Sunteți pe pagina 1din 20

| 


  





 
 

á   


 á    
‡ |  ×
‡ 
   


 

 
   

  


        






   



 

 
 

 
 
   

 
 


      
(Schimidt, Ribas e Carvalho apud D¶Antola(1989))
‡ |   
 





 


  
 
 


 

  
    

!

   

"




 #




 
  

 
 

$
   

 
 %&'()*+(),-.//0
‡ Khouri (1989)

  
  

  
   
  

 
   
  


   
  




  

  1   

å  


  2 

-oulcault
  2   , na ‡ 

  
,
qual o poder de coerção é ou seja, micropenalidades
distribuído para muitos que funcionam
indivíduos, de modo que o repressivamente em relação:
controle seja exercido ‡ ao tempo (atrasos,
continuamente. (Diretores, ausências, interrupções),
professores, inspetores, e
mais recentemente, ‡ às atividades (desatenção,
patrulhas escolares, negligência, falta de zelo),
auxiliam-se na tarefa de ‡ à maneira de ser (grosseria,
vigiar, denunciar desobediência)
irregularidades e atuar ‡ ao corpo (atitudes incorretas,
frente a elas × pirâmide de sujeira) e,
controle que permite a ‡ à sexualidade (imodéstia,
eficácia de todas as indecência)
possíveis contraposições à
ordem estabelecida.
‰

 

      


  





estão e classificação do
conflito escolar

á   


 á    
Conflito escolar
‡ Tempos de escolarização obrigatória...
‡ A seqüência de episódios violentos no espaço escolar
‡ Os acontecimentos nos diversos pontos do país...
× Dificuldade brasileira pela qual já passaram outros países (EUA,
-rança, Reino Unido, Espanha, Argentina, Chile).


  !

 
" #$ 

   


 








  
%


 



$ 

   

"



& %

' 
(

 & 



!
 
  

 %


   
'  ( ) 

 $

 



%




' 
(* %+,,-
 

 -

‡ Os dois problemas mais graves do Brasil

83

73 :
 
 

63

 

53 


 
43
;

-3
 
<
3
9
 

 4

‡ Responsável pelo bom futuro dos jovens

=
>? @
 

 


 



4 





 

 5

‡
rau de confiança nas pessoas e instituições
A , ,( BC *'A& +% AD'*'A& +% AD',å'! A D'

Professores 84% 13% 3%


E. particular 77% 18% 5%
E. Pública 76% 19% 5%
Médicos 75 21 4
Religião 71 23 6
I. Católica 66 26 8
I. Evangélica 61 30 8
Televisão 60 36 4
Rádio 62 35 4
Jornal 59 37 4
 

 6
!

  *

 | 

1. A educação dos jovens deve ter limites bem 82% 14%
definidos ..............................................................
2. No Brasil é possível melhorar a condição 73% 21%
social através do voto .........................................
3. Um cidadão não tem só direitos, tem deveres 70% 24%
com a sociedade .................................................
4. O voto pode mudar a situação de um país .....
64% 30%
5. O importante para os jovens é viver o
presente, sem pensar no futuro .......................... 57% 40%
6.Os jovens são desmotivados, nada lhes
interessa .............................................................. 50% 46%
7. Experiência profissional é mais importante
que a educação ................................................... 49% 46%
8. No Brasil só se protege os direitos de quem
não respeita os direitos dos outros ..................... 49% 44%
 

 7

‡ Uma boa escola deve estar voltada


    
7

 

7


E   

7   


 E  
7
  E   





Conflitos e movimentos

 

 


  
 
-reud Conflito entre desejo e Repressão e Luta pelo dever
proibição defesa

Darwin Conflito entre o sujeito Diferenciação e Luta por existir


e o meio adaptação

Conflito entre classes Estratificação Luta pela


Marx sociais social/hierarquia igualdade

Piaget Conflito nas decisões e Aprendizagem/ Luta por ser


experiências resolução de
problemas

ravidade da violência
taxa alta (68/48); média (47/31); baixa(menor que 30)

atitude Escola pública E. particular


opinião aluno - docente aluno - docente
‡Aluno bate em colega 47.4(m) ± 64.6(a) 51.6(a) ± 61.2(a)
menor .............................

