Sunteți pe pagina 1din 40

Geografia

Ensino Fundamental, 9º Ano


Os impactos da geopolítica mundial
na situação de pobreza atual do
continente africano
Geografia, 9º Ano, Os impactos da geopolítica mundial
na situação de pobreza atual do continente africano

ÁFRICA: Sofrimento e Exploração (1)

 As bases da pobreza da África encontram-se nos processos de colonização e


exploração, sofridos pelo continente ao longo do tempo histórico;

 Entre os séculos V e XV, a Europa viveu um período histórico em que


ocorreu a formação, o desenvolvimento e a derrubada do FEUDALISMO.

 Em seu lugar, surgiu um novo sistema de organização da produção, das


relações de trabalho entre os humanos e de produção de espaços geográficos
– o CAPITALISMO.

 No século XV, o comércio tornou-se a principal atividade econômica na


Europa Ocidental. A Burguesia comercial, em aliança com o rei, substituiu
os senhores feudais em poder e riqueza.
Geografia, 9º Ano, Os impactos da geopolítica mundial
na situação de pobreza atual do continente africano

 A fonte de riqueza deixou de ser a terra como era no feudalismo e passou a


ser, no capitalismo, a atividade comercial;

 De início, o comércio limitava-se às terras europeias e à bacia do Mar


Mediterrâneo, alcançando a Ásia e o norte da África, pois as técnicas de
navegação existentes não permitiam ainda enfrentar o alto-mar ou se
distanciar da linha da costa, do litoral. Com o desenvolvimento das técnicas
de navegação, os navegadores puderam se afastar do litoral e chegar à terras
longínquas.

 A África (juntamente com a América e a Ásia) já no final do século XV e


durante o século XVI, foram incorporadas ao horizonte geográfico e
comercial europeu.

 Em consequência, o COLONIALISMO foi implantado e o comércio se


mundializou (com exceção da Oceania, cuja incorporação ao mundo europeu
somente ocorreu no século XVIII).
Geografia, 9º Ano, Os impactos da geopolítica mundial
na situação de pobreza atual do continente africano

Com o objetivo de assegurar o desenvolvimento comercial ou o capitalismo


comercial, os europeus tomaram as seguintes iniciativas:

1. Fundaram FEITORIAS,
FEITORIAS entrepostos comerciais na África (e na Ásia, além
de colônias na América) a partir do século XV;

2. Impuseram o PACTO COLONIAL,COLONIAL conhecido também com o nome de


divisão internacional do trabalho (DIT). Cabia às colônias e feitorias fornecer à
sua metrópole produtos agrícolas ou deles obtidos, metais preciosos e produtos
vegetais, com a intermediação dos comerciantes europeus, sendo que a eles
cabia o monopólio, isto é, o domínio único e exclusivo do comércio. Incumbia
à metrópole fornecer produtos manufaturados para as suas colônias americanas
e feitorias asiáticas e africanas somente com a intermediação dos comerciantes
de suas respectivas metrópoles.
Geografia, 9º Ano, Os impactos da geopolítica mundial
na situação de pobreza atual do continente africano

Durante o capitalismo comercial ou colonialismo dos séculos XV ao


XVIII, ocorreram nas feitorias africanas muitas alterações
socioeconômicas e espaciais. Entre elas:

Massacre das populações indígenas da América e escravização do


negro africano;

Introdução da agricultura comercial de exportação (monocultura –


latifúndio/plantation) para abastecer os mercados europeus;

Exploração de metais e pedras preciosas e sua transferência para as


metrópoles;

Ausência de autonomia política e administrativa;


Geografia, 9º Ano, Os impactos da geopolítica mundial
na situação de pobreza atual do continente africano

 Criação de espaços geográficos extrovertidos – espaços cuja


produção voltava-se para o mercado externo, para a exportação;

 Proibição de instalação de manufaturas, pois, pelo pacto colonial,


somente as metrópoles podiam vender as colônias os produtos
manufaturados – essa proibição teve um forte peso no atraso de
desenvolvimento tecnológico das colônias, no desenvolvimento de
suas manufaturas e na sua industrialização;

 Enfim, restou às colônias e feitorias um desenvolvimento limitado,


subdesenvolvido ou propriamente o subdesenvolvimento. Não se
beneficiaram das riquezas delas extraídas.
Geografia, 9º Ano, Os impactos da geopolítica mundial
na situação de pobreza atual do continente africano

 Diante da realização da REVOLUÇÃO INDUSTRIAL,


INDUSTRIAL os capitalistas
industriais (burguesia industrial) passaram a considerar a Europa e seus
próprios países muito pequenos para suas ambições;

