Sunteți pe pagina 1din 29
Departamento de Ciências Tecnológicas Refinação em Petóleos PROCESSO DE HIDROGENAÇÃO DURANTE A TRANSFORMAÇÃO DO

Departamento de Ciências Tecnológicas Refinação em Petóleos

PROCESSO DE HIDROGENAÇÃO DURANTE A TRANSFORMAÇÃO DO PETRÓLEO

Petóleos PROCESSO DE HIDROGENAÇÃO DURANTE A TRANSFORMAÇÃO DO PETRÓLEO Helena Poba Mapassi Morais Cassoma Calandula

Helena Poba Mapassi Morais Cassoma Calandula

 O processo de hidrogenação do petróleo tem como objectivo essencial a ruptura das ligações

O processo de hidrogenação do petróleo tem como objectivo essencial a ruptura das ligações C-S, C-O, C-N, o que conduz-nos

e não só também baseia-se nos

na formação de H 2 S, H 2 O e NH

estudos de processos de hidroconversão e hidrocompressão .

3

Podemos distinguir duas grandes famílias de processo de hidrorefinação:

Os processos de hidrorefinação que servem para melhorar a qualidade dos produtos acabados;

Os processos que servem para a preparação das cargas para outros processos de refinação.

 O desenvolvimento da indústria de refino de petróleo e da petroquímica provocou implantação de

O desenvolvimento da indústria de refino de petróleo e da petroquímica provocou implantação de novas tecnologias, o que

acarretou aumento da importância da demanda de hidrogénio

como utilidade nos processos (Alves e Towler, 2002). As operações consumidoras desta utilidade em uma refinaria são: o hidrocraqueamento, o hidrotratamento, a isomerização, hidro conversão, hidro compressão os processos de purificação, as

plantas de lubrificantes, e os processos petroquímicos, que

podem ser interligados ao refino de hidrogénio e favorecem a exportação do excedente da refinaria. Por outro lado, sua produção é realizada através de processos como a reforma catalítica. As interacções entre esses elementos com os processos de purificação de correntes gasosas definem o comportamento

da rede de distribuição e estabelecem a demanda de hidrogénio.

 O hidrotratamento é um processo que visa a remoção de impurezas como enxofre e

O hidrotratamento é um processo que visa a remoção de impurezas como enxofre e nitrogénio e

outras mais presentes nos combustíveis destilados nafta, querosene e Diesel ao tratar a carga com hidrogénio na presença de um catalisador a

temperatura e pressão elevadas.

 O hidroprocessamento de óleo pesado consiste basicamente de unidades de hidrocraqueamento catalítico (HCC) e

O hidroprocessamento de óleo pesado consiste basicamente de unidades de hidrocraqueamento

catalítico (HCC) e hidrotratamento (HDT). Estes processos ocorrem utilizando hidrogênio actuando sobre catalisadores bifuncionais, ou seja, contendo

sítios ácidos e metálicos.

A acidez provoca a quebra da ligação C-C do óleo,

enquanto

hidrogenante.

que

o

metal

actual

como

espécie

 As unidades de hidroconversão têm por objetivo a produção de derivados mais leves. 

As unidades de hidroconversão têm por objetivo a produção de derivados mais leves. A hidroconversão aplica-se praticamente ao resíduo de vácuo.

 O uso do processo de hidrogenação das fracções petrolíferas estendeu-se, nos últimos anos, até

O uso do processo de hidrogenação das fracções petrolíferas estendeu-se, nos últimos anos, até ao

resíduo atmosférico e o resíduo de vácuo para reduzir o enxofre e o teor em metais dos resíduos para a produção de óleos combustíveis com baixo teor de

enxofre. As condições de funcionamento (operação)

estão em função do tipo de carga e dos níveis de dessulfuração que se pretende alcançar no produto a ser tratado.

 Os tipos de carga para o processo de Hidrotratamento são:  Nafta;  Querosene;

Os tipos de carga para o processo de Hidrotratamento são:

Nafta; Querosene; Gasóleos; Resíduos atmosféricos e os de vácuo.