‡Briga entre alunos ......... 38.1(m) ± 60.5(a) 52.9(a) ± 55.8(a)

‡Toque de mão na colega 32.0(m) ± 60.5(a) 27.2(b) ± 54.9(a)


com sentido sexual ........

‡Insulto de aluno a aluno.. 32.0(m) ± 56.5(a) 31.8(m) ± 54.9(a)


Tipos de conflito
Tipos de Causas dos conflitos
conflito
‡Estruturais Padrões destrutivos de comportamento ou interação;
posse ou distribuição desigual de recursos; poder e
autoridade desiguais; fatores geográficos, físicos ou
ambientais que impeçam a cooperação; pressões de
tempo.
‡De valor Critérios diferentes para avaliar idéias ou comportamentos
-objetivos exclusivos intrinsecamente valiosos; modos
de vida, ideologia ou religião diferente.
De relacionamento Emoções fortes; percepções equivocadas ou esteriótipos;
comunicação inadequada ou deficiente;
comportamento negativo repetitivo.
De interesse Competição percebida ou real sobre interesses
fundamentais (conteúdo); interesses pessoais.
-alta ou erro de informação; pontos de vista distintos,
Qto aos dados interpretação diferente dos dados, procedimentos de
avaliação distintos.
Tipos de conflitos Ocorre quando disputamos.....
| 
 
 $ + 

   


|
 $ +  F
    


|
$  $ !
 
 
 

|
 $ å

 
 


| $ !
  
   



 



  
 

|   $ !
 
     
|
  $ å

 
 


|    $ A
   


  
 



|  
 $ å
  
 




| 
 
 $ !
 
 




|  $ å 










|  

$ !



   


 
  

|  
  $ A




 

|   
 $ !


 
   



|   
 $ '



 
 


Conflitos escolares
‡ 

 
    F   

   


 
    


 
 
   
 .
‡  
 × comunicação, interesses, disputa
de poder, valores, competição, divergência de
posições políticas e ideológicas.
‡   
  
 × não entender o que
explicam, notas arbitrárias, falta de material,
desinteresse, não serem ouvidos...
‡    
  
 × agressão entre
alunos e professores, perda de material, cantina,
critérios de avaliação, uso de uniforme escolar, não
atendimento a requisitos µburocráticos¶ e
administrativos da gestão. (MARTINEZ ZAMPA,2005)
MEDIAÇÃO DE CON-LITO
‡ Os participantes, com a assistência de uma pessoa
imparcial ± o mediador ± colocam as questões em
disputa com o objetivo de desenvolver opções,
considerar alternativas e chegar a um acordo
mutuamente aceitável.
‡ Induzir a:
± reorientação das relações sociais, novas formas de
cooperação, de confiança e solidariedade;
± formas mais maduras, espontâneas e livres de resolver as
diferenças pessoais e grupais;
± atitudes de tolerância, responsabilidade, iniciativa.

‡ PERCEBER O CON-LITO E A CAPACIDADE DE


LIDAR POSITIVAMENTE COM ELE × diálogo.
Opção : 1) Lidar positivamente com o conflito ou
2) com a manifestação violenta do conflito ×
violência

‡ As escolas que valorizam o conflito e aprendem a


trabalhar com essa realidade, são aquelas em que o
diálogo é permanente, objetivando ouvir as diferenças
para melhor decidirem; onde a explicitação do
pensamento é incentivada, objetivando o aprendizado
da exposição de idéias por meio de assertividade e
comunicação eficaz; onde o currículo considera as
oportunidades para discutir soluções alternativas para
os conflitos no campo das idéias, das ideologias, do
poder, da posse, das diferenças de toda ordem; onde
as regras são explícitas, faladas e discutidas.