Sunteți pe pagina 1din 25

Abordagem Neoclássica

• Abordagem que buscou a atualização da Teoria


Clássica, seu redimensionamento para os problemas
administrativos atuais.
• Consistiu em identificar as funções dos
administradores e destilar os princípios fundamentais
da prática da administração.
• A abordagem neoclássica é composta pelas teorias:

– Teoria Neoclássica
– Administração por Objetivos
Teoria Neoclássica

Surgiu da necessidade de se utilizar os


conceitos relevantes da
Teoria Clássica, expurgando exageros
de uma teoria pioneira e condensando
conceitos relevantes oferecidos por
outras teorias administrativas.

Essa teoria é da década de 50 e tem a


ênfase na estrutura.
Principal autor: Peter Drucker
Características da Teoria Neoclássica
Características da Teoria Neoclássica:
• Ênfase na prática da Administração, com a busca de
resultados concretos;
• Reafirmamento relativo dos postulados clássicos,
reagindo à influência da ciência do comportamento;
• Ênfase nos princípios gerais da administração
(planejar, dirigir, controlar, coordenar);
• Ênfase nos objetivos e resultados, e na busca de
eficácia;
• Abrangência do conteúdo de várias teorias.
Mudança de foco: Da eficiência para eficácia

Eficiência Eficácia

Ênfase nos meios (recursos) Ênfase nos resultados


(objetivos)

Fazer certo a coisa Fazer a coisa certa

Resolver os problemas Atingir os objetivos

Poupar os recursos Otimizar os recursos

Cumprir tarefas e obrigações Obter resultados

Rezar Ganhar o céu


Teoria Neoclássica
• A Teoria Neoclássica considera a Administração uma
técnica social básica. O administrador deve conhecer
aspectos técnicos de seu trabalho e os relacionados
com a direção de pessoas nas organizações.
• Uma das principais características da Teoria
Neoclássica foi a ênfase dada à estrutura das
organizações, a organização formal.
• Dentre os temas mais debatidos pelos autores
neoclássicos estão a centralização e
descentralização nas organizações
Características da organização formal

• Divisão do trabalho: maneira pela qual um processo complexo é


decomposto em pequenas tarefas.
• Especialização: simplificação das tarefas que requeiram pouca
experiência técnica aumentando a eficiência e diminuindo os custos
de realização da mesma.
• Hierarquia: divisão da organização em níveis de autoridade.
• Distribuição de autoridade e responsabilidade entre os diversos
níveis da estrutura.
• Amplitude administrativa: amplitude de comando significa o
número de subordinados que um administrador pode supervisionar.
A tendência atual nas organizações é de achatar sua estrutura
organizacional, aproximando a base da cúpula (organização
achatada)
Organização Alongada e Achatada

Organização “Alta” Organização “Achatada”


Organização
Centralizada x Descentralizada

• Organização Centralizada Organização Descentralizada


Centralização e Descentralização
Vantagens da centralização:
• Decisões tomadas por administradores treinados e com visão
global da empresa;
• Decisões mais consistentes com objetivos empresariais;
• Redução de esforços duplicados;
• Aumento das habilidades em certas funções.

Vantagens da descentralização:
• Decisores possuem mais conhecimento dos problemas;
• Melhoria da aptidão e eficiência dos funcionários;
• Melhoria da qualidade das decisões;
• Redução de custo e tempo;
• Maior autonomia para decisões;
• Formação de executivos locais mais motivados;
Centralização e Descentralização
Desvantagens da centralização:
• Decisões tomadas pela cúpula que está longe dos fatos;
• Os tomadores de decisão no topo têm pouco contato com as
pessoas e situações envolvidas;
• As linhas de comunicação ao longo da cadeia escalar provocam
demora e maior custo operacional;
• As decisões passam pela cadeia escalar, possibilitando
distorções e erros pessoais no processo de comunicação das
decisões.

