Sunteți pe pagina 1din 10

BASES DE GESTÃO PARA ENGENHARIA

AULA 05

ANA CLAUDIA MACHADO


14 de março de 2017
MERCADO E FORMAÇÃO DE PREÇO

As empresas necessitam
estar sintonizadas com o
que está acontecendo
com o mercado a
respeito da concorrência,
de consumidores e
fornecedores.
MERCADO E FORMAÇÃO DE PREÇO
Metodologias para formação de preços de venda

Qual preço cobrar dos clientes para ter sucesso?

- Definir o custo do produto;


- Definir o percentual de margem a ser
utilizado;
- Multiplicar o percentual de margem
pelo custo do produto para atingir a
margem em unidade monetária; e,
- Adicionar a margem monetária ao
custo do produto para fixar o preço.

Mark-up - Caracteriza-se por adicionar ao custo unitário do produto uma


margem fixa para atingir o preço de venda. Tendo essa margem a
compromisso de cobrir outros custos (caso não tenham sido incluídos no
cálculo do custo unitário), as despesas e, ainda, viabilizar a empresa
determinado lucro
MERCADO E FORMAÇÃO DE PREÇO
Produção e Custo

Custos fixos são de modo evidente, Os custos variáveis estão diretamente


aqueles que não podem ser mudados ligados à produção da empresa, sofrendo
em curto prazo e que, logo, se mantêm alterações de um período para outro.
constantes para qualquer nível de
produção possível em curto prazo.
DIFERENÇA ENTRE CUSTO E DESPESAS
PREÇO DE MERCADO

O preço de mercado (ou de equilíbrio) de determinado bem representa o preço


que se forma no mercado (através do chamado mecanismo de mercado) e que
compatibiliza os interesses antagónicos dos consumidores e dos produtores.
Esta compatibilização é conseguida quando a quantidade procurada pelos
consumidores é igual à quantidade oferecida pelos produtores, situação que se
verifica quando o preço do bem é o seu preço de equilíbrio.

Segundo a Teoria da Procura, quanto maior o preço do bem menor será a


quantidade procurada; pelo inverso, segundo a Teoria da Oferta, quanto maior o
preço do bem maior será a quantidade oferecida. Desta forma, existe apenas
um preço em que as quantidades procuradas e oferecidas se igualam - é o
chamado preço de equilíbrio.
PREÇO DE MERCADO

• No caso do preço estar acima desse preço de


equilíbrio, a quantidade que os produtores
oferecem é necessariamente superior à
quantidade que os consumidores procuram -
verifica-se um Excesso de Oferta. Assim
sendo, os produtores são levados a baixarem
os preços de forma a conseguirem vender os
seus produtos;
• Pelo contrário, se o preço estiver abaixo do
seu preço de equilíbrio, a quantidade
procurada será superior à quantidade
oferecida - verifica-se um Excesso de Procura.
Neste caso, os produtores têm incentivos para
aumentar os preços de forma a satisfazerem
toda a procura.
Conclui-se pelo exposto acima que o preço de mercado de um bem tende sempre
para o seu preço de equilíbrio, ou seja, para o único preço em que as intenções de
compra igualam as intenções de venda.
ESTRUTURAS DE MERCADO
Preços de Venda e Preços de Custo

o custo de um produto é a análise


em expressões monetárias de
todos os bens diretos e indiretos,
materiais e imateriais, trabalho e
serviços consumidos pela
instituição na produção e na
preservação da estrutura produtiva
que gera bens ou serviços

Lucro = Preço de Venda – Preço de Custo


ESTRUTURAS DE MERCADO
Preços de Venda e Preços de Compra
As companhias prestam muita atenção
ao custo de fazer alguma coisa. Deviam
preocupar-se mais com os custos de
não fazer nada.

Philip Kotler