 Era necessário conquistar mercados compradores e fontes de matérias-primas


para dar sustentação aos seus planos de expansão industrial para o próprio
desenvolvimento do capitalismo e, consequentemente, para se obter maiores
lucros;
 Fatores esses, que impulsionaram os países industriais europeus (juntamente
com Japão e os EUA) a reavivarem o colonialismo, surgindo o
NEOCOLONIALISMO na segunda metade do século XIX, que se manteve
até a primeira metade do século XX;

 Nesse contexto, as feitorias fundadas na África (e na Ásia) entre o século XV


e parte do século XIX foram transformadas em colônias de exploração com o
surgimento do neocolonialismo, no final do século XIX e início do XX;
Geografia, 9º Ano, Os impactos da geopolítica mundial
na situação de pobreza atual do continente africano

 As feitorias europeias na África (e na Ásia) do tempo do capitalismo comercial


já não atendiam plenamente aos interesses dos Estados Colonialistas ou
Imperialistas, nem da burguesia industrial e financeira recém formada;

 Com a partilha da África (e da Ásia) no século XIX, iniciou-se uma outra fase da
exploração colonialista e de drenagem de riquezas dos povos africanos (e
asiáticos) para o crescimento e fortalecimento da economia dos países europeus
e do próprio capitalismo. Repetia-se o que tinha ocorrido com a América entre os
séculos XV e XVIII durante o capitalismo comercial, ou seja, uma colonização
com base na exploração de tudo o que a terra e sua gente pudessem oferecer
para o enriquecimento da metrópole e de suas classes dominantes;

 Afinal, o que lhes interessava era o domínio econômico, o enriquecimento, o


lucro, a exploração dos recursos naturais. Quanto aos povos africanos, estes nem
mesmo entravam em suas preocupações, eram vistos apenas como mão de obra
barata e servil;
Geografia, 9º Ano, Os impactos da geopolítica mundial
na situação de pobreza atual do continente africano

 Os Estados colonialistas invadiram e disputaram entre si o território africano


(e asiático) e suas populações, transformando-o em colônias. O controle
informal ou indireto que possuíam sobre as feitorias na África (e na Ásia),
passaram para o controle formal e direto. Implantaram uma nova fase do
colonialismo, o NEOCOLONIALISMO ou IMPERIALISMO.
IMPERIALISMO

 Em 1884, as potências colonialistas europeias reuniram-se na Conferência


de Berlim para regulamentar a Partilha da África entre eles. Entre outras
decisões, destacaram-se:
 Toda nova ocupação e conquista feita no continente por uma dessas
potências seria considerada efetiva e reconhecida pelas demais;
 O país conquistador teria de instalar em sua posse uma autoridade, e os
demais países deveriam respeitar os direitos adquiridos por ele.
 Todo esse processo foi feito sem concordância ou até mesmo a consciência
dos nativos. Novamente as potencias europeias atuavam com arrogância e
desrespeito aos direitos e sentimentos dos povos.
Geografia, 9º Ano, Os impactos da geopolítica mundial
na situação de pobreza atual do continente africano

ÁFRICA 1880 – Antes da Conquista Europeia ÁFRICA – Impérios Coloniais em 1914


(3) (4)
Geografia, 9º Ano, Os impactos da geopolítica mundial
na situação de pobreza atual do continente africano

Descolonização da África
 A África atual é formada por países ou Estados que começaram a romper com
a condição de colônias há poucas décadas. Trata-se de um fato histórico
recente;
 Ao terminar a Segunda Guerra Mundial, em 1945, existiam apenas quatro
países independentes no continente africano: Libéria, Etiópia, Egito e União
Sul-Africana, esta posteriormente denominada África do Sul. A independência
dessas países, no entanto, era apenas formal. A Etiópia, Egito e a África do Sul
eram áreas de influência política, econômica e militar da Grã-Bretanha, e a
Libéria, dos EUA;
 A descolonização africana teve início com a independência de Gana, antiga
Costa do Ouro, em 1957. O exemplo de gana influenciou todos os povos do
continente a lutar pela independência. O período da grande descolonização
africana data dos anos 1960 e 1970. Contudo, movimentos civis objetivando
independência seguirá nas décadas de 1980 e 1990.
Geografia, 9º Ano, Os impactos da geopolítica mundial
na situação de pobreza atual do continente africano

