despedida, a Sra. Márcia arcou com o pagamento de todas as verbas resilitórias devidas, bem com o pagamento das parcelas contratuais vencidas, de acordo com o recibo de pagamento assinado por Sidélia e confirmado seu recebimento. Cumpre esclarecer, que a ex-empregadora doméstica realizou as contribuições previdenciárias corretamente. Porém, Sidélia alega que, apesar de residir longe do trabalho, nunca recebeu o pagamento do vale-transporte. Assim, por inúmeras vezes requereu tal direito à ex-empregadora sem, no entanto, lograr êxito.

Elabore a peça processual cabível, considerando a data de ajuizamento da ação em

02.02.2011.

Empregados Domésticos:

.1 conceito e normatização: Lei 5859/72 .2 direitos: art. 7º, parágrafo único, CF/88 + Lei 5858/72 + Lei 7418/85 (Vale-Transporte) + Lei 605/49 (feriados)

- O aluno deve seguir o roteiro abaixo na confecção da peça:

1) ENDEREÇAMENTO: local da prestação dos serviços:art. 651 CLT e art.112CRFB/88.

2) QUALIFICAÇÃO COMPLETA: art. 39,I, CPC c/c 44 CPC.

3) NOME DA PEÇA EM DESTAQUE (especificar o rito: exigência da prova da OAB)

4) GRATUIDADE DE JUSTIÇA: art. 790, § 3º, da CLT c/c Lei 1060/50 c/c Lei 5584/70.

5)TUTELA ANTECIPADA/LIMINAR:

-LIMINAR: art. 659, IX (dirigente sindical afastado) e X (transferência abusiva) da CLT- pedir

a nulidade da dispensa e a consequente reintegração ou a indenização substitutiva.

-TUTELA ANTECIPADA – art. 273 CPC c/c art. 769 CLT – para demais estáveis ou com

garantia de emprego; saque de FGTS e entrega das guias do seguro-desemprego.

7)FATOS E FUNDAMENTOS (juntos ou separados): Se fizer separado, os fatos correspondem

a um resumo do que aconteceu e não se cita artigos. Já se for feito junto, fazer um tópico

para cada fato separadamente contando o que houve e qual o direito relacionado. É a

adequação da lei ao caso concreto. É importante, ainda, concluir e dizer o que se pretende (o

pedido). Isso ajuda na hora da formulação dos pedidos propriamente ditos.

PRÁTICA SIMULADA III – PROFa M. Sc. Aline Magna Cardoso Barroso Lima 8)ROL DOS PEDIDOS:

PRÁTICA SIMULADA III – PROFa M. Sc. Aline Magna Cardoso Barroso Lima

8)ROL DOS PEDIDOS:

- Separar por itens, podendo ser utilizados números ou letras.

- Se for sumaríssimo tem que ser líquido (indicar os valores – art. 852 B, CLT)

- Se houver antecipação de tutela ou liminar tem que ser o p rimeiro pedido. (colocar que se assim não entender V.Exa. seja deferida, no mérito, a reintegração, ou a indenização substitutiva, por ex. e, ainda, elaborar abaixo um pedido em ordem sucessiva, pedindo que caso não seja deferida a reintegração nem a indenização substitutiva, que lhe sejam pagas as parcelas decorrentes da extinção contratual) - Se for pedir honorários os fundamentos devem constar como um dos tópicos da fundamentação.

- Pedir a condenação da reclamada e relacionar cada pedido (liminares e de mérito)

9)ENCERRAMENTO: Requerer a notificação do Reclamado (ou requerer seja o reclamado citado por edital se em local incerto e não sabido), para comparecer à audiência para se defender, sob pena de confesso. Protestar pela produção das provas. Valor da causa: se o procedimento for o Ordinário você terá que arbitrar um valor à causa acima de 40 salários- mínimos. Já se for o Sumaríssimo, não se pode arbitrar e o valor da causa corresponderá ao somatório de cada pedido líquido, não podendo ultrapassar 40 salários-mínimos. Pede deferimento. Local, data e assinatura e OAB do advogado.