Sunteți pe pagina 1din 5

SENTIDOS DAS PALAVRAS

Em um texto literário, dependendo do contexto que uma palavra se encontra, o seu significado pode ser real, ou seja, esta pode ter um objetivo comum a todos.

Denotativo/Conotativo

EX: Romeu é cego por isso lê em braile.

Este exemplo mostra o valor denotativo da palavra. Aqui no exemplo a palavra cego.

Mas esta mesma palavra em outro contexto pode ter outro sentido, ou interpretação.

EX: Romeu estava cego de paixão por Julieta.

Neste caso a mesma palavra cego” tem valor conotativo.

ATIVIDADES

01) Indique se as palavras abaixo em destaque estão em sentido denotativo ou conotativo:

a) A raiz desta árvore já está afetando a estrutura da casa.

b) A raiz de todo o mal da humanidade é a falta de amor

c) Ela é uma víbora perigosa, com suas atividades.

d) A víbora é cobra muito perigosa.

FIGURAS DE LINGUAGEM

As figuras de linguagem são recursos usados para dar maior ênfase ou sentido á expressão.O estudo dessas figuras ajuda a entender melhor os recursos utilizados pelos escritores em seus textos.Veja algumas das figuras de linguagem mais usadas:

Comparação

É uma comparação, ou seja, uma equivalência real entre um comparante e um comparado por meio

de um termo de comparação, uma frase,palavra ou locução,que deixa claro a comparação na sentença.

EX: Ela é tão feia quanto briga na foice.

Metáfora

A metáfora é uma comparação, mas de maneira indireta, porque não possui em termos específicos de

comparação. Ela associa idéias semelhantes, ou seja, usar uma palavra fora do seu contexto normal para fazer

parte de um outro contexto.

EX: Nosso chefe é um leão.

Metonímia

Esta é a substituição de um termo por outro com o qual há uma relação de sentido.

Essa relação pode ser:

- Efeito pela causa

EX: Bebeu a morte Bebeu veneno

- Continente pelo conteúdo

EX: Bebeu dois copos de wisque Bebeu duas doses de wisque

- Autor pela obra

EX: Eu li a obra de machado de Assis. Eu li machado de Assis.

Catacrese

É como uma metáfora do dia-a-dia.Seu objetivo é desviar uma palavra do seu sentido próprio para dar nome a outra coisa que não tem nome específico.

EX: Braço do sofá Perna da mesa Batata da perna

Eufemismo

É usado para amenizar o que é desagradável, através da substituição de palavras graves e fortes, diretas por outras mais suaves, brandas.

EX: Ela passou dessa para melhor. ( quer dizer ela morreu)

Ironia

É uso de palavras, expressões, mas que querem dizer o contrario do que está sendo dito.

EX: Com governo honesto e sem corrupção não precisa ter medo do futuro.

Antítese

É usado para opor dois termos na mesma frase ou parágrafo, enfatizando seus contrastes.

EX: Quando estou triste, aí que fico alegre.

Elipse

É quando uma ou mais palavras são omitidas na frase, mas que são subentendidas.

EX: Elas todos no quintal de casa. ( Quer dizer que elas todas estavam no quintal de casa) o verbo estar ficou em elipse.

Elipse Zeugma

A elipse consiste na omissão de um termo que é facilmente identificado.

O zeugma é a omissão de um termo que já fora expresso anteriormente.

exemplos:

1-Na estante, livros e mais livros. 2-Ele prefere um passeio pela praia; eu, cinema.

No exemplo 1, ocorre uma elipse, percebemos claramente que o verbo “haver” foi omitido. No exemplo 2, ocorre zeugma , que é a omissão de um termo que já fora expresso anteriormente.

“Ele prefere um passeio pela praia;eu, (prefiro) cinema.”(Não houve necessidade de repetir o verbo, pois entendemos o recado).

Anáfora

É a repetição de palavras em intervalos regulares no final ou início de frase, serve para enfatizar idéias.

EX: Pense em mim

Chore por mim Liga pra mim

Hipérbole

Este é o exagero intencional de uma idéia ou sentimento.

EX: Ele come feito um leão. Ela chorou rios de lágrimas

Prosopopéia

É a figura que dá características humanas a seres inanimados, abstratos ou irracionais. Um exemplo comum: são os filmes onde mostram animais com características humanas.

EX: O rei leão Onomatopéia: imita sons. Ex.: tic tac do relógio Toc toc.

Pleonasmo

Na oração: “Ela cantou uma canção linda!”, houve o emprego de um termo desnecessário, pois quem canta, só pode cantar uma canção.

Na famosa frase: “Vi com meus próprios olhos.”, também ocorre o mesmo. Pleonasmo é a repetição de idéias

Hipérbato:

Ocorre hipérbato quando há uma inversão completa de membros da frase. Exemplo: "Passeiam à tarde, as belas na Avenida. " (As belas passeiam na Avenida à tarde.) (Carlos Drummond de Andrade).

Assíndeto:

Ocorre assíndeto quando orações ou palavras deveriam vir ligadas por conjunções coordenativas, aparecem justapostas ou separadas por vírgulas. Exigem do leitor atenção maior no exame de cada fato, por exigência das pausas rítmicas (vírgulas). Exemplo: "Não nos movemos, as mãos é que se estenderam pouco a pouco, todas quatro, pegando-se, apertando-se, fundindo-se." (Machado de Assis).

Exercícios

1-No enunciado: “Virgílio, traga-me uma coca cola bem gelada!”, registra-se uma figura de linguagem denominada:

A) Anáfora

B) Personificação

C) Antítese

D) Catacrese

E) Metonímia

2-(FMU) Quando você afirma que enterrou “no dedo um alfinete”, que embarcou “no trem” e que serrou “os pés da mesa”, recorre a um tipo de figura de linguagem denominada:

A) Metonímia

B) Antítese

C) Hipérbole

D) Anáfora

E) Catacrese

3-(Mack) Nos versos abaixo, uma figura se ergue graças co conflito de duas visões antagônicas:

Saio do hotel com quatro olhos,

- Dois do presente,

- Dois do passado.”

Esta figura de linguagem recebe o nome de:

A) Metonímia

B) Catacrese

C) Hipérbole

D) Antítese

E) Hipérbato

4- Identifique a figura de linguagem empregada nos versos destacados:

“No tempo de meu Pai, sob estes galhos, Como uma vela fúnebre de cera, Chorei bilhões de vezes com a canseira De inexorabilíssimos trabalhos!”

A) Antítese

B) Anacoluto

C) Hipérbole

D) Prosopopéia

E) Pleonasmo

5-“Não deixe de colocar dois dentes de alho na comida”, a figura de linguagem na frase é:

A) Prosopopéia

B) Ironia

C) Catacrese

D) Hipérbole

E) Anáfora

6- Sonhei que estava sonhando um sonho sonhado” (Martinho da Vila) a figura de linguagem é:

A) Polissíndeto

B) Comparação

C) Metáfora

D) Hipérbole

E) Pleonasmo