A independência formal das colônias europeias na África não as livrou da


dominação colonialista. Mesmo não pertencendo mais as potências europeias,
os países surgidos continuaram dependentes economicamente e financeiramente
das metrópoles.
África em 1947 (5) Descolonização Africana (6)
Geografia, 9º Ano, Os impactos da geopolítica mundial
na situação de pobreza atual do continente africano

Impactos Sociais e Econômicos do


Colonialismo / Imperialismo na África
A herança do período de dominação colonial europeia para a maioria dos países
africanos é a fome das populações e a disseminação de doenças pela carência
nutricional e falta de assistência por parte dos Estados;
Além da fome, dos altos índices de contaminação pelo vírus da AIDS e outras
doenças e das guerras civis, a má administração dos recursos por parte de
governos corruptos contribui para esse quadro;
Entre os aspectos ligados à grande expansão do vírus HIV (causador da AIDS)
no continente, podemos destacar: 1- Falta de assistência médica adequada; 2-
Falta de informação; 3- Desemprego e pobreza; e 4- Hábitos Culturais;
Todos esses fatores derivam em grande parte da organização do espaço africano
montada ao longo dos séculos, cujo objetivo principal era a exploração das
riquezas do território.
Geografia, 9º Ano, Os impactos da geopolítica mundial
na situação de pobreza atual do continente africano

ÁFRICA – HIV (2007)


(8)

ÁFRICA:
“Triste
Destaque”–
HIV/AIDS
Geografia, 9º Ano, Os impactos da geopolítica mundial
na situação de pobreza atual do continente africano

OUTROS Impactos Sociais e Econômicos do


Colonialismo / Imperialismo na África
Desorganização e Regressão das Atividades Produtivas – No século XIX, o
sistema produtivo que estava originalmente cotado para atender as necessidades
da população, foi reorganizado em função dos interesses metropolitanos;
Consolidação de uma Classe Dirigente Africana Estreitamente Aliada com
os Comerciantes Europeus – A liderança política africana passou a ser exercida
pelos grupos que mantinham contatos com os comerciantes europeus. Tais
grupos assumiram o papel de patrocinadores do desenvolvimento europeu;
Divisão Internacional do Trabalho ou da Produção – A África foi
incorporada ao sistema capitalista como fornecedora de escravos, matérias-
primas minerais e produtos agrícolas para os países centrais, como compradora
de produtos manufaturados e área de investimentos de capitais excedentes dos
países centrais em diversos setores da economia (ferrovias, portos, empresas de
exportação e importação, eletricidade etc.);
Geografia, 9º Ano, Os impactos da geopolítica mundial
na situação de pobreza atual do continente africano

ÁFRICA – Conflitos
Criação de Fronteiras (9)

Políticas Artificiais – Esse


fato gerou conflitos tribais ou
interétnicos ou culturais;

Diminuição da População
casada pela escravização e
pelo tráfico de sua gente;

Instituição do Racismo
Amparado em Lei, na África
do Sul.
Geografia, 9º Ano, Os impactos da geopolítica mundial
na situação de pobreza atual do continente africano

Tráfico de Escravos (1701 – 1810) (11)

A África foi durante


mais de três séculos, o
grande celeiro de mão
de obra escrava para a
acumulação capitalista
europeia e para os
proprietários rurais e
de minas na América.
Estima-se que cerca de
10 milhões de escravos
entraram na América
no período de 1502 a
1870.
Geografia, 9º Ano, Os impactos da geopolítica mundial
na situação de pobreza atual do continente africano

ÁFRICA: Pobreza Refletida em Doenças


ÁFRICA – Esquistossomose ÁFRICA – Malária
(12) (13)
Geografia, 9º Ano, Os impactos da geopolítica mundial
na situação de pobreza atual do continente africano
Qual a posição do continente africano no atual cenário do
capitalismo globalizado, na sociedade técnico-científica-
MUNDO – Acesso à Internet - 2003
informacional???

(16)
Geografia, 9º Ano, Os impactos da geopolítica mundial
na situação de pobreza atual do continente africano
ÁFRICA – População 2007 (17) (18) ÁFRICA – IDH 2007 (19) ÁFRICA – Desnutrição Infantil - 2004

ÁFRICA – Produção Industrial 2007 ÁFRICA – Renda per capita 2007


(21) ÁFRICA – PIB 2007
(20) (22)
Geografia, 9º Ano, Os impactos da geopolítica mundial
na situação de pobreza atual do continente africano

ÁFRICA: Heranças da Colonização


Com o neocolonialismo, ocorreu profunda alteração dos sistemas produtivos locais:

A substituição do artesanato, da semimanufatura e das manufaturas locais pelos


produtos industrializados das metrópoles representou um grande impacto para os
povos africanos (e asiáticos). Criou ruptura, inibição e deformação de seu
processo de desenvolvimento tecnológico de fabricação de mercadorias.
Na agricultura, antes da penetração e implantação do neocolonialismo, o
sistema produtivo agrícola estava organizado para atender às necessidades
alimentares de seu povo. Com a chegada do colonizador, esse sistema foi
destruído, a este interessava a produção em larga escala de matérias-primas
agrícolas e minerais para abastecer as indústrias das metrópoles. O colonizador
introduziu a PLANTATION,
PLANTATION que ocupava as melhores terras e avançava sobre
as unidades familiares de produção agrícola. Introduziu-se, também, o trabalho
assalariado.
Geografia, 9º Ano, Os impactos da geopolítica mundial
na situação de pobreza atual do continente africano

A desestruturação da organização produtiva agrícola original provocou


desnutrição e fome, entre muitas outras consequências. Mesmo após o processo de
descolonização dos países africanos, nos anos de 1950, 1960 e 1970, a estrutura
produtiva continuou voltada para abastecer o mercado externo.
(24)
ÁFRICA – Áreas Afetadas pela Fome
Esse contexto tem peso considerável na
explicação da pobreza no continente.
(23)
ÁFRICA – Aspectos da Pobreza
Geografia, 9º Ano, Os impactos da geopolítica mundial
na situação de pobreza atual do continente africano

África – Subnutrição e Fome (2000)


Crianças em fila aguardam a distribuição (26)
de alimentos em campo de refugiados de
Ruanda, em 1994. A tragédia da guerra
civil prolongou-se no pesadelo da fome.

(25)
Geografia, 9º Ano, Os impactos da geopolítica mundial
na situação de pobreza atual do continente africano

 Durante a Guerra Fria, os novos Estados independentes da África atraíram


o interesse dos EUA e da União Soviética. As superpotências procuravam
ocupar o vácuo deixado pelas antigas metrópoles europeias, estabelecendo
esferas de influência concorrentes.

 No cenário global da rivalidade das superpotências, a África parecia ter


elevado valor estratégico, mas o encerramento da Guerra Fria assinalou o
abandono do interesse pelo continente, especialmente pela África
Subsaariana;

 Ao lado do desinteresse estratégico das potências, há o escasso interesse


das empresas transnacionais. Os países africanos, com raras exceções, não
oferecem mercados consumidores atraentes, em consequência da pobreza
generalizada das populações.
Geografia, 9º Ano, Os impactos da geopolítica mundial
na situação de pobreza atual do continente africano

 A extensão e profundidade da pobreza separam a África até mesmo da


maior parte dos países subdesenvolvidos da Ásia e da América Latina;

 O fracasso econômico africano reflete-se no descompasso entre o


crescimento demográfico acelerado e o aumento sofrível da produção de
alimentos. A exemplo, a ÁFRICA SUBSAARIANA apresenta, atualmente,
produção per capita de alimentos inferior à de 1960, quando se deflagrou a
descolonização. Diversos países importam mais de um terço dos alimentos
que consomem.
Geografia, 9º Ano, Os impactos da geopolítica mundial
na situação de pobreza atual do continente africano

A África Subsaariana concentra a maior parte dos países do mundo que estão na
faixa inferior do IDH. Nesse conjunto, que conta com 47 países, a expectativa de
vida é inferior a 55 anos, o analfabetismo atinge mais da metade dos adultos e
quase um terço da população sofre de subalimentação crônica.
ÁFRICA – Classificação dos Países pelo IDH (2003)
O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é
(27) um indicador criado pela ONU e destinado a
mensurar as condições de vida nas sociedades.
O IDH varia entre 0 e 1. Os países mais pobres
do mundo apresentam índices inferiores a 0,5,
chamados de subdesenvolvidos. Índices acima
de 0,5 e inferiores a 0,8 revelam territórios em
desenvolvimento. E índices de 0,8 ou
superiores revelam alto desenvolvimento
humano e parcela relativamente pequena da
população vivendo em condições de pobreza,
são os países desenvolvidos. NENHUM PAÍS
AFRICANO ENCONTRA-SE NESSA
FAIXA SUPERIOR.
Geografia, 9º Ano, Os impactos da geopolítica mundial
na situação de pobreza atual do continente africano

 Os países ricos são responsáveis, ao menos em parte, pelo desastre agrícola


africano. Na Europa, nos EUA e no Japão, os agricultores recebem subsídios
que funcionam como barreira à entrada de alimentos produzidos na África.
Ao mesmo tempo, os excedentes da produção de cereais, carne e laticínios
dos países ricos inundam, periodicamente, os mercados africanos, através dos
programas de “ajuda alimentar”.