 A hidrorefinação da nafta é um pré-tratamento do processo da isomerização e do reforming

A hidrorefinação da nafta é um pré-tratamento do processo da isomerização e do reforming catalítico; o seu objectivo é de reduzir o teor em enxofre e em azoto a um valor < 0,1% de mass. Também melhorar a octanagem da gasolina.

 Este processo serve para diminuir o teor em aromáticos, e para reduzir consideravelmente o

Este processo serve para diminuir o teor em aromáticos, e para reduzir consideravelmente o teor em mercaptanos em enxofre. O processo tem igualmente como objectivo de melhorar o ponto de fumo.

 O objectivo é de reduzir o teor em enxofre, em azoto, em aromáticos e

O objectivo é de reduzir o teor em enxofre, em azoto, em aromáticos e em olefinas e melhorar o número de cetano e a estabilidade térmica.

 Hidrorefinação dos resíduos de vácuo, da destilação directa, de viscoredução, de coquefação, dos óleos

Hidrorefinação dos resíduos de vácuo, da destilação directa, de viscoredução, de coquefação, dos óleos desasfaltados são utilizados como pré-tratamento das cargas de craqueamento catalítico com leito fluido, com o objectivo essencial de reduzir o teor em S, N,

olefinas, poliaromaticos, metais ( níquel e vanádio) e

carbono coradson e melhorar o teor em hidrogénio.

 O objectivo é de reduzir o teor em enxofre, melhorar o índice de coradson,

O objectivo é de reduzir o teor em enxofre, melhorar o índice de coradson, melhorar a cor, e a estabilidade.

 O hidrotratamento trata duas classes de carga:  Produtos já acabados (nafta, querosene, etc);

O hidrotratamento trata duas classes de carga:

Produtos já acabados (nafta, querosene, etc); Carga para outros processos (carga para o Reforming Catalítico).

 Hidrodessulfurização (HDS);  Hidrodesnitrogenação (HDN);  Hidrodesoxigenação (HDO); 

Hidrodessulfurização (HDS); Hidrodesnitrogenação (HDN); Hidrodesoxigenação (HDO); Hidrodesalogenação (HDH); Hidrocraqueamento (HCC) ; Hidrodesaromatização (HDA); Hidrodesmetalização .

 Tem como objectivo a eliminação de compostos sulfurados, principal contaminante de determinados cortes de
 Tem como objectivo a eliminação de compostos sulfurados, principal contaminante de determinados cortes de

Tem como objectivo a eliminação de compostos sulfurados, principal contaminante de determinados cortes de petróleo, através da quebra da ligação C-S e na posterior reação do enxofre liberado com o hidrogênio presente no reactor.

Os compostos de enxofre contidos nos produtos petrolíferos são, principalmente os mercaptanos, sulfetos, dissulfetos, polissulfeto, e tiofenos. Os tiofenos são os mais dificéis de se eliminar à maioria dos outros tipos de enxofre. O seu teor tende a aumentar conforme o intervalo de destilação, acumulam-se mais nas fracções pesadas.

 Tem como objectivo a eliminação de compostos nitrogenados de determinados cortes petróleo através da
 Tem como objectivo a eliminação de compostos nitrogenados de determinados cortes petróleo através da

Tem como objectivo a eliminação de compostos nitrogenados de determinados cortes petróleo através da quebra da ligação C-N e evitar

entre outros, o envenenamento de catalisadores usados na reforma e

no craqueamento.

Os compostos de nitrogénio inibem consideravelmente a função ácida do catalisador. Estes são transformados em amónia através da reacção com o hidrogénio. A sua remoção é mais difícil do que a dos compostos

de enxofre. Eles são removidos em forma de amónio.

 Tem como objectivo a eliminação de oxigénio de hidrocarbonetos através da quebra da ligação
 Tem como objectivo a eliminação de oxigénio de hidrocarbonetos através da quebra da ligação

Tem como objectivo a eliminação de oxigénio de hidrocarbonetos através da quebra da ligação C-O, para estabilizar os cortes,

diminuir reações de oxidação e dificultando a formação de goma e coque.

