Sunteți pe pagina 1din 24

Origens e Missão

 Saulo / Paulo nasceu entre os anos


5 e 10 da era cristã, em Tarso;
 Filho de hebreus emigrantes;

 Formação religiosa superior

(fariseu dos mais estritos);


 Conhece a língua grega e a cultura

romana.
Deus escolheu-o
para anunciar o
Evangelho aos
gentios:
“Ele me elegeu
desde o seio de
minha mãe e me
chamou pela sua
graça, para
anunciar o Seu
Filho entre os
gentios
(Gal 1, 15-16)”.
S. Paulo e as suas cartas
S. Paulo escreve:

 para continuar a alimentar


e proteger a fé das
comunidades cristãs
entretanto criadas;
 Para as informar sobre o
andamento da Missão
 Todas, após o endereço e
saudação, têm uma oração
de acção de graças
Da leitura à oração missionária
 S. Paulo insiste no que chamamos Oração
Missionária com frequência e riqueza de
motivos.

 As Comunidades DEVEM TOMAR PARTE ACTIVA


na Missão de toda a Igreja e do Apóstolo.

 Para S. Paulo, a oração missionária constante


das comunidades é uma ajuda de grande
eficácia à Missão e aos Missionários.

 É da oração perseverante e da penitência de


muitos grupos de oração missionária, que
podemos esperar um aumento de vocações
missionárias, necessárias hoje mais que ontem.
Informar-se para orar em
comunidades… 2Cor 1, 8-11
• Paulo pede que a leitura das
informações enviadas suscite na
comunidade uma corrente de
oração:
 Esta salva-o nos perigos;
 Suscita em muitos a acção
de graças pelo benefício da fé,
que receberam, através do
Missionário ajudado pela
oração de muita outra gente.

• Nenhuma comunidade cristã pode


viver sem oração
Que tipo de oração, nos
Cenáculos de Paulo?
os e
í c i
s a c rif Nós rezamos por
c e r o s os
f e re t od todos os homens:
1. O p o r
çã o Com efeito, Deus
o ra s…
e n
hom quer que todos os
homens sejam
salvos. A maior
prova disso é que
Cristo se entregou
como resgate de
todos.
Respondendo
assim, tomamos
parte activa no
Oração de Louvor e Acção de
Graças
 Bendizemos a Deus e damos-Lhe graças:
 Por ser o nosso Pai e nos predestinar para
nos adoptar como filhos Seus (Ef 1, 4);
• Pelas bênçãos que d'Ele recebemos;
• Pelo seu Amor e Perdão gratuitos.
• Pelo que Ele fez e faz nas pessoas referidas
na leitura missionária.

 Nas orações de louvor e acções de graças, o


nosso coração volta-se exultante para Deus…
 … Nas preces e súplicas dirigimo-nos a Deus
por nós próprios e pelos outros…
Relação entre a oração e a
intervenção cristã no mundo
 Os cristãos, primeiro têm de conhecer a
missão e, depois, necessitam de energia e
de perseverança para a cumprir.

 O Espírito, invocado sem descanso na


oração, proporciona essa energia (Ef 6, 18-20).
 A oração está antes de tudo. Todo o resto
depende dela: tudo é possível a quem crê
(Mc 9, 23)
 É expressão e exercício de fé e de
esperança: continuamos a orar mesmo
Alegria da fé: Alegria profunda e
indestrutível. Nada nos
inquieta: confiamo-nos a
Deus, pela oração e pela
prece

Quando não sabemos o


que havemos de pedir o
próprio Espírito intercede
por nós com gemidos
inefáveis (Rom 8, 26)
É tal a nossa confiança em
Deus que até a prece, com
que transmitimos a Deus
os nossos pedidos, é feita
em acções de graças
 Na base da alegria de S. Paulo
está a certeza da fé:

 Sei que isto irá resultar


para mim em salvação (Fl 1,
19). Sabe-o por Deus a quem
se entrega.