 Esses programas, muitas vezes, não estão ligados a crises de fome na África,
e seu resultado consiste em arruinar os produtores locais.

 As exportações africanas sofrem também em consequência da carência de


infraestrutura de transportes;
Geografia, 9º Ano, Os impactos da geopolítica mundial
na situação de pobreza atual do continente africano

 Presos ainda à divisão internacional do trabalho ou da produção, os países


africanos continuam exportando bens primários para obterem os dólares
necessários às importações que fazem dos países desenvolvidos, até
mesmo de produtos alimentares. Enquanto em seus portos navios
descarregam toneladas de alimentos importados, seus pátios estão
abarrotados de algodão, amendoim, café, cacau etc. à espera de
carregamento para exportação;

 Assim como no passado histórico, as colônias africanas serviram para dar


sustentação ao desenvolvimento do capitalismo industrial, no presente não
tem sido diferente. Os atuais países, colônias no passado, continuam
alimentando com suas riquezas a acumulação do capital nos países
centrais.
Geografia, 9º Ano, Os impactos da geopolítica mundial
na situação de pobreza atual do continente africano

 Para agravar ainda mais a situação de muitos países africanos, o papel


exercido por suas elites é bastante deplorável.

 As divisas obtidas com as exportações de produtos agrícolas, minérios etc.,


incluindo os impostos delas advindos, não são aplicadas prioritariamente na
produção de alimentos ou na agricultura familiar e em outros setores para
melhorar a vida de suas populações (saúde, educação, saneamento básico,
etc.);

 A maior parte destes recursos destinam-se à construção de bairros elegantes


nas capitais, à importação de automóveis de luxo e bens supérfluos, à
melhoria técnica da agricultura de exportação, sem contar a corrupção
administrativo ou governamental;
Geografia, 9º Ano, Os impactos da geopolítica mundial
na situação de pobreza atual do continente africano

 Cumpre lembrar que a antiga estratégia política de dominação utilizada no


período colonial continua existindo nos dias atuais. Para atingir os fins
desejados nas antigas colônias, o colonizador estabelecia aliança com
grupos dirigentes locais baseada no acordo:

“eu mantenho os seus privilégios como grupo dominante, mas


em troca você me auxilia a manter os meus interesses aqui”.
 Essa aliança, mesmo após a independência das colônias, continua bastante
viva nos dias atuais e é um sério obstáculo para mudanças políticas,
econômicas e sociais dos países subdesenvolvidos que possam conduzi-
los ao desenvolvimento. É mais um entrave para o desenvolvimento;
Geografia, 9º Ano, Os impactos da geopolítica mundial
na situação de pobreza atual do continente africano

É nesse contexto, de pobreza, fome e baixa qualidade de vida, que o


continente africano apresenta as menores taxas de expectativa do mundo
contemporâneo.
ÁFRICA – Esperança de Vida (2007)
(28)

Fonte: http://profcristiancba.blogspot.com.br/2010/11/imagens-da-africa_09.html
. Acesso em: 09/07/2015.
Geografia, 9º Ano, Os impactos da geopolítica mundial
na situação de pobreza atual do continente africano

Dívida Externa / Ajuda Internacional


 A dívida dos países africanos é praticamente impagável. Com suas economias
fracas, eles não conseguem quitar os débitos dos empréstimos efetuados. Só
os juros consomem grande parte do PIB de muitas nações do continente;
Embora parte dessa dívida já foi perdoada pelo FMI e pelo Banco Mundial,
ainda assim a dívida externa é um peso para muitas nações da África;
 A instabilidade política e a falta de estratégias próprias para erradicar a
pobreza agravam as dificuldades já existentes na África. A ajuda
internacional, na forma de doações financeiras e de alimentos, é essencial para
a sobrevivência da população;
 No entanto, a ajuda externa pode se revelar um problema, pois, na maioria dos
casos ela se converte em dívidas. Em alguns países africanos, o total da renda
chega a corresponder a uma parcela maior que 70% em ajuda externa; Dessa
forma, os investimentos sociais são bastante restritos, o que aumenta pobreza.
Geografia, 9º Ano, Os impactos da geopolítica mundial
na situação de pobreza atual do continente africano

O recente crescimento econômico da Os empréstimos provenientes de órgãos


África mostra que os países do continente como o FMI e o Banco Mundial são
podem superar os problemas locais e condicionados ao cumprimento de
diminuir a exclusão econômica e social; normas, principalmente em relação ao
uso do dinheiro.
ÁFRICA – Organizações Econômicas ÁFRICA – Ajuda Externa
(29)
(30)
Geografia, 9º Ano, Os impactos da geopolítica mundial
na situação de pobreza atual do continente africano

CONCLUINDO...
A pobreza (subdesenvolvimento) presente na África atualmente
resulta apenas do fato de os países centrais (dentre eles, as ex-
metrópoles europeias) dominarem o mercado mundial e ainda
explorarem suas ex-colônias?