O oxigénio dissolvido ou presente em forma de compostos como fenóis ou peróxidos são eliminados sob forma de água depois da

reacção com o hidrogénio.

 Os hidrocarbonetos oleifinicos à alta temperatura podem provocar a formação de coque no catalizador
 Os hidrocarbonetos oleifinicos à alta temperatura podem provocar a formação de coque no catalizador

Os hidrocarbonetos oleifinicos à alta temperatura podem provocar a formação de coque no catalizador ou nas

fornalhas. Eles são facilmente convertidos em

hidrocarbonetos parafinicos estáveis. Reacções estas que são altamente exotérmicas. Normalmente as cargas da unidade do crude não contem oleifinas. Mas, nos casos em que a carga possuir um teor significativo de oleifinas, utiliza-se um suprimento de um fluxo liquido no reactor

para manter a saída de temperatura dentro dos padrões

exigidos na operação

 Evita a degradação dos compostos organometálicos aos sulfetos destes metais, uma vez que estes

Evita a degradação dos compostos organometálicos aos sulfetos destes metais, uma vez que estes podem causar desativação de catalisadores, entre outros problemas.

Os metais contidos na carga nafta são arsénio, chumbo e em menor grau, o cobre e o níquel, que danificam permanentemente o catalisador do reforming catalítico. O gasóleo de vácuo e as cargas do resíduo podem conter uma quantidade significante de vanádio e níquel. Durante o processo de Hidrotratamento, os compostos que contêm

esses metais são destruídos e os metais se depositam no catalisador do

Hidrotratamento.

 RCl + H 2 RH + HCl

RCl

+

H 2

 RCl + H 2 RH + HCl

RH

+

HCl

 C 6 H 6 +3H 2 C 6 H 1 2  A hidrogenação

C 6 H 6 +3H 2

 C 6 H 6 +3H 2 C 6 H 1 2  A hidrogenação dos

C 6 H 12

A hidrogenação dos anéis aromáticos , convertendo parcialmente os aromáticos em nafténicos .

 Hidrocraqueamento simples ' ' R - CH - CH - R + H ®

Hidrocraqueamento simples

'

'

R - CH - CH - R + H ® R - CH + R - CH

2

2

2

3

3

Hidrodesalquilação

Ar - CH - R + H ® Ar - H + R - CH

2

2

3

Isomerização e abertura de anéis nafténicos

Ar - H + R - CH 2 2 3  I somerização e abertura de

(

)

+ H ® CH - CH - CH

2

3

2 4

3

 As impurezas que se encontram nos produtos petrolíferos dependem geralmente do intervalo de destilação

As

impurezas

que

se

encontram

nos

produtos

petrolíferos

dependem geralmente do intervalo de destilação das reacções.

Fracções

Intervalo de

Ter em S (% mass)

 

Reparticao do enxofre

 

destilação

 
 

Mercaptanos

Sulfitos

Tiofeno

Sulfitos

pesados

Nafta

70-180

0,2

50

50

---------

--------

Querosene

160-210

0,2

25

25

35

15

Gasóleo

230-350

0,9

15

15

35

35

Gasóleo (R/V)

350-550

1,8

5

5

30

55

Resíduo (R/V)

550

+

2,9

-------------

----------

10

90

 

---

Depois das invetigacoes chegamos a conclusao que de todos os processos de hidrogenacao para transformacao

Depois das invetigacoes chegamos a conclusao que de todos os processos de hidrogenacao para

transformacao das fracoes petroliferas, o processo de

hidrotratamento é a que maior utilidade nas empresas petroliferas . Tambem é importante realcar que o processo de

hidrocompressao e hidroconversao estao

realacionados com o processo de hidrocraqueamento

o processo de hidrocraqueamento faz parte dos processos de conversao e o processo de

hidrotratamento de tratamento.

 Sugestões para futuros trabalho sobre estudos completos sobre:   Processo de recuperação de

Sugestões para futuros trabalho sobre estudos completos sobre:

Processo de recuperação de enxofre Processo de geração de hidrogênio (H 2 ) Processo de bio- hidrogenação dos combustíveis

MUITO OBRIGADO