Desvantagens da descentralização:
• Falta de uniformidade nas decisões;
• Insuficiente aproveitamento dos especialistas. Em geral, os
maiores especialistas estão concentrados nos escritórios
centrais;
• Falta de equipe apropriada no campo de atividade. Ao
proceder-se à descentralização, deve-se prover o treinamento.
Exercício:
As opções da J.J.Albano
• A diretoria da J.J.Albano está frente a uma opção muito difícil.
O crescimento da empresa e a expansão dos mercados estão
exigindo uma nova postura para garantir a sobrevivência e o
sucesso da organização. A empresa sempre foi centralizada e a
matriz concentra todas as decisões e controles.

Essa centralização tem trazido problemas de congestionamento


e saturação de informações na cúpula, demora nas decisões,
desconhecimento dos problemas locais, sobrecarga dos executivos
da matriz, impotência dos executivos regionais para resolver
problemas, falta de comprometimento dos funcionários que apenas
executam e nada decidem, e problemas com os clientes.

• O que fazer e como fazer?


O Processo Administrativo

Planejamento Organização Direção Controle


Controle

• Dividir o trabalho • Designar as


Definir a missão pessoas • Definir os padrões
• Designar as
Formular objetivos atividades • Coordenar os • Monitorar o
esforços desempenho
Definir os planos • Agrupar as
para alcançar os atividades em • Comunicar • Avaliar o
órgãos e cargos desempenho
objetivos
• Motivar
• Alocar recursos • Ação corretiva
Programar as • Liderar
atividades • Definir autoridade
e responsabilidade • Orientar
As quatro funções administrativas
1-
Planejamento

Formular objetivos
e os meios para
alcançá-los

Recursos Resultados

• Humanos Controle Organização • Desempenho


• Financeiros • Objetivos
• Materiais Monitorar as Modelar o trabalho, • Produtos
• Tecnológicos atividades e alocar recursos e • Serviços
• Informação corrigir os desvios coordenar atividades • Eficiência
• Eficácia

Direção

Designar pessoas,
dirigir seus esforços,
motivá-las, liderá-las
e comunicar
Administração por Objetivos (APO)

O pensamento administrativo, em um certo momento,


ficou confinado à explicação de teorias.

As organizações, cada vez maiores e mais complexas,


necessitavam investir no conhecimento da essência,
da finalidade última de suas atividades. Principiou,
então, a tomar forma uma corrente de pensamento
voltada para os objetivos (resultado da organização).
Administração por Objetivos

• Surgiu na década de 50 em função das exigências internas e


ambientais sofridas pelas organizações.
• A APO é uma técnica de direção de esforços por meio de
planejamento e controle administrativo.

Características da APO:
• Estabelecimento de objetivos específicos para cada departamento
e interligação desses objetivos;
• Elaboração de planos táticos e operacionais;
• Contínua avaliação, revisão e reciclagem dos planos;
• Objetivos elaborados por superiores e subordinados;
• Descentralização das decisões;
• Sistema de autocontrole e auto-avaliação;
• Apoio constante dos órgãos de staff.
Ciclo da APO
Elaboração
planejamento
estratégico Fixação dos
objetivos
Fixação do dpto.
dos objetivos
Elaboração
globais da
Avaliação do plano
empresa
dos resultados tático do
alcançados dpto.

Elaboração
Revisão
dos planos
dos planos
operacionais
ou objetivos
do dpto.
do dpto.
Avaliação
dos resultados
alcançados
• Benefícios da APO
– objetivos claros
– melhoria do planejamento
– controles bem definidos
– aumento da motivação e do moral dos envolvidos
– avaliação mais concisa.