Não, não é apenas isso. Existem fatores internos, próprio dos países
subdesenvolvidos, como, por exemplo, forças políticas e econômicas
poderosas, representadas por grupos ou oligarquias nacionais
conservadoras que impedem mudanças importantes na sociedade e na
economia (redistribuição da renda, da propriedade, incluindo a terra), e
no sistema político, muitas vezes corrompido e com falsa democracia,
etc. Assim, as duas situações se completam. Ambas são verdadeiras e
explicam o subdesenvolvimento.
Geografia, 9º Ano, Os impactos da geopolítica mundial
na situação de pobreza atual do continente africano

Sugestão de
Atividades
Geografia, 9º Ano, Os impactos da geopolítica mundial
na situação de pobreza atual do continente africano

Atividade 1 – Exercício de Fixação


1-Subnutrição, analfabetismo, altas taxas de mortalidade infantil, baixa expectativa de vida. O quadro de pobreza e
subdesenvolvimento atual do continente africano só pode ser entendido pelas grandes modificações aí introduzidas pelos
colonizadores europeus. Vamos analisar essa questão:
A)Descreva, resumidamente, como se deu a dominação colonial da África.
B)Responda: Quando e por que ocorreu a descolonização da África?
C)Cite e comente os principais impactos sociais e econômicos decorrentes do processo de Colonialismo/Imperialismo na África.

2- Leia este trecho de uma entrevista com especialistas sobre a África.


[...] grupo de dez especialistas de diferentes países que escreve na revista [nature] é unânime em argumentar que de nada adianta os
países da África receberem ajuda financeira se a ciência e a tecnologia não receberem investimento direto. [...] Para os especialistas,
o investimento é fundamental para combater problemas como doenças infecciosas, mudanças climáticas e falhas no sistema de
educação e saneamento básico. [...] apesar de receber ajuda para o desenvolvimento nos últimos 30 anos, a África não conseguiu
estabelecer uma rede de pesquisa científica local e eficaz. A situação não mudará se não tivermos centros de pesquisa com
profissionais capacitados atuando no continente. Disponível em: http://www.bbc.co.uk. Acesso em: 12 nov. 2007.
Você concorda com a análise dos cientistas especialistas em África? Justifique.

3- Discuta com seus colegas sobre a questão da fome no continente africano. Estabeleçam hipóteses para responder: quais seriam as
providências que os governos dos países desse continente deveriam adotar para combater a fome? Os governos de outros países do
mundo teriam alguma responsabilidade sobre isso?

4- Imagine que você fosse incumbido pela ONU de criar um plano para melhorar o desenvolvimento econômico e a qualidade de
vida nos países do continente africano. Como seria esse plano? Em sua resposta, não se esqueça de justificar a origem do dinheiro
necessário à execução do seu plano. Também não se esqueça de dizer quais as pessoas beneficiadas pelas suas propostas.
Geografia, 9º Ano, Os impactos da geopolítica mundial
na situação de pobreza atual do continente africano

5- Apesar de as nações africanas terem se tornado independentes, são inúmeras as marcas da dominação colonial
europeia que permanecem até hoje. Para refletir sobre as consequências da dominação colonial na economia africana,
responda:
A)Descreva como era a economia dos povos africanos antes da colonização europeia.
B)Descreva a grande herança colonial do ponto de vista das economias africanas.
C)Qual a relação dos conflitos étnicos existentes atualmente na África com o processo sofrido de colonização?

6- Escreva um texto utilizando as expressões: colonialismo, agricultura para exportação, ajuda humanitária e países
desenvolvidos. Ao final, com a mediação do professor, leia para a sala.

7- Uma das muitas consequências da descolonização africana foi a mudança do nome de várias nações, que trocaram as
denominações impostas pelos colonizadores por outras que afirmassem a identidade nacional de cada uma delas.
Pesquise e faça no caderno uma tabela com os nomes atuais e antigos de algumas das nações africanas que passaram pelo
processo de descolonização.

