Sunteți pe pagina 1din 31

O SACERDÓCIO CRISTÃO

Ex 28.29

Vamos ver o que este


sacerdócio tem a ver conosco
nos dias de hoje e como tudo
isto se aplica a CRISTO JESUS!
TÚNICA: pureza do sacerdócio
MITRA: santificado, separado para o
Senhor ( 36-38 )
MANTO AZUL: alegria, realeza
ÉFODE: fidelidade
( ROMÃ CAMPAINHA)
PEITORAL: intercessor
Cada uma das vestimentas tinha
uma força especial de despertar o
perdão sobre um pecado específico.
A túnica perdoa o homicídio; a calça
perdoa relacionamentos conjugais
proibidos; a tiara perdoa o orgulho;
o cinto perdoa as más inclinações
do coração; o peitoral perdoa os
julgamentos incorretos; o efode
perdoa a idolatria; o manto perdoa o
desrespeito.
NOSSA FUNÇÃO SACERDOTAL
gr κοηεν , um ministro devidamente
autorizado perante uma divindade em
favor de um povo e tomar parte em outros
ritos.
É mediador entre os homens e Deus
Aproxima o homem de Deus, e traz Deus
aos homens.
Nós somos sacerdotes de Deus ( I Pd 2.5 )
NOSSA FUNÇÃO SACERDOTAL
1) LEVAR O NOME NOS OMBROS ( vs 13 )

SER SUPORTE PARA OS OUTROS


AJUDAR CARREGAR FARDOS
CRISTO NOS CARREGA EM SEUS OMBROS
NOSSA FUNÇÃO SACERDOTAL
Jesus é o Bom Pastor (João 10:11). Ele
conhece Suas ovelhas (João 10:14) e sai
em busca de cada uma que está perdida
no deserto (Lucas 15:4). Individualmente,
quando Ele encontra cada uma das
ovelhas perdidas, o Bom Pastor as coloca
em Seus ombros (Lucas 15:5-7).
Os ombros falam de Sua força. Quão
poderosa e prevalecente tem sido a Sua
intercessão em nossas vidas!
NOSSA FUNÇÃO SACERDOTAL
2) MOSTRAR CAMINHO-DIREÇÃO ( vs 15 )
ERA UM INSTRUMENTO PARA SE CONHECER A
VONTADE DE DEUS
LUZES E PERFEIÇÕES
( Nm 27.21- I Sm 28.6 )
O SACERDOTE ENTRAVA NO S.S E HAVIA
DIREÇÃO – PRESENÇA DE DEUS
INSTRUIR, MOSTRAR DIREÇÃO ( Ml 2.7 )
CRISTO JESUS NOS GUIA ATRAVÉS DE SEU
ESPÍRITO SANTO
NOSSA FUNÇÃO SACERDOTAL
3) INTERCESSOR ( vs 29-30 )
INTERCEDIA EM FAVOR DO POVO
LEVAVA O POVO ATÉ DEUS
REPRESENTAVA O POVO DIANTE DE DEUS
CRISTO É NOSSO INTERCESSOR – Is 53.12
ESTÁ INTERCENDO HOJE POR NÓS
( Hb 7.24-25,9.24, Rm 8.34 )
NOSSO NOME ESTÁ NAS PALMAS DE SUAS
MÃOS – Is 49.14-16
NOSSA FUNÇÃO SACERDOTAL
3) INTERCESSOR ( vs 29-30 )
Os nomes conhecidos pelo sumo
sacerdote estavam gravados em
pedra. Isso não era um capricho
passageiro, eles não podiam ser
apagados: "E dou-lhes a vida eterna,
e nunca hão de perecer, e ninguém
as arrebatará da minha mão" (João
10:28).
Na medida em que o sumo sacerdote
ministrava no Lugar Santo, vestindo o
peitoral com os nomes gravados nas pedras,
ele passa diante do Castiçal e a luz brilha
sobre os nomes (a Luz da Vida, João 8:12),
ele se aproxima da Mesa dos Pães e os
nomes correspondem um ao outro em
comunhão nutritivo (o Pão da Vida, João
6:35), ele vem diante do Altar de Incenso
carregando os nomes individualmente e
coletivamente diante de Deus, orando para
que nos possa ser concedida vida eterna, o
que significa de conhecer o único Deus
verdadeiro em Jesus Cristo, o Messias
(João 17:3).
VAMOS VER BEM O VERS 35

