Sunteți pe pagina 1din 10

A mama é um órgão que faz parte do sistema tegumentar, é um órgão

anexo da pele, pois seu parênquima – tecido inferior à pele que separa
a porção do músculo – é composto por glândulas cutâneas.
A glândula mamaria é considerada um órgão acessório da reprodução,
E apesar de não fazer parte do sistema reprodutor,
auxilia na função com aleitamento materno.
A estrutura mamaria é composta por diversos segmentos tecido
glandular, tecido fibroso, tecido adiposo, além do sistema
muscular, sistema endócrino, sistema linfático
A mama está localizada na porção anterior do tórax bilateralmente e anterior ao
músculo peitoral maior, que realiza a sustentação das estruturas mamarias.
Sua formação começa na altura do segundo ao sexto par de costelas
verticalmente, ou seja, desde a prega axilar ate a prega infra mamária.
E da margem axilar, lateral, ate a margem esternal, medial, horinzontalmentente.

Anatomicamente, a mama direita é maior e mais baixa que a esquerda, entre as


Mamas encontramos um sulco intermediário que as separa
O tecido mamário pode ser divido
em três tipos principais:

- Tecido glandular;
- Tecido fibroso ou conjuntivo;
- Tecido adiposo.

A principal diferença nos tecidos


mamários é o fato de o tecido adiposo
ser menos denso que os tecidos
fibrosos ou glandulares .
O desenvolvimento da glândula mamaria e da mama ocorre em diferentes fases da vida da mulher:

- FASE EMBRIONARIA: nesse período as glândulas mamarias formam-se por voltada sexta semana
gestacional. São pequenas estruturas chamadas de cristas mamárias
- NASCIMENTO: o recém nascido tem uma evolução dos mamilos a partir da fasseta mamaria. Isto ocorre
Devido o desenvolvimento do tecido conjuntivo em volta da aréola.
- PUBERDADE: Nas mulheres devido o desenvolvimento ovariano ocorre a produção de hormônios que
estimulam o desenvolvimento da glândula mamaria e seus ductos.
- FASE ADULTA FEMININA: Quando a mulher entre em seu ciclo menstrual ocorre algumas variações na
estrutura da glândula mamaria, como o aumento da quantidade de ductos e das estruturas secretoras.
- GSTAÇÃO: Na gestação a mama aumenta consideravelmente de tamanho. Esse crescimento é ditado
pela ação de vários hormônios produzidos nesta fase.
- LACTAÇÃO: geralmente depois do quarto dia após o parto ocorre a produção do leite sob a ação do
hormônio prolactina.
- MENOPAUSA: Ao se aproximar da menopausa, o tecido mamário vai se atrofiando e sendo substituído
progressivamente por tecido gorduroso.
As mamas podem ser classificadas em três categorias amplas. Essas categorias podem ser descritas
da seguinte maneira:

- MAMA FIBROGLÂNDULAR: é a mama mais jovem, é bastante densa, contem uma quantidade relativament
Pequena de tecido adiposo.

- MAMA FIBROGORDUROSA: a medida que a mulher envelhece e sofre maiores alterações nos tecidos
mamários, a Pequena quantidade de tecido adiposo desvia para uma distribuição de gordura e tecido
fibroglândular.

- MAMA GORDUROSA: é o tipo de mama que ocorre após a menopausa, comumente a partir dos 50 anos de
idade. Após a vida reprodutiva da mulher, a maioria do tecido glândular mamário se atrofia e é substituído
por tecido adiposo, em um processo chamado involução. As mamas das crianças e da maioria dos homens
contem principalmente gordura em pequenas proporções, por isso também se enquadram nessa categoria.