Fá-lo de três modos:


 Recorre à Palavra de Deus

 Conta com as orações da


comunidade, à qual ele
próprio se havia associado
pela oração e por uma
causa comum: o anúncio do
Evangelho

 E confia no auxílio do
Espírito de Jesus Cristo,
pedido nas orações da
comunidade e prometido
por Jesus aos mensageiros
do Evangelho.
 O Espírito Santo é dado:
Oração Comunitária
a) à comunidade que está em oração

b) ao cristão que anuncia

c) àqueles a quem o Evangelho está a


ser anunciado: para escutarem e
sintonizarem interiormente com o
Evangelho (Fé).

 Fruto da oração: a comunidade torna-se sensível


às necessidades prementes de evangelizar o
A ORAÇÃO MISSIONÁRIA É UM ACTO DE
CARIDADE CRISTÃ:
•“Oprimido por estas dolorosas
angústias… nunca perdi a coragem;
alegro-me antes de participar na Paixão
de Jesus Cristo … pela Redenção dos
infiéis…
•Ponho toda a minha esperança no
Senhor e nesta santa causa, à qual me
consagrei inteiramente até à morte, junto
com os meus delicados colaboradores.
•Por isso, decidi pôr-me nas mãos do Pai
Misericordioso ….
• “Recorde-se de recomendar ao
seu piedoso clero fervorosas
orações por nós … O mesmo
faremos nós.
• A omnipotência da oração é a
nossa força” (Ao Bispo de Verona, 1870)
•“Rezar e ter fé! Rezar não com
palavras, mas com o fogo da
Caridade!”
Orar pelos Evangelizadores; orar
pelo mundo, porquê?
 “A missão é obra de Deus. Por isso, é
sobretudo com Deus que têm de ser
tratados os assuntos da missão”
 “A oração é o meio mais seguro e
infalível para ter êxito nas obras de
Deus”
 “A nosso pedido, reza-se por tod a
parte. Por isso, teremos êxito!”
“Nunca deixei de rezar cada dia por si,
por sua irmã e por suas filhas. Desejaria
também que rezassem sempre por mim
e pela África.
Estejamos unidos no Coração de Jesus (na
oração e na santidade). Reze ao
Coração de Jesus por estas intenções:
• - Para que me conceda muitas cruzes e
espinhos … porque, sem cruzes, as
obras de Deus ficam sem bases sólidas.
- Para que me conceda homens e mulheres
revestidos do Espírito de Jesus Cristo e
animados pelo Seu Amor.
- “Para nos tornarmos santos e salvar a
África”
- Para que Deus me envie muitos meios
económicos e materiais.

- Em tudo, é necessário percorrermos


rapidamente os caminhos do Senhor e
“A si e aos seus Associados,
recorro para que me ajudem a
fazer entrar nos caminhos da Vida
estes infelizes.
É necessário que o Divino Coração
de Jesus reconduza ao redil da
salvação todas estas ovelhinhas
extraviadas” (ao P. Ramière).
“O facto de V. Rev. ter comprometido os
Associados do Apostolado da Oração em
favor da África Central, consolou-nos e
encorajou-nos… a oferecer todo o nosso
sangue e a nossa vida pela glória do
Sagrado Coração.
Você fortificou a nossa fé, a nossa
coragem, nossa esperança: temos as
almas mais fervorosas e santas que
pensam em nós!”
Quem são os membros dos
Cenáculos de Oração Missionária?

“No meio destes desertos, somos extremamente


felizes por viver no Sagrado Coração de Jesus e no
espírito dos seus mais fiéis amigos” (ao P. Ramière)
Tenho mais de duzentas casas religiosas, que
rezam, para que eu consiga levar a luz da fé ao
interior da África.
Se a Senhora rezar por mim, unir-se-á a muitas
casas religiosas de todo o mundo; e a oração de
muitas almas devem encontrar eco no Coração
Santíssimo de Jesus…
Oh! Reze e faça rezar e Deus recompensá-la-á…” (à
Madre Maria Muller)
S. PAULO E S. DANIEL COMBONI

MESTRES DE ORAÇAO MISSIONARIA