8- Comente a frase: “Atualmente o continente africano é assolado por várias doenças, consequência do cenário de
pobreza e subdesenvolvimento presente na África”.

9- Pode-se afirmar que o quadro de pobreza e subdesenvolvimento presente na África atualmente resulta apenas do fato
de os países centrais (dentre eles, as ex-metrópoles europeias) dominarem o mercado mundial e ainda explorarem suas
ex-colônias? Justifique sua resposta.

10- Comente a posição do continente africano no atual cenário do capitalismo globalizado, contextualizando essa posição
com os acontecimentos histórico-geográficos enfrentados pelo continente.
Geografia, 9º Ano, Os impactos da geopolítica mundial
na situação de pobreza atual do continente africano

Atividade 2 – Cine África


Vamos dividir a turma em grupos, cada um deles ficará responsável pela análise de um filme que retrate um
pouco da realidade de pobreza e subdesenvolvimento do continente africano.
► Cada grupo irá assistir o filme designado;
► A equipe terá a responsabilidade de elaborar um resumo do filme e de selecionar cenas impactantes que
retratem a África (no contexto da temática da aula), essas cenas devem ter um somatório máximo de 5 minutos;
► Em data marcada pelo professor (a), os grupos irão apresentar a sala os seus resumos e reproduzir as cenas
selecionadas;
► As equipes, ao se apresentarem, devem conduzir um breve debate sobre o resumo e cenas expostos;
► Ao final das apresentações, o professor poderá complementar as falas dos membros do grupo (indagando e
questionando a turma, auxiliando na identificação dos temas abordados na aula através dos filmes escolhidos).
Abaixo, algumas sugestões de filmes que se ambientam no continente Africano:

Hotel Ruanda (Hotel Rwanda, EUA / Itália / África do Sul  2004);


Tiros em Ruanda (Shooting Dogs, Alemanha / Reino Unido, 2005);
O jardineiro Fiel (The Constant Gardener, EUA, 2005);
Diamante de Sangue (Blood Diamond, EUA,  2006);
Amor sem Fronteiras (Beyond Borders, EUA, 2003);
Senhor das Armas (Lord of War, EUA / França, 2005);
A Batalha de Argel (La battaglia di Algeri, Itália / Argélia, 1966);
Um Grito de Liberdade (Cry Freedom, Inglaterra, 2007);
O Último Rei da Escócia (The Last King of Scotland, Inglaterra, 2006);
Infância Roubada – (Tsotsi, África do Sul / Inglaterra, 2005).
Geografia, 9º Ano, Os impactos da geopolítica mundial
na situação de pobreza atual do continente africano