“O som do sino será ouvido quando


ele entrar no Lugar Santo diante do
Senhor e quando sair, para que não
morra”.
PORQUE DEVE ENTRAR COM SINO,
SENÃO MORRE?
COMO ENTENDER ISTO?
4) EQUILÍBRIO ENTRE DOM E FRUTO
( vs 33-34 )
O SACERDÓCIO DEVERIA SER FRUTÍFERO
NOSSA VIDA DEVE PRODUZIR FRUTO – SE
NÃO DER FRUTO, ESTÁ MORTA - Jo
15.16
DEUS NÃO QUER MINISTÉRIOS MORTOS
O SACERDÓCIO DEVE SER EXERCIDO
COM OS DONS DE DEUS
O SACERDÓCIO É CHEIO DE MOVIMENTO
NÃO É ESTÁTICO
UM MINISTRO QUE ENTRA NA SALA DO REI
SEM AVISO ESTÁ SUJEITO A PENA DE MORTE.
DA MESMA FORMA, ANTES DE RETIRAR-SE,
DEVE PEDIR A LICENÇA DO REI. OS SINOS E
ROMÃS DO MANTO DO SUMO SACERDOTE
PRODUZIAM SOM. ESTE SOM ERA COMO SE
FOSSE UM AVISO QUANDO O SUMO
SACERDOTE SE DIRIGIA E SE RETIRAVA DO
LOCAL ONDE TRABALHAVA NO TEMPLO.

QUANDO NOS APROXIMAMOS DE DEUS HOJE


NÃO TEMOS SINOS, TEMOS LOUVOR, TEMOS
ALEGRIA ( Sl 100 ) SENÃO MORREREMOS.
A romã sendo uma fruta relacionada,
demonstra que o fiel desempenho da obra
do sacrifício do Redentor tinha produzido
um fruto precioso — a redenção da vida
perdida da raça humana. As campainhas de
ouro significavam que quando nosso Sumo
Sacerdote aparecer em glória e formosura, o
fruto da obra sacrificial se tornará manifesto
a todos — proclamado a todo o mundo,
como no tipo os sinos proclamaram isto a
todo Israel. Isto é indicado pela proximidade
imediata dos sinos chamando a atenção ao
fruto.
EQ UILÍ BRI O EN TRE DO M E
P.CONHECIMENTO
FRU TO
PACIÊNCIA
PROFECIA
ALEGRIA P. SABEDORIA

FIDELIDADE
DOM DA FÉ
PAZ CURAS
MILAGRES LONGANIMIDADE
DIMÍNIO PRÓPRIO DISCERNIMENTO
INTERPRETAÇÃO BONDADE
MANSIDÃO LÍNGUAS

AMOR
QUANDO SÓ TEMOS DONS
ORGULHO
QUANTO SÓ TEMOS
FRUTOS
INCHAMOS
QUANDO TEMOS OS DOIS

CRESCEMOS
NOSSA FUNÇÃO SACERDOTAL
5) LINHO FINO ( vs 36-43 )

ENTRAR NA PRESENÇA DE DEUS COM


LINHO ERA ORDEM ( Ez 44.17 )
SIMBOLO DE JUSTIÇA DE CRISTO
NOSSA JUSTIÇA É TRAPO ( Is 64.4 )
JESUS É NOSSA JUSTIÇA ( II Co 5.21
Rm 10.1-4, Ap 19.8 )
JESUS É NOSSO SACERDOTE
SOMOS SACERDOTES NESTE
MUNDO PARA LEVAR A
PALAVRA DE DEUS
PARA INTERCEDER
ATRA VÉS DE NOSS A
INTERCESS ÃO MUITOS
POD EM SE A CHEGAR A
DEU S
EXERÇAMOS NOSSO
SACERDÓCIO