• Problemas com a APO


– coerção dos subordinados
– fixação de objetivos incompatíveis
– excesso de documentos
– foco nos resultados mensuráveis versus
resultados importantes
– busca excessiva pelos objetivos.
Apreciação crítica da APO

• Coerção dos subordinados e excesso de papel;


• Aprovação de alguns objetivos incompatíveis;
• Focalização somente sobre resultados mensuráveis;
• Simplificação extrema dos procedimentos;
• Descrição estática das funções;
• Avaliação de desempenho apenas orienta o
subordinado;
• Centralização de metas e descentralização de
execução;
• Ênfase nos resultados de curto prazo.
Decorrências da Teoria Neoclássica
Tipos de Organização e Departamentalização

1) Tipos de Organização:

• Organização Linear – princípio escalar ou unidade de comando.


Cada subordinado se dirige a apenas um superior.

• Organização Funcional – Cada subordinado reporta-se a muitos


superiores de acordo com a especialidade de cada um.

• Organização Linha-Staff (é o tipo de organização mais utilizado até


os dias de hoje) – é a mescla das duas formas anteriores. Existem
órgãos de linha que possuem autoridade para decidir e executar e
existem órgãos de assessoria(staff) que prestam consultoria aos
órgãos de linha.
Conceito de Departamentalização

Especialização Vertical: Especialização Horizontal:

Níveis Hierárquicos Departamentos


Tipos de Departamentalização

• Por funções (ou funcional). – Depto produção, vendas etc.

• Por produtos ou serviços. – Divisão farmacêutica, veterinária,


química.

• Por localização geográfica. – Região Centro, Norte, Sul.

• Por clientes. – Depto. Feminino, masculino, infantil.

• Por fases do processo. – Setor de corte, costura, acabamento

• Por projetos. – Gerente do projeto (reestrutura do Unicshopping)


Exemplo de departamentalização
combinada

• ‘ Presidência

Divisão Divisão Divisão Departamentalização


Financeira de Produção de Marketing
Funcional

Departamento Departamento Departamento Departamentalização


de Motores de Eletrodomésticos de Geladeiras por Produtos

Seção de Seção de Seção de Departamentalização


Enrolamento Pré-Montagem Montagem
por Processo

Departamentalização
Setor de Setor de
Setor de
planejamento
Planejamento controle
Controle
Funcional
Estudo de Caso

• Delegar ou não delegar, eis a questão?


• A Loja de Eletrodomésticos “Compre Bem” é uma
cadeia de lojas que possui 25 pontos de venda em
diversas cidades do Vale do Taquari, Rio Pardo e Serra.
• Cada Loja possui despesas diversas, do tipo, limpeza
geral, combustível, refeições, etc. diariamente e que
variam de 5 a 20 mil Reais por mês. Todas estas
despesas têm de ser autorizadas pela matriz antes de
serem realizadas. Muitas vezes a autorização demora
dias para ser liberada, prejudicando o andamento da
gestão da loja. Outra vezes, não é autorizada e aquele
que realizou a despesa não consegue ser reembolsado.
Continuação

• Outro problema detectado é o número de controles que


existem para, por exemplo, liberar o crédito de um
cliente pois o gerente não tem autonomia para tal.
• O Diretor Financeiro, Sr. Airton Ristenbel, alega que já
houveram inúmeros problemas com desvio de dinheiro e
crédito liberado sem avaliação criteriosa que geraram
problemas de caixa para a “Compre Bem”. A Diretoria,
então, resolveu centralizar as decisões: diminuindo os
problemas de controle e reduzindo os gastos e
prejuízos.
• Vocês tem um empresa de consutoria e foram
contratados para analisar o caso e dar novas sugestões
pois a “Compre Bem” está crescendo e necessita criar
mecanismos mais modernos de gestão.
Questões

• O grupo deve:
• Identificar as principais vantagens de
centralizar ou descentralizar a “Compre Bem”.
• Identificar as principais desvantagens de
centralizar ou descentralizar a “Compre Bem”.
• Escolher se o sistema será Centralizado ou
Descentralizado, conforme observações feitas
nos itens “a” e “b”.
• Apontar três sugestões de melhoria, baseado
na escolha do item “c”.

Interese conexe