Atividade 3 – Mural de Imagens


As imagens permitem um melhor entendimento e fixação de um tema. Quando tratamos dos Impactos da
Geopolítica Mundial na Situação de Pobreza Atual do Continente Africano, a variedade de paisagens é imensa. Por
isso, a construção de um mural com imagens relevantes sobre questões e pontos socioeconômicos da África
possibilitará interação e mobilização da turma acerca dos conteúdos abordados.
ETAPAS:
1.Divisão da turma em grupos;
2.Cada grupo ficará com um dos temas abaixo, o professor pode incluir (ou excluir) itens que julgar necessários:
 Manifestações Culturais Populares da África;
 Espaço Rural Africano;
 Espaço Urbano da África;
 Espaço Industrial do Continente Africano;
 Emigrantes da África;
 Tecnologia e Desenvolvimento da África;
 Qualidade de Vida do Povo Africano
3.Cada membro dos grupos terá a responsabilidade de pesquisar uma imagem, de uma área da sua porção territorial, que
julgue relevante;
4.Em data agendada previamente, cada componente dos grupos irá socializar sua pesquisa, explicando o quê chamou a sua
atenção nas imagens e associando-as aos temas abordados na aula;
5.Por fim, as imagens serão coladas nas paredes da sala;
6.O mural poderá ser exposto em outro ambiente da escola, e outras turmas poderão ser chamadas para ouvir as
considerações dos grupos.
Referências
(1) - ADAS, Melhem. Geografia: O mundo desenvolvido. 9º ano. p. 27-49. São Paulo: Moderna, 2006;
(2) - ADAS, Melhem. Geografia: O mundo desenvolvido. 9º ano. p. 28. São Paulo: Moderna, 2006;
(3) - ADAS, Melhem. Geografia: O mundo desenvolvido. 9º ano. p. 43. São Paulo: Moderna, 2006;
(4) - ADAS, Melhem. Geografia: O mundo desenvolvido. 9º ano. p. 44. São Paulo: Moderna, 2006;
(5) - ADAS, Melhem. Geografia: O mundo desenvolvido. 9º ano. p. 135. São Paulo: Moderna, 2006;
(6) - VESENTINI, William & VLACH, Vânia. Geografia Crítica. 8ª série. p. 165. São Paulo: Ática, 2007;
(7) - ADAS, Melhem. Geografia: O mundo desenvolvido. 9º ano. p. 143. São Paulo: Moderna, 2006;
(8) - CARVALHO, Marcos & PEREIRA, Diamantino. Geografias do Mundo: Fronteiras. 8º ano. p. 227. São Paulo: FTD, 2009;
(9) - ADAS, Melhem. Geografia: O mundo desenvolvido. 9º ano. p. 141. São Paulo: Moderna, 2006;
(10) - ADAS, Melhem. Geografia: O mundo desenvolvido. 9º ano. p. 147. São Paulo: Moderna, 2006;
(11) - CARVALHO, Marcos & PEREIRA, Diamantino. Geografias do Mundo: Fronteiras. 8º ano. p. 210. São Paulo: FTD, 2009;
(12) - CARVALHO, Marcos & PEREIRA, Diamantino. Geografias do Mundo: Fronteiras. 8º ano. p. 228. São Paulo: FTD, 2009;
(13) - CARVALHO, Marcos & PEREIRA, Diamantino. Geografias do Mundo: Fronteiras. 8º ano. p. 228. São Paulo: FTD, 2009;
(14) - CARVALHO, Marcos & PEREIRA, Diamantino. Geografias do Mundo: Fronteiras. 8º ano. p. 229. São Paulo: FTD, 2009;
(15) - CARVALHO, Marcos & PEREIRA, Diamantino. Geografias do Mundo: Fronteiras. 8º ano. p. 229. São Paulo: FTD, 2009;
(16) - EDITORA MODERNA (org.). Projeto Araribá: Geografia. 9º ano. p. 193. São Paulo: Editora Moderna, 2007;
(17) - CARVALHO, Marcos & PEREIRA, Diamantino. Geografias do Mundo: Fronteiras. 8º ano. p. 219. São Paulo: FTD, 2009;
(18) - CARVALHO, Marcos & PEREIRA, Diamantino. Geografias do Mundo: Fronteiras. 8º ano. p. 227. São Paulo: FTD, 2009;
(19) - EDITORA MODERNA (org.). Projeto Araribá: Geografia. 9º ano. p. 194. São Paulo: Editora Moderna, 2007;
(20) - CARVALHO, Marcos & PEREIRA, Diamantino. Geografias do Mundo: Fronteiras. 8º ano. p. 223. São Paulo: FTD, 2009;
(21) - CARVALHO, Marcos & PEREIRA, Diamantino. Geografias do Mundo: Fronteiras. 8º ano. p. 219. São Paulo: FTD, 2009;
(22) - CARVALHO, Marcos & PEREIRA, Diamantino. Geografias do Mundo: Fronteiras. 8º ano. p. 219. São Paulo: FTD, 2009;
(23) - LUCCI, Elian Alabi & BRANCO, Anselmo Lazaro. Geografia: Homem e Espaço. 8ª série. p. 243. São Paulo: Saraiva, 2005;
(24) - CARVALHO, Marcos & PEREIRA, Diamantino. Geografias do Mundo: Fronteiras. 8º ano. p. 226. São Paulo: FTD, 2009;
(25) - MAGNOLI, Demétrio. Géia: Fundamentos da Geografia. 8ª série. p. 251. São Paulo: Editora Moderna, 2002;
(26) - ADAS, Melhem. Geografia: O mundo desenvolvido. 9º ano. p. 48. São Paulo: Moderna, 2006;
(27) - MAGNOLI, Demétrio. Géia: Fundamentos da Geografia. 8ª série. p. 245. São Paulo: Editora Moderna, 2002;
(28) - CARVALHO, Marcos & PEREIRA, Diamantino. Geografias do Mundo: Fronteiras. 8º ano. p. 227. São Paulo: FTD, 2009;
(29) - ANDRADE, Júlia & MEDEIROS, Marlon. Geografia: Para viver juntos. 9º ano. p. 204. São Paulo: Edições SM, 2009;
(30) - ANDRADE, Júlia & MEDEIROS, Marlon. Geografia: Para viver juntos. 9º ano. p. 190. São Paulo: Edições